QUINTA-FEIRA, 30/05/2024

Poeira decorrente da tragédia em Brumadinho afeta saúde de crianças

Estudo aponta aumento de problemas respiratórios na faixa até 6 anos

Por Léo Rodrigues – Repórter da Agência Brasil - 20

Publicado em 

Poeira decorrente da tragédia em Brumadinho afeta saúde de crianças
REUTERS/Washington Alves/Direitos Reservados
A poeira presente nas áreas de Brumadinho atingidas pelo rompimento de uma barragem da mineradora Vale trouxe impactos para a saúde das crianças, diz  estudo produzido por pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O trabalho é parte do Projeto Bruminha, criado para avaliar a saúde das crianças com idade até 6 anos nas comunidades impactadas ao longo de um período de quatro anos, entre 2021 e 2024.

Nas áreas atingidas pela tragédia, houve 75% mais relatos de alergia respiratória em comparação com uma localidade não afetada. Além disso, o estudo mostra que as crianças das comunidades expostas à poeira decorrente do rompimento de barragem apresentaram três vezes mais chance de desenvolver alergia respiratória do que as demais. Os resultados constam de artigo recém-publicado nos Cadernos de Saúde Pública, revista científica da Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz.

A faixa etária acima de 4 anos foi a que mais apresentou problemas de saúde envolvendo alergias respiratórias e comprometimento das vias aéreas superiores e inferiores. De acordo com os pesquisadores, crianças nessa idade tendem a ter mais acesso a ambientes externos, o que resulta em maior exposição à poeira. Nesse grupo, 68,3% tiveram rinite, sinusite ou otite; 72,2% desenvolveram pneumonia, asma, sibilos ou bronquite, além de 59,4% terem se queixado de alergias.

Ainda conforme os dados da pesquisa, problemas envolvendo as crianças do sexo masculino foram relatados com mais frequência. “Podem estar associados a características culturais dos territórios, que determinam maior acesso dos meninos aos espaços externos e comunitários, por meio de jogos coletivos nas quadras de escolas e associações, praças e campos de futebol”, registra o artigo.

A tragédia no município mineiro ocorreu em 25 de janeiro de 2019. O rompimento da barragem liberou uma avalanche de rejeitos que gerou grandes impactos nos municípios da bacia do Rio Paraopeba. Ao todo, foram perdidas 272 vidas, incluindo nessa conta dois bebês de mulheres que estavam grávidas.

Em fevereiro de 2021, acordo de reparação foi firmado entre a Vale, o governo estadual, o Ministério Público de Minas Gerais, o Ministério Público Federal e a Defensoria Pública do estado. A Vale se comprometeu com aportes que somam R$ 37,68 bilhões, incluindo investimentos socioeconômicos, ações de recuperação socioambiental, ações voltadas para garantir a segurança hídrica, melhorias dos serviços públicos e obras de mobilidade urbana, entre outras.

Em janeiro deste ano, populações atingidas realizaram um ato para marcar os cinco anos de tragédia e criticaram o processo reparatório.

Questões de saúde ainda devem demandar recursos adicionais. Estão em andamento os Estudos de Risco à Saúde Humana e Risco Ecológico, sob responsabilidade do Grupo EPA e custeio da Vale, tal como definido em decisão judicial. O trabalho trará conclusões sobre a saúde humana, a fauna e a flora e embasará o julgamento dessas questões. Medidas estabelecidas com base em achados da pesquisa deverão ser asseguradas pela mineradora com novos aportes, não sendo descontados dos R$ 37,68 bilhões fixados pelo acordo.

Segundo os pesquisadores da UFRJ e da Fiocruz, os novos resultados obtidos por meio do Projeto Bruminha fornecem subsídios para fixar ações de assistência desenvolvidas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

O estudo foi realizado em três comunidades: Córrego do Feijão, Parque da Cachoeira e Tejuco. Para comparação, também foram coletados dados na comunidade de Aranha, também impactada na tragédia. No total, 217 crianças de até 6 anos foram avaliadas. O trabalho de campo e a coleta de informações ocorreu em julho de 2021, cerca de um ano e meio após a ruptura da barragem.

O estudo levantou ainda dados sobre a rotina da população após a tragédia. De acordo com os resultados, 89,3% dos moradores de comunidades atingidas relataram limpar com mais frequência suas residências por causa da poeira. Além disso, 89,4% afirmaram consumir água mineral.

Publicidade
Publicidade
ELEIÇÕES
Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Senado aprova reajustes salariais e reestruturação de servidores

Senado aprova reajustes salariais e reestruturação de servidores

Medida prevê aumento para servidores da segurança
L
FAB abre processo seletivo de cabos temporários para trabalhar no RS

FAB abre processo seletivo de cabos temporários para trabalhar no RS

São 224 vagas de nível fundamental
L
Varejo do RS pode ter desconto de 15% em itens da linha branca

Varejo do RS pode ter desconto de 15% em itens da linha branca

Enchentes afetaram 471 dos 497 municípios gaúchos
L
Rondônia Rural Show: Oficinas técnicas atraíram 200 pessoas no estande da Embrapa

Rondônia Rural Show: Oficinas técnicas atraíram 200 pessoas no estande da Embrapa

A chefe-geral da Embrapa Rondônia, Lúcia Wadt, afirma que a Rondônia Rural Show é um espaço importante de trocas entre a equipe da Embrapa e o setor produtivo.
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

#GiroNews | Entrevista Celio Lopes – pré-candiato a prefeito de Porto Velho

Na próxima quarta-feira, dia 29, às 16h, o programa Giro News receberá o pré-candidato a prefeito de Porto Velho pelo PDT, Celio Lopes.
L

Em Manaus, rompimento de adutora transforma rua em cachoeira

Um carro chegou a ser arrastado pela força da água.
L

La Niña: Fenômeno entra em circulação no inverno; Amazônia deve se preparar para as mudanças

O efeito promete dividir o Brasil com chuvas, seca, redução e aumento das temperaturas.
L
A dois dias do prazo, quase 50% dos MEIs não enviaram declaração anual

A dois dias do prazo, quase 50% dos MEIs não enviaram declaração anual

Documento deve ser entregue mesmo por quem declarou Imposto de Renda
L

#InFoco | Joyse Cunha – dançarina, empresária, proprietária do Estúdio de Dança 72

Na quarta-feira, dia 29, às 15h30, o In Foco Podcast apresentará uma entrevista com Joyse Cunha.
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

Prefeitura divulga resultado de processo seletivo para contratação de serviços na Semad em Porto Velho

Prefeitura divulga resultado de processo seletivo para contratação de serviços na Semad em Porto Velho

Confira a lista dos aprovados, cargos e documentos necessários
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L

Prefeitura de Porto Velho convoca candidatos classificados em processo seletivo para área da saúde

Os candidatos devem comparecer à Semad nos próximos 15 dias corridos, a contar do primeiro dia útil posterior à data da publicação do edital
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Publicidade

POLÍTICA

Deputada Lebrinha viabiliza recursos para realização de cirurgias de catarata em Monte Negro

A verba já está na conta da prefeitura e será aplicada em melhorias na saúde municipal, para procedimentos cirúrgicos, atendendo os pacientes que estão na regulação, aguardando cirurgias de catarata.
L
Ieda Chaves destina emenda para obra de galeria de água pluvial na Associação São Tiago Maior

Ieda Chaves destina emenda para obra de galeria de água pluvial na Associação São Tiago Maior

Investimento na ordem de R$ 100 mil para evitar alagamentos nas áreas comuns.
L
Escola do Legislativo presente na Rondônia Rural Show Internacional

Escola do Legislativo presente na Rondônia Rural Show Internacional

Palestras, oficinas e mesa-redonda foram atividades realizadas durante os dias de feira.
L
Dra. Taíssa recebe vereador de Guajará-Mirim para ouvir demandas da região

Dra. Taíssa recebe vereador de Guajará-Mirim para ouvir demandas da região

Deputada ressalta seu compromisso com trabalhos em prol do município.
L

Coronel Chrisóstomo: ‘Tivemos a votação mais importante no Congresso Nacional em 2024’

O Congresso Nacional votou para MANTER o veto 46/2021 sobre Fake News.
L
Publicidade

POLÍCIA

‘Eu mato é mesmo’: Diz criminoso após apanhar durante tentativa de roubo

Segundo a PM, o criminoso de bicicleta teria abordado um homem e anunciado o roubo.
10

URGENTE: Homem que matou casal é preso pela Polícia Civil

O crime ocorreu na casa de Jaiane, no bairro Nova Floresta, zona sul de Porto Velho.
10

URGENTE: Policial reage e atira em criminoso que tentava matar rival

Ele foi socorrido ao Hospital João Paulo II.
14

Empresário e amigo são presos com duas pistolas na zona sul

Testemunhas teriam visto a dupla entrando armada no veículo.
10
Polícia Civil prende homem que deu carona para assassino matar casal na zona sul

Polícia Civil prende homem que deu carona para assassino matar casal na zona sul

Os Agentes com mandado de prisão em mãos, conseguiram localizar e prender o suspeito que dirigia o veículo.
10
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ministro do Trabalho defende continuidade de cortes da Selic

Ministro do Trabalho defende continuidade de cortes da Selic

Resultado positivo na geração de empregos não justifica interrupção
L
Governo anuncia R$ 15 bilhões para empresas do Rio Grande do Sul

Governo anuncia R$ 15 bilhões para empresas do Rio Grande do Sul

Foram anunciadas três linhas de financiamento
L
3ª Audiência Pública para apresentação das minutas dos Anteprojetos de Lei desenvolvidos no processo de revisão do Plano Diretor

3ª Audiência Pública para apresentação das minutas dos Anteprojetos de Lei desenvolvidos no processo de revisão do Plano Diretor

Nos dispositivos são indicadas as prioridades dos investimentos públicos em habitação, saneamento básico, mobilidade, meio ambiente e melhoria dos espaços públicos.
L

Nota em defesa das prerrogativas da Defensoria Pública

A Defensoria Pública da União reafirma seu compromisso com a defesa intransigente dos direitos e garantias fundamentais.
L

Mais 253 mil contribuintes já entregaram a DIRPF 2024 em Rondônia

Faltando dois dias para o encerramento do prazo para entregar a declaração do Imposto de Renda em 2024, 15 % da expectativa ainda não cumpriram a obrigação com a Receita Federal.
L
Abertas as inscrições para seleção de bolsistas com atuação no Programa de Educação Inclusiva: Direito à Diversidade nos Campi Cacoal, Guajará-Mirim, Ji-Paraná e Vilhena

Abertas as inscrições para seleção de bolsistas com atuação no Programa de Educação Inclusiva: Direito à Diversidade nos Campi Cacoal, Guajará-Mirim, Ji-Paraná e Vilhena

Estão abertas as inscrições para a seleção de bolsistas na modalidade Colaborador Externo, para atuação no Programa de Educação Inclusiva: Direito à Diversidade do IFRO nos Campi Cacoal, Guajará-Mirim, Ji-Paraná e Vilhena. A seleção de profissionais colaboradores externos destina-se à implementação de Atendimento Educacional Especializado (AEE).
L
TSE selecionará novos servidores em concurso previsto para setembro

TSE selecionará novos servidores em concurso previsto para setembro

Inscrições poderão ser feitas de 4 de junho a 18 de julho
L
Mais dois membros de uma organização criminosa 'familiar' são condenados a 33 anos de pena, cada um, por homicídio qualificado de jovem em Monte Negro

Mais dois membros de uma organização criminosa ‘familiar’ são condenados a 33 anos de pena, cada um, por homicídio qualificado de jovem em Monte Negro

O Ministério Público de Rondônia (MPRO) obteve a condenação, pelo crime de homicídio qualificado, de dois réus pela morte de um jovem no Município de Monte Negro. Os denunciados foram sentenciados, cada um, a 33 anos de reclusão.
10
Paris 2024: surfistas brasileiros conhecem adversários na 1ª rodada

Paris 2024: surfistas brasileiros conhecem adversários na 1ª rodada

País terá maior número de competidores, três em cada gênero
L

Recorde, negócios acima de 4 Bi: Nossa RR Show foi um espetáculo de competência e bons resultados, mas pode melhorar

Se deixaram Rondônia trabalhar, se não atrapalharem nosso agronegócio, se não se curvarem ante os interesses estrangeiros, que temem a concorrência dos nossos produtos no mercado internacional, ninguém nos segura. A RR Show foi a maior prova disso!  
L