TERÇA-FEIRA, 05/03/2024
Publicidade

Pequenas e médias empresas já podem contratar energia no mercado livre

Além de escolher fornecedor, elas poderão discutir preço.

Por Cristina Índio do Brasil / Agência Brasil - 30

Publicado em 

Pequenas e médias empresas já podem contratar energia no mercado livre
Marcello Casal JrAgência Brasil

O ano de 2024 começou com boa notícia para pequenas e médias empresas que contratam energia em alta tensão, como padarias e outros setores, e têm contas em torno de R$ 9 mil. Esses consumidores já podem migrar para o Mercado Livre de Energia, um ambiente de venda onde, além de escolherem o fornecedor de preferência, tem espaço para discutir preço, quantidade necessária para uso, período de recebimento e forma de pagamento da energia.Pequenas e médias empresas já podem contratar energia no mercado livre - News RondôniaPequenas e médias empresas já podem contratar energia no mercado livre - News Rondônia

Até o fim do ano passado, essas empresas tinham que se submeter ao mercado regulado, também chamado de mercado cativo, e a compra de energia era apenas com a distribuidora local. Antes da abertura, somente os consumidores com demanda de no mínimo 500 kilowatts podiam participar do mercado livre.

“A partir de 2024, todos os consumidores que estiverem ligados em alta tensão poderão ser livres, independentemente da demanda contratada. Antes, precisavam consumir um mínimo para ser livre, agora basta estarem conectados na alta tensão que são elegíveis a ser livre”, informou a administradora Daniela Alcaro, sócia da Stima Energia, empresa comercializadora de energia, em entrevista à Agência Brasil.

Segundo ela, existem 200 mil unidades conectadas em alta tensão. Entre elas 37 mil já são livres, as maiores e que já vinham migrando desde 2001 como grandes fábricas de aço e vidros. Do restante que está no mercado regulado, uma parte já instalou sistemas de energia solar e comprou energia de geração distribuída.

“Essa parte que encontrou uma alternativa para economizar talvez não se anime a migrar neste momento, mas há outro grupo que não foi por esse caminho e está muito interessado na migração. Eu diria que são 72 mil unidades. Dessas, 13 mil já denunciaram [termo usado no setor para dizer que fez a opção de migração] seus contratos na distribuidora e já sinalizaram que vão migrar”, disse, destacando que isso comprova a demanda para o mercado livre.

O mercado brasileiro de energia é dividido em duas partes. Os consumidores cativos estão no Ambiente de Contratação Regulada (ACR), onde compram energia de concessionárias de distribuição como a Light e a Enel. Nesse caso, o cliente paga somente uma fatura de energia mensal, concentrando o serviço de distribuição e a geração de energia.

A outra parte é o Ambiente de Contratação Livre (ACL) no qual estão incluídos os consumidores que exercem a escolha e podem comprar a energia diretamente dos geradores ou de comercializadores. As condições são negociadas livremente em contratos bilaterais. O serviço de distribuição é pago pelo cliente por meio de uma fatura a uma concessionária local com tarifa regulada pelo governo e ainda uma ou mais faturas referentes à compra da energia com o preço negociado no contrato.

“A empresa fará contrato com uma distribuidora e passará a pagar duas faturas – uma à distribuidora pelo transporte e outra para o fornecedor de energia”, observou Daniela.

Segundo a administradora, no começo da venda de energia o mercado regulado foi responsável pela expansão da geração no Brasil, porque comprava toda a energia em contratos de 20 anos indexados à inflação. “Era bom para o gerador, porque o preço ia subindo já que o contrato era indexado, mas muito ruim para o consumidor. Imagina um contrato indexado com período de 20 anos. Quando está na metade, a energia já é extremamente cara e, no final, muito cara”.

Vantagem

A vantagem da migração para o mercado livre é a redução dos custos com a energia porque serão adquiridos contratos de geração de energia mais baratos do que os atuais no mercado cativo. Além disso, há previsibilidade, porque no ato da compra já se sabe quanto será pago pela geração. “Eu já sei qual vai ser o meu preço de geração de energia. Não estarei suscetível às intempéries e aos ajustes dentro da energia cativa”, explicou.

De acordo com Daniela, quando o mercado livre surgiu o consumidor questionou a permanência no mercado cativo com tarifas mais elevadas. “Nessa comparação começou a migrar e a ter uma demanda muito grande para o mercado livre, ao ponto de começar a ser responsável pela expansão. A demanda começou a ir mais para o mercado livre, mais equilibrado para o consumidor em termos de preço. Não pesava tanto com contratos longos e indexados”, disse ela, acrescentando,que, em sua maioria, as energias renováveis têm venda no mercado livre.

Crescimento

Outro sócio da Stima Energia, Erico Mello contou que esse mercado começou a se movimentar a partir de 2001/2002, quando houve a migração de grandes clientes como a Vale, Votorantim e outros industriais. Em 2008 cerca de 20% da carga nacional era atendida pelo mercado livre e desde aquele ano vem se desenvolvendo.

“Até por causa das renováveis – em que se tem uma busca dos consumidores por contratos de longo prazo com geradores renováveis. Eles querem ter certeza de que estão comprando energia numa eólica, numa planta solar até de PCH, por exemplo, e por isso fazem contratos de longo prazo, buscando a energia renovável no mercado livre. Esse foi um dos fatores do crescimento do mercado nos últimos dez anos”, disse à Agência Brasil, acrescentando, que embora tenha sido um movimento gradual, a expansão do mercado livre baseada nas energias limpas se consolidou a partir de 2016.

Para Mello, o mercado livre trouxe liquidez ao ativo energia. Se o investidor quiser construir uma planta atualmente não terá dúvidas porque sabe que haverá comprador para o que for gerado. “Não precisa mais esperar um leilão do governo para fazer a compra. Pode construir porque vai ter realmente um comprador para a energia, pois existe liquidez no mercado”, disse, comparando o investidor com um produtor de soja ou de feijão que tem noção de venda garantida do seu produto.

Residenciais

Os consumidores residenciais ainda não têm permissão para migrar para o mercado livre. Daniela Alcaro comentou que existem várias associações e agentes do mercado de energia em frequente contato com o Ministério de Minas e Energia reivindicando a abertura total do Livre, para que todos possam se beneficiar da redução de custos.

A função da comercializadora é fazer todo o processo de migração desse consumidor, que tem que comunicar à distribuidora, apresentar uma série de documentos, estar ligado à comercializadora para que ela saiba o consumo dele e informe à Câmara de Comercialização de Energia. Então, há um processo para a contabilidade da medição da fatura e dos contratos, feito por uma comercializadora varejista responsável por passar todas as informações. Haverá um relógio medidor de energia para dizer quanto ele está consumindo, o que poderá ser  conferido junto com a fatura da varejista.

,Segundo Daniela, quando o mercado livre começou a crescer os consumidores questionaram porque permanecer no mercado regulado com indexação tão forte e, por isso, custo elevado, no lugar de migar para o livre. com contratos mais curtos e, portanto, com uma indexação de menor peso.

“Nessa comparação começou a migrar e a ter uma demanda muito grande para o mercado livre ao ponto desse mercado ser responsável pela expansão. A demanda começou a vir muito mais do mercado livre, muito mais equilibrado em termos de preços para o consumidor, que os indexados”, afirmou, acrescentando que inicialmente todo tipo de energia era vendida no regulado.

“Mais recentemente, a gente tem visto a geração crescer em renováveis, com parques até mais baratos se pensar em uma usina hidrelétrica ou estruturante como Belo Monte, que muito cara se comparada à solar, eólica ou mesmo térmicas de biomassa, que são energias limpas e mais acessíveis do ponto de vista de investimentos”.

CCEE

O presidente do Conselho de Administração da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Alexandre Ramos, informou que visando atender à Portaria nº 50/2023, do MME, e os requisitos aprovados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em reunião pública de diretoria, o órgão “prontamente tomou e continuará tomando todas as ações necessárias para garantir a realização da abertura do mercado livre de energia para os clientes conectados em alta tensão, vigente desde o dia 1º de janeiro de 2024”.

Ele disse que com a abertura foi dado um passo importante e defendeu a expansão permanente do mercado. “Entendemos que um importante passo foi dado. Entretanto, propomos que a abertura do mercado, que tanto defendemos, deverá, obrigatoriamente, ser realizada de forma contínua, previsível e, principalmente, de maneira sustentável para o setor elétrico nacional”.

“A CCEE, em trabalho conjunto com o Ministério de Minas e Energia, a Aneel e os agentes de mercado, se empenhou e continuará trabalhando para que a migração das empresas abarcadas pela portaria ao mercado livre ocorra de forma simples, eficiente e segura”, completou.

A câmara foi criada em 2004, por meio de lei federal, para viabilizar o comércio de energia elétrica no mercado livre do Brasil.

Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Servidores do DER recebem capacitação para utilização de extintores de incêndios

Servidores do DER recebem capacitação para utilização de extintores de incêndios

A proposta da aula prática é ser uma medida preventiva; para cada situação, existe um extintor específico.
L
Fortalecer acordos comerciais é uma das prioridades do governo federal

Fortalecer acordos comerciais é uma das prioridades do governo federal

Disse Alckmin durante evento na na sede da Fiesp, em São Paulo
L
TRE-DF torna Leandro Grass, ex-candidato ao GDF, inelegível por 8 anos

TRE-DF torna Leandro Grass, ex-candidato ao GDF, inelegível por 8 anos

Ex-candidato ao governo na eleição de 2022 pode recorrer da decisão
L

Agenda News: LOFT Feminino, o salão que oferece o Spa dos Pés e outras maravilhas para você

Descubra os benefícios do Spa dos Pés e os outros combos promocionais do salão que vão te deixar linda e relaxada.
L
Prefeitura inicia regularização fundiária urbana do loteamento Parque Amazônia

Prefeitura inicia regularização fundiária urbana do loteamento Parque Amazônia

Atendimento aos moradores para levantamento socioeconômico e abertura de processo acontece até sábado (9).
L
Publicidade
Publicidade

DESTAQUES NEWS

Conexão RH entrevista: Everton Melo da Rosa

Conexão RH entrevista: Everton Melo da Rosa

O programa Conexão RH receberá um convidado de destaque.
L
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 205 milhões

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 205 milhões

As apostas podem ser feitas até as 19h, no horário de Brasília
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L

Briga familiar expõe estupro de pai contra as filhas em distrito de Porto Velho

O caso aconteceu no distrito de Vista Alegre do Abunã e a mãe das vítimas tinha conhecimento.
12
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

Vaga de Empregos

Vaga de Emprego: Copeira na Pousada Surya

Se você possui habilidades culinárias, experiência na área e proatividade, essa oportunidade pode ser para você!
L

Inscrições para seleção do MP para estágio em Direito serão abertas na próxima sexta-feira

O processo seletivo busca a formação de cadastro de reserva em Porto Velho e em outras 22 comarcas.
L

Prefeitura divulga homologação dos inscritos para serviço voluntário

Os candidatos selecionados prestarão serviço diário, com duração de quatro horas por dia, de segunda a sexta-feira
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Empresa Abre Vagas para Auxiliar de Escritório para Pessoas com Deficiência (PCD) em Porto Velho

Se você possui habilidades administrativas, está em busca de oportunidades de trabalho e deseja fazer parte de uma empresa que valoriza a inclusão, esta pode ser a chance que você esperava!
L
Publicidade

POLÍTICA

Deputado Cássio Gois entrega van de 230 mil reais para transporte de pacientes em Alto Alegre dos Parecis

Deputado Cássio Gois entrega van de 230 mil reais para transporte de pacientes em Alto Alegre dos Parecis

Fruto de sua emenda parlamentar no valor de 230 mil reais, somada à contrapartida da prefeitura, o veículo de 7 lugares destina-se ao deslocamento de pacientes que necessitam de hemodiálise em Cacoal, garantindo mais segurança, conforto e qualidade nos trajetos.
L
Deputada Dra Taíssa quer saber planos para enfrentamento da seca em RO

Deputada Dra Taíssa quer saber planos para enfrentamento da seca em RO

Parlamentar está preocupada com efeitos de El Niño, que deverá ser uma das piores dos 100 anos.
L
Alero participa de lançamento de operação nacional de combate à violência contra a mulher

Alero participa de lançamento de operação nacional de combate à violência contra a mulher

Solenidade ocorreu no Comando-Geral da Polícia Militar, em Porto Velho.
L
Deputado Pedro Fernandes participa da entrega de implementos para agricultores de Ariquemes

Deputado Pedro Fernandes participa da entrega de implementos para agricultores de Ariquemes

Material foi adquirido por meio de emenda do parlamentar.
L
Cláudia de Jesus destina emenda parlamentar para São Miguel do Guaporé

Cláudia de Jesus destina emenda parlamentar para São Miguel do Guaporé

Conselho Tutelar receberá veículo para realizar atividades.
L
Publicidade

POLÍCIA

URGENTE: Motorista de carro elétrico faz conversão proibida e causa grave acidente com casal em moto

URGENTE: Motorista de carro elétrico faz conversão proibida e causa grave acidente com casal em moto

Devido a forte batida o piloto sofreu um corte profundo na testa e a passageira graves lesões pelo corpo.
16
Jornalista flagra furto de bomba d'água no quintal e prende ladrão na zona sul

Jornalista flagra furto de bomba d’água no quintal e prende ladrão na zona sul

O suspeito foi encaminhado ao Departamento de Flagrantes onde ficou a disposição da justiça.
10
Dois homens morrem e um é socorrido após descarga elétrica em poste na Estrada da Penal

Bandidos invadem residência e agridem morador com coronhadas durante roubo na zona leste

O idoso contou que estava sentado na área do imóvel quando foi surpreendido por três criminosos.
12
"Negão da mata" é morto a facadas no meio da rua em Porto Velho

“Negão da mata” é morto a facadas no meio da rua em Porto Velho

Segundo consta em ocorrência, a PM foi chamada após o homem ser encontrado caído no meio da rua, com várias perfurações de faca no corpo.
18
Homem é atacado a paulada e tiro durante tentativa de roubo na zona leste

Homem é atacado a paulada e tiro durante tentativa de roubo na zona leste

O rapaz contou que havia acabado de sair de carro do motel onde trabalha na Avenida Mamoré, e quando chegava na Rua da Beira avistou um objeto cortante no meio da rua.
16
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Diagnóstico de dengue e imunização exigem cautelas na doação de sangue

Diagnóstico de dengue e imunização exigem cautelas na doação de sangue

Alerta é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária
L

Recebimento da Licença Ambiental: VAM – REFEIÇÕES E EVENTOS LTDA

LICENÇA AMBIENTAL DE PORTE MÉDIO Nº 32 SOL/DLA
L
Negociação para trégua em Gaza é prorrogada por mais um dia, diz Hamas

Negociação para trégua em Gaza é prorrogada por mais um dia, diz Hamas

Há esperança de um acordo para pausa prolongada durante o Ramadã
L
Primárias norte-americanas têm Superterça

Primárias norte-americanas têm Superterça

Eleitores de 15 estados e da Samoa indicam representantes nas eleições.
L
OMS alerta que crianças estão morrendo de fome no norte de Gaza

OMS alerta que crianças estão morrendo de fome no norte de Gaza

Tedros apela a Israel para garantir ajuda humanitária
L
Prefeitura divulga lista de crianças que farão parte do Clube do Livro da Biblioteca Municipal Francisco Meirelles

Prefeitura divulga lista de crianças que farão parte do Clube do Livro da Biblioteca Municipal Francisco Meirelles

Lançamento oficial do projeto será no próximo dia 11 de março.
L
Encontro de Apicultores será no próximo sábado (9)

Encontro de Apicultores será no próximo sábado (9)

Meta é preparar toda a cadeia produtiva para a exportação organizada do mel produzido na região.
L
Prefeitura inicia 2ª fase do mutirão de combate à dengue em Porto Velho

Prefeitura inicia 2ª fase do mutirão de combate à dengue em Porto Velho

Plano de ação reúne diversas secretarias do município que fazem frente ao Aedes aegypti.
L