TERÇA-FEIRA, 28/05/2024

L

Saúde

Buraco no piso da saúde para este ano pode chegar a R$ 21 bilhões

Governo avalia opções para cumprir nível mínimo de gastos.

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil - 20

Publicado em 

Buraco no piso da saúde para este ano pode chegar a R$ 21 bilhões
Valter Campanato/Agência Brasil
Reinstituído pelo novo arcabouço fiscal, o piso de gastos para a saúde requer que o governo destine até R$ 21 bilhões para a área ainda este ano, disse nesta sexta-feira (22) o secretário de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, Paulo Bijos. Ele disse que o governo está avaliando as opções de onde tirar recursos para gastar os R$ 189 bilhões de limite mínimo.Buraco no piso da saúde para este ano pode chegar a R$ 21 bilhões - News RondôniaBuraco no piso da saúde para este ano pode chegar a R$ 21 bilhões - News Rondônia

Segundo o antigo teto de gastos, os limites mínimos para a saúde e a educação eram corrigidos conforme os gastos de 2016, corrigidos pela inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O novo arcabouço restabeleceu a regra anterior, que obriga o governo a aplicar 15% da receita corrente líquida (RCL) em valores atualizados, conforme determina a Constituição.

Atualmente, o Orçamento de 2023 reserva R$ 168 bilhões para a saúde. O Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas, documento que atualiza as estimativas sobre o Orçamento divulgado nesta sexta-feira, atualizou as estimativas da RCL para cerca de R$ 1,26 trilhão, elevando o limite mínimo para R$ 189 bilhões.

“Para esta RCL de agora [valor estimado no relatório de setembro], chegaríamos a R$ 20 bilhões [de diferença]”, reconheceu Bijos em entrevista coletiva durante a apresentação do relatório bimestral.

Contingenciamento

O relatório apresentado nesta sexta não incluiu os R$ 21 bilhões na nova estimativa para gastos obrigatórios. Se o valor fosse considerado, o governo teria de contingenciar (bloquear temporariamente) o mesmo valor de outros ministérios, o que ameaçaria o funcionamento de serviços públicos, situação conhecida como shutdown.

Segundo o secretário de Orçamento Federal, a não inclusão ocorreu porque setores do próprio governo divergem sobre o valor a ser recomposto ao piso da saúde. Bijos, no entanto, afirmou que o governo cumprirá a Constituição e dará uma solução para o tema ainda em 2023. Isso porque a apuração do cumprimento dos pisos mínimos para saúde e educação só ocorre ao fim de cada ano.

Projeto de lei

O governo tenta resolver a questão por dois caminhos. Em primeiro lugar, a equipe econômica aguarda o desfecho de um processo no Tribunal de Contas da União (TCU) sobre os pisos constitucionais da educação e da saúde aberto pelo Ministério Público. O governo também cogita fazer uma consulta própria ao órgão caso o processo demore. Em segundo lugar, tenta diminuir no Congresso o impacto dos novos limites mínimos.

No último dia 14, a Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei complementar que permite que o percentual de 15% seja aplicado à RCL que consta da versão original do Orçamento Geral da União. A mudança reduziria o impacto de R$ 21 bilhões para R$ 5 bilhões. Isso porque o texto original do Orçamento de 2023 previa R$ 108,8 bilhões a menos de receitas líquidas em relação ao Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas de setembro.

O projeto de lei complementar trata da compensação da União a estados e municípios por causa do corte do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis na campanha presidencial do ano passado. Durante a tramitação, o líder do PT na Câmara, deputado Zeca Dirceu (PT-PR), relator da proposta, incluiu a mudança no cálculo do piso mínimo da saúde.

Resposta

Mesmo com uma eventual redução do limite, o secretário de Orçamento Federal destaca que o governo não deixou de dar prioridade à saúde. “Com o teto de gastos, o piso seria R$ 147 bilhões, nós temos em 2023 uma dotação de R$ 168 bilhões [para a saúde]. Estamos bastante acima, temos R$ 20 bilhões a mais [em relação ao limite original]”, declarou.

Paulo Bijos também destacou que o governo reservou R$ 7,3 bilhões para pagar o piso nacional da enfermagem, despesa que não está no limite mínimo da saúde. Em relação a 2024, o secretário explicou que uma grande parte do aumento de R$ 50 bilhões para o setor decorre da regra do mínimo constitucional.

Durante a tramitação do novo arcabouço fiscal, o governo tentou incluir uma regra de transição para repor os mínimos constitucionais para a educação e a saúde, mas não conseguiu. No fim de março, o secretário do Tesouro Nacional, Rogério Ceron, disse que o governo estudava o envio de propostas de emenda à Constituição em 2025 para mudar o cálculo dos pisos de gastos e encontrar um outro critério que não fosse uma vinculação às receitas.

Publicidade
Publicidade
ELEIÇÕES
Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Campanha de vacinação contra poliomielite começa nesta segunda

Campanha de vacinação contra poliomielite começa nesta segunda

Meta é imunizar cerca de 13 milhões de criança menores de 5 anos
L
Campanha Maio Verde reforça a conscientização para a prevenção ao glaucoma

Campanha Maio Verde reforça a conscientização para a prevenção ao glaucoma

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, enfatizou sobre a importância dos serviços 24 horas para a população.
L
Equipe de saúde garantiu assistência ao público durante a Rondônia Rural Show Internacional

Equipe de saúde garantiu assistência ao público durante a Rondônia Rural Show Internacional

Isso garantiu uma resposta rápida e eficiente em toda e qualquer situação de emergência ocorrida.
L
Saúde lança nova campanha de vacinação contra covid-19

Saúde lança nova campanha de vacinação contra covid-19

Proposta é imunizar pelo menos 70 milhões de pessoas
L
Cientistas encontram proteínas que ajuda a detectar câncer 7 anos antes do diagnóstico

Cientistas encontram proteínas que ajuda a detectar câncer 7 anos antes do diagnóstico

Para o estudo, os cientistas usaram uma técnica chamada proteômica.
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

#ConexãoRH | Entrevista Carla Martins – CVC Jatuarana

O programa Conexão RH contará com a presença de Carla Martins, uma empreendedora de destaque na maior operadora de turismo da América Latina, a CVC.
L
Famílias em risco podem receber fomento rural mais de uma vez

Famílias em risco podem receber fomento rural mais de uma vez

Reingresso começará a valer a partir do dia 3 de junho
L
Renegociação do Desenrola Fies termina na próxima sexta-feira

Renegociação do Desenrola Fies termina na próxima sexta-feira

Até o dia 15, haviam sido renegociados mais de R$ 12,92 bilhões
L

CIA de Artes Evolução participa de mais uma edição do projeto ‘SESC 52’

Ação leva ações artístico-culturais para todos os municípios de Rondônia de forma gratuita
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Deputados aprovam criação de novos cargos para o concurso público da Assembleia

Deputados aprovam criação de novos cargos para o concurso público da Assembleia

Votação aconteceu durante sessão itinerante extraordinária, em Ji-Paraná.
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal-Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Local de prova do concurso da Caixa está disponível para os candidatos

Local de prova do concurso da Caixa está disponível para os candidatos

Exame será aplicado no próximo domingo
L
Publicidade

POLÍTICA

Dra. Taíssa propõe expansão do Programa “Agiliza Saúde” em municípios de Rondônia

Programa aconteceu em Vilhena com intuito de reduzir o tempo de esperas por atendimentos em ortopedia e oftalmologia.
L
Deputada Cristiane Lopes discute soluções para o Transporte Aéreo no Rondônia Rural Show

Deputada Cristiane Lopes discute soluções para o Transporte Aéreo no Rondônia Rural Show

A parlamentar destacou os desafios enfrentados pela Região Norte devido à infraestrutura limitada de transporte aéreo e aos preços exorbitantes das passagens.
L
Deputada Sílvia Cristina agradece recepção calorosa da população, durante a Rondônia Rural Show

Deputada Sílvia Cristina agradece recepção calorosa da população, durante a Rondônia Rural Show

Parlamentar manifestou que carinho mostra que seu mandato está no rumo certo, cuidando de gente
L
Coronel Chrisóstomo protocola projeto que criminaliza prática de “Revenge Porn” e “Sextorsão”

Coronel Chrisóstomo protocola projeto que criminaliza prática de “Revenge Porn” e “Sextorsão”

A pena pode chegar de quatro a dez anos de reclusão, e multa. Se o crime for cometido por duas ou mais pessoas, ou com emprego de arma, a pena pode aumentar um terço até metade.
L
Dr. Fernando Máximo presta atendimento médico voluntário às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul

Dr. Fernando Máximo presta atendimento médico voluntário às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul

Ao desembarcar no sul do país, o parlamentar se deparou com outros colegas médicos, no esforço unissonante, na tentativa de salvar vidas humanas.
L
Publicidade

POLÍCIA

PF prende homem que importava peças de armas ilegalmente dos EUA

PF prende homem que importava peças de armas ilegalmente dos EUA

Ele agora está em um presídio do Rio onde aguardará julgamento
L
Polícia Penal prende homem com pistola e drogas no Mariana

Polícia Penal prende homem com pistola e drogas no Mariana

Segundo a Polícia Penal, a equipe da UMESP fazia a fiscalização de um apenado monitorado no mesmo endereço, quando avistou o suspeito tentando fugir ao ver a chegada dos policiais.
12

BECO LIMEIRA: Força Tática prende traficante com drogas no São Sebastião

De acordo com a PM, a guarnição realizava patrulhamento de rotina pelo local.
10

VÍDEO: Acidente entre motos deixa três feridos no centro de Porto Velho

Quando o piloto tentou mudar para a direita, foi atingido com força por outra moto conduzida por um homem.
14

DENÚNCIA: Foragido da justiça é preso com arma em vila de apartamentos em Porto Velho

Avistaram o suspeito tentando fugir ao ver a aproximação da viatura.
10
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Empresas vão doar 2 milhões de quilos de carne ao RS, anuncia Lula

Empresas vão doar 2 milhões de quilos de carne ao RS, anuncia Lula

Quantidade é suficiente para preparo de 6 milhões de refeições
L
Nova presidente da Petrobras defende políticas de preços em vigor

Nova presidente da Petrobras defende políticas de preços em vigor

Magda Chambriard diz que estatal deve preservar estabilidade interna
L

Requerimento da Licença Ambiental: YVES HOTEL LTDA

LICENÇA AMBIENTAL PREVIA, DE INSTALAÇÃO E OPERAÇAO
L
País poderá ter centros com uso de IA para eventos climáticos extremos

País poderá ter centros com uso de IA para eventos climáticos extremos

ABNT e prefeitura do Rio lançam manual para ajudar gestores municipais
L

Requerimento de Renovação da Licença Ambiental: CONTROLL PRAG SERVIÇOS LTDA

LICENÇA PREVIA, DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO
L
Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 8

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 8

Com adicionais, valor médio do benefício está em R$ 682,32
L
Rondônia alcança o 1º lugar nacional em crescimento na alfabetização infantil 

Rondônia alcança o 1º lugar nacional em crescimento na alfabetização infantil

Através do programa de alfabetização ‘ProAlfa Rondônia’, ocorre a integração entre as redes estadual e municipal.
L
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 75 milhões

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 75 milhões

As apostas podem ser feitas até as 19h, horário de Brasília
L
Flamengo enfrenta Millonarios para decidir futuro na Libertadores

Flamengo enfrenta Millonarios para decidir futuro na Libertadores

Radio Nacional transmite confronto a partir das 21h desta terça
L
Menstruação segura ainda é desafio no Brasil, indica Unicef

Menstruação segura ainda é desafio no Brasil, indica Unicef

Dia Internacional da Dignidade Menstrual é celebrado nesta terça-feira
L