QUARTA-FEIRA, 12/06/2024

Conhecimento indígena pode melhorar relação com o meio ambiente

Tese é explicada em estudo publicado em 2021

Por Fabíola Sinimbú - Repórter da Agência Brasil - 20

Publicado em 

Conhecimento indígena pode melhorar relação com o meio ambiente
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Após seguidas catástrofes socioambientais causadas pela ação do homem na natureza, a busca por conhecimentos que possam orientar a humanidade na relação com o meio ambiente têm sido cada vez mais presente nas pesquisas científicas. Em muitas delas, o conhecimento indígena, enterrado pela cultura colonizadora, volta à tona na forma de escavações arqueológicas.

Um exemplo é o estudo Tropical forests as key sites of the Anthropocene: past and present perspectives (em livre tradução As florestas tropicais como locais-chave da cena humana: perspectivas passadas e presentes) realizado na Amazônia peruana e publicado, em 2021, na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences.

Ao investigar as mudanças causadas pelos habitantes da maior floresta tropical do planeta, os pesquisadores concluíram que ao longo de 5.000 anos, incluindo o período após o contato europeu, as florestas não foram periodicamente desmatadas para a agricultura ou significativamente modificadas pelas populações indígenas.

A vivência harmônica dessas populações com a floresta, revelado por camadas profundas no solo, demonstraram “como as sociedades indígenas foram, e ainda são, forças positivas na integridade e na biodiversidade do seu ecossistema, e como o conhecimento indígena deve ser utilizado nos esforços de conservação e sustentabilidade”, avalia o estudo.

Esse conhecimento permanece perpetuado nas muitas comunidades indígenas ainda existentes no Brasil, mas não consegue ultrapassar as barreiras da educação formal ofertada à maior parte da população no país, diz o antropólogo da Universidade de Brasília (UnB) Gersem Baniwa.

“Não se reconhece essa história milenar, que a arqueologia moderna na Amazônia já provou existir há mais de 15 mil anos, de verdadeiras civilizações que produziram muita ciência, muita política, muita economia, muito comércio, muita cultura, aritmética. Houve, inclusive, modelos de política, de cacicados na Amazônia, com extensas redes de relações comerciais, culturais e políticas”, diz o professor.

Todo esse conhecimento foi perdido em um processo de desconstrução da história imposto por colonizadores e perpetuado na educação até os dias de hoje, afirma o historiador da Universidade Federal do Pará (Ufpa) Márcio Couto. “Quando a gente estuda na educação básica, a contribuição dos indígenas é associada a questões folclóricas. Eles contribuíram com a rede, com o hábito de tomar banho e, por outro lado, as populações brancas, europeias, contribuíram com a formação de um estado nacional, por exemplo. Vemos aí uma hierarquização das contribuições, colocando no primeiro plano as contribuições das populações brancas, em seguida as populações africanas e em último lugar as populações indígenas”, observa.

Não enxergar os povos indígenas como sujeitos de conhecimento fez com que o Brasil, na sua construção sociocultural, não apenas ignorasse essa contribuição, mas também deixasse de usufruir desse conhecimento em grande parte de seu território. “Se a gente pega as áreas de preservação ambiental no Brasil, ou mesmo na América, as áreas onde têm mais verde, onde têm mais mata preservada, essas áreas coincidem com os mapas das terras indígenas”, reforça Couto.

Outra consequência, para Baniwa, é o surgimento de gerações que perderam a capacidade de se relacionar com o que está ao seu redor. “Uma parcela da ciência moderna já começa a compreender esse mundo, no sentido da natureza, do universo, do cosmo, como agentes vivos, mas os povos indígenas já têm isso milenarmente.”, destaca.

A própria arqueologia tem se revelado uma das principais ferramentas na retomada desse conhecimento e também para transpor as barreiras que o mantém fora das salas de aula. O arqueólogo da Universidade de São Paulo (USP) Eduardo Góes Neves, que pesquisa a Amazônia há mais de 30 anos, ressalta que o crescimento da arqueologia no Brasil tem estimulado uma busca maior das pessoas por essa etapa da história do Brasil.

“As pessoas têm um interesse, mesmo fora da Amazônia, em entender melhor quem nós somos, o que o Brasil é. O Brasil se formou como essa imagem de uma parte das elites intelectuais aqui do nosso país, que se viam com europeus transplantados para o novo mundo. Essa visão é totalmente equivocada, é uma construção, que, na verdade, só prejudica o nosso país”, explica.

Em meio à catástrofe do Rio Grande do Sul, o próprio uso de expressões como “crise climática” é questionado pelo antropólogo indígena, que a considera uma leitura equivocada do problema, causada pela falta de acesso a esses conhecimentos. “Não é uma crise climática, não é o clima que está em crise, não é a natureza que está em crise, é a humanidade e a civilização humana que está em crise. A gente prefere se enganar, transferir a nossa responsabilidade, dizendo que é o ambiente que está em crise, para não dizer que é uma crise civilizatória da humanidade”, conclui.

Publicidade
Publicidade
ELEIÇÕES
Publicidade
Publicidade
ELEIÇÕES

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Governo vai criar 12 unidades de conservação na Caatinga

Governo vai criar 12 unidades de conservação na Caatinga

Mais de um milhão de hectares serão protegidos no bioma
L

Prefeitura pede ao Ministério de Minas e Energia ações preventivas para enfrentar mais um período de seca severa

Prefeito Hildon Chaves encaminhou documento solicitando providências para nova crise hídrica no município
L
Em meio à expansão do desmatamento, Piauí debate nova lei ambiental

Em meio à expansão do desmatamento, Piauí debate nova lei ambiental

Projeto do governo que atualiza regra recebeu críticas de organizações
L
Municípios fortalecem medidas sustentáveis durante Semana do Meio Ambiente

Municípios fortalecem medidas sustentáveis durante Semana do Meio Ambiente

Exibição de animais taxidermizados foi uma das atrações da semana.
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

Coluna do Simpi – Empresa na “DÍVIDA ATIVA”?

No caso da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), é o órgão que administra a dívida ativa da União, que são todos os créditos de titularidade da União.
L

Minalinda: Oportunidade de Emprego na vaga de Motorista / Entregador

Estamos contratando um profissional responsável e ágil para conduzir veículos, realizar entregas e auxiliar na descarga de produtos. Faça parte da nossa equipe!
L

Minalinda: Oportunidade de Emprego: Auxiliar de Serviços Gerais / Produção

Estamos contratando profissionais dinâmicos e comprometidos para auxiliar nas atividades gerais e na linha de produção. Venha fazer parte da nossa equipe!
L

Estado vizinho a Rondônia decreta situação de emergência por causa da falta de chuvas

Entre as justificativas, Gladson considerou a redução dos índices de chuvas e dos cursos hídricos, o Acre já soma prejuízos sociais e econômicos, além de riscos de incêndios florestais em seu território.
L

#MomentoEmpresarial | Entrevista Flaviana Moreira Garcia

No programa Sintonia 360 desta quarta-feira, dia 08, às 09h, Ezielmo Rodrigues entrevistará Rony Melo, professor de educação física que presta serviços para todas as idades no futebol.
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L

Inscrições do processo seletivo do Idep para contratação de instrutores começam nesta terça-feira, 11

Inscrições podem ser realizadas até domingo (16), para Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal, Pimenta Bueno, Espigão do Oeste e Rolim de Moura
L

Concurso UNIR 2024: Últimos dias das inscrições para contratação de 74 técnicos administrativos

As provas serão aplicadas no dia 21 de julho em Porto Velho e Ji-Paraná, em uma única etapa composta por prova objetiva para os candidatos inscritos em todos os cargos/vagas disponíveis. 
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Sine Municipal divulga 141 vagas disponíveis nesta semana

Sine Municipal divulga 141 vagas disponíveis nesta semana

São diversas áreas de atuação, com e sem experiência necessária
L
Publicidade

POLÍTICA

Deputado Pedro Fernandes defende captação de recursos para investir na infraestrutura de Rondônia

Deputado Pedro Fernandes defende captação de recursos para investir na infraestrutura de Rondônia

Segundo o deputado, com as finanças estaduais em ordem, Rondônia tem condições favoráveis para acessar crédito e realizar melhorias necessárias.
L

JAIME BAGATTOLI: Após pressão, MP do Pis/Cofins é devolvida ao governo

Senador defendeu a devolução da medida e detalhou efeitos negativos na economia
L

Após Lula subir o tom, greve das universidades pode terminar ainda esta semana

Movimento tem recusado as propostas do governo federal.
L
Dra. Taíssa solicita informações sobre andamento da regularização dos números emergenciais em Guajará-Mirim

Dra. Taíssa solicita informações sobre andamento da regularização dos números emergenciais em Guajará-Mirim

Contatos 190, 192 e 193 estão fora de funcionamento há mais de oito meses.
L
Taquígrafos são homenageados pela deputada Cláudia de Jesus e Alero

Taquígrafos são homenageados pela deputada Cláudia de Jesus e Alero

Voto de louvor foi entregue para os profissionais que transcrevem discursos
L
Publicidade

POLÍCIA

Ladrões arrombam joalheria e praticam furto que gerou prejuízo de mais de 20 mil reais, em Rolim de Moura

Ladrões arrombam joalheria e praticam furto que gerou prejuízo de mais de 20 mil reais, em Rolim de Moura

Os criminosos fugiram levando diversas joias, estimando-se até o momento mais de 200 alianças, relógios, notebook, além de mais de 60 gramas de ouro.
12
Homem é encontrado morto com tiro na nuca às margens RO-471 que dá acesso à Ministro Andreazza

Homem é encontrado morto com tiro na nuca às margens RO-471 que dá acesso à Ministro Andreazza

Adilson M. R. teria avisado a esposa que se demorasse chegar ao local onde deveria trabalhar, que acionasse alguém para ir atrás dele pela rodovia.
18
Vizinhos acionam PM por suposta violência doméstica e mulher presa acidentalmente com bebê dentro de casa é resgatada

Vizinhos acionam PM por suposta violência doméstica e mulher presa acidentalmente com bebê é resgatada

Sargento que estava de folga ajudou guarnições em ocorrência inusitada
14
Assaltante é preso com arma após arrastão na zona leste

Assaltante é preso com arma após arrastão na zona leste

Com o criminoso foi apreendido um revólver calibre 38 com cinco munições, vários celulares e um notebook roubados.
12

BPTAR estoura boca de fumo e prende bando com drogas no “Beco do Amor”

O Canil do Batalhão de Choque foi acionado para buscar mais drogas no local.
10
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Prefeitura participa de Festival Junino com a Feira da Mulher Empreendedora

Prefeitura participa de Festival Junino com a Feira da Mulher Empreendedora

Evento acontecerá nesta quinta-feira (13) na Faculdade Unama, em Porto Velho.
L
Campanha de Vacinação contra a Pólio encerra na sexta-feira (14) em Porto Velho

Campanha de Vacinação contra a Pólio encerra na sexta-feira (14) em Porto Velho

Imunizante está disponível em todas as unidades de saúde das 8h às 18h.
L
Moradores de Pimenteiras do Oeste recebem serviços do Rondônia Cidadã neste fim de semana 

Moradores de Pimenteiras do Oeste recebem serviços do Rondônia Cidadã neste fim de semana 

Em Primavera de Rondônia foram feitos mais de 2.300 atendimentos em diversas áreas no último fim de semana.
L
Inscrições para cursos remotos em todos os municípios de Rondônia estão abertas até o dia 17

Inscrições para cursos remotos em todos os municípios de Rondônia estão abertas até o dia 17

Educação profissional se expande em Rondônia com a  oferta de cursos gratuitos  online e presencial.
L
Prefeitura de Porto Velho realiza manutenção na comunidade Cidade Alta

Prefeitura de Porto Velho realiza manutenção na comunidade Cidade Alta

Melhorias beneficiam alunos e produtores da zona rural.
L

Senador comemora relatório que aprova pavimentação da BR-319

Temos ouvido a ministra Marina Silva, com seu “santuarismo” birrento, assegurar que faria de tudo para barrar a recuperação da rodovia BR-319
L
Prefeitura de Porto Velho reforça ações para a erradicação do trabalho infantil na capital

Prefeitura de Porto Velho reforça ações para a erradicação do trabalho infantil na capital

Dia 12 de junho é o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil; prática é considerada crime.
L
Revolução na iluminação pública de Porto Velho contempla mais de 30 praças, parques e campos de futebol

Revolução na iluminação pública de Porto Velho contempla mais de 30 praças, parques e campos de futebol

Trabalho proporciona mais segurança e melhor condição de lazer para os moradores.
L
Ministério Público defende maior atuação da ANAC em audiência pública na Câmara dos Deputados sobre o transporte aéreo

Ministério Público defende maior atuação da ANAC em audiência pública na Câmara dos Deputados sobre o transporte aéreo

A integrante do MPRO apontou, ainda, que o argumento das empresas para redução de voos seria a alta taxa de judicialização não se justifica pois representa somente 3% dos custos operacionais das aéreas.
L
Macron pede a rivais que se unam em pacto contra a extrema-direita

Macron pede a rivais que se unam em pacto contra a extrema-direita

Ele convocou eleições no país para 30 de junho e 7 de julho
L