QUINTA-FEIRA, 29/02/2024

Notícias

aqui tem gente – parte i

Aqui tem gente – parte I

Esse nefasto e tenebroso poder continua desafiando e deslegitimando os órgãos de fiscalização e controle ambiental com a sua repulsiva lógica bélica.
A vida no batelão ribeirinho – parte I - News Rondônia

A vida no batelão ribeirinho – parte I

O batelão ribeirinho é o principal transportador de produtos do homem seringueiro. Para o escritor e jurista Pedro Ranzi, o batelão é uma embarcação regional que serve para transportar pessoas, animais ou mercadorias, e é construído de madeira, com motor de centro ou na popa (rabeta).
A casa e o ser - News Rondônia

A casa e o ser

Gaston Bachelard nos esclarece que na vida do homem, a vida afasta contingências, e multiplica seus conselhos de continuidade. O autor nos diz que a casa mantém o homem seguro das tempestades do céu e das tempestades da vida.
a hermenêutica ontológica do lugar

A hermenêutica ontológica do lugar

O lugar do mundo amazônico está, portanto, entranhado transcendentalmente no ser do ente. Pertencimento e sentimento preenchem esse ser, enriquecem a alma, e celebram de forma imaginal estetizante o impoluto sustentáculo espiritual da vida.
os saberes originários e a descolonização do ser

Os saberes originários e a descolonização do ser

Esse modelo conservador de amarras coloniais é um estigma ardiloso que infelizmente faz perpetuar o engessado sistema mental europeizado, e que avessamente impede a descolonização necessária do ser.
As flores da guerra - News Rondônia

As flores da guerra

Os herdeiros do poder bélico e vítimas inocentes de um absolutismo contemporâneo execrado, são briosamente adotados pela arte generosa e inclusiva do ontológico ato de educar.
Apenas uma casa - News Rondônia

Apenas uma casa

Na barbárie das páginas deploráveis dos regimes neofascistas, no imbróglio xenófobo da miséria diplomática internacional…
As sombras da exclusão - News Rondônia

As sombras da exclusão

Enquanto o poder hegemônico descansa na improbidade, os seus incautos gargalos adotam a incúria, e nesse insidioso impropério, os espíritos bélicos vão deixando rastros de sangue e ceifando a vida das almas benevolentes.
Os remédios da mata - News Rondônia

Os remédios da mata

Podemos observar na essência da oralidade do saber indígena a nítida preocupação de preservar sua cultura e seu relacionamento imaculado com a natureza.
Assombrações dos seringais amazônicos - News Rondônia

Assombrações dos seringais amazônicos

O autor nos diz ainda que esses marcadores podem também ser inseridos no sentido sensorial ou naquilo que muitos consideram como sexto sentido. 
Os marcadores linguísticos dos seringais amazônicos - News Rondônia

Os marcadores linguísticos dos seringais amazônicos

Podemos observar que as unidades lexicais que preenchem o vocabulário linguístico dos seringais não são fenômenos isolados e separados do universo extralinguístico, visto que a língua é um fator social inseparável da vida e da cultura de uma comunidade falante.
O malogro das águas e o advento das dunas brasivianas – por Marquelino Santana - News Rondônia

O malogro das águas e o advento das dunas brasivianas – por Marquelino Santana

O fenômeno cíclico entrou em conturbação, o lençol freático entrou em derrocada, enquanto o horripilante processo de desertificação avança desenfreado, provocando a lateralização e extinção das florestas tropicais, e asfixiando a virtuosidade e volúpia das águas estetizantes da vida.