QUARTA-FEIRA, 29/05/2024

Comissão aprova pedido de perdão inédito por violações na ditadura

Colegiado reconheceu graves danos contra os krenak e os guarani-kaiowá

Por Alex Rodrigues - 20

Publicado em 

Comissão aprova pedido de perdão inédito por violações na ditadura
Frame/MDHC/Youtube
Pela primeira vez desde que foi criada, em novembro de 2002, a Comissão de Anistia aprovou um pedido de reparação coletiva por graves violações aos direitos de comunidades indígenas durante o regime militar (1964/1985).Comissão aprova pedido de perdão inédito por violações na ditadura - News RondôniaComissão aprova pedido de perdão inédito por violações na ditadura - News Rondônia

Além de reconhecerem as graves consequências da ação e omissão estatal contra membros das etnias krenak e guarani-kaiowá, os membros do colegiado consentiram um pedido de desculpas formal em nome do Estado brasileiro. Também aprovaram uma série de recomendações a serem implementadas por órgãos públicos a fim de evitar que os fatos se repitam.

“Queria me ajoelhar perante o senhor. Estou muito emocionada, mas, em nome do Brasil, do Estado brasileiro, quero pedir desculpas. E que o senhor leve esse pedido de desculpas a todo seu povo, em nome da Comissão de Anistia e do Estado brasileiro”, disse, de joelhos, a presidenta da comissão, a advogada Enéa de Stutz e Almeida, ao representante da comunidade guarani-kaiowá, cujo pedido de reparação foi o segundo a ser julgado e aprovado nesta terça-feira (2). Enéa de Stutz e Almeida repetiu o gesto diante da representantes da comunidade krenak.

Vinculada ao Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, a Comissão de Anistia é responsável por analisar os processos de anistia motivados por perseguição política estatal entre setembro de 1946 e outubro de 1988. No ano passado, os membros do conselho aprovaram mudanças no regimento interno do colegiado, possibilitando a apresentação de requerimentos coletivos de anistia. Os pedidos das comunidades krenak e guarani-kaiowá são os primeiros a serem julgados no país.

“Debatemos muito e concluímos, com a ajuda de muita gente para além do conselho da comissão, que, em relação aos povos indígenas, por exemplo, não faz muito sentido o requerimento individual. O que faz sentido para essas comunidades é exatamente a reparação coletiva”, explicou a presidenta da comissão, a advogada Enéa de Stutz e Almeida.

Nos requerimentos apresentados à comissão, o Ministério Público Federal (MPF) sustenta que, entre 1957 e 1980, os povos indígenas em geral, e não só as comunidades krenak e guarani-kaiowá, foram alvo da intervenção governamental e empresarial em seus territórios, o que resultou em mortes, violações à integridade física e profunda desintegração de seus modos de vida tradicionais.

Em 2014, a Comissão Nacional da Verdade concluiu o relatório sobre seus dois anos e sete meses de investigações sobre violações de direitos humanos cometidas durante o período da última ditadura civil-militar brasileira, apontando que ao menos 8.350 indígenas foram assassinados e tantos outros sofreram violências e abusos de toda ordem. Além disso, já em 1968, um extenso documento, o chamado Relatório Figueiredo, elaborado a pedido do extinto Ministério do Interior, do governo militar, apontava uma série de crimes bárbaros cometidos contra os povos indígenas.

“Seus direitos foram desrespeitados, tanto em relação a suas terras, quanto a suas liberdades. E os governos militares foram caracterizados pelo desrespeito às instituições indígenas e pela sistemática expulsão de seus territórios tradicionais, bem como pela vulnerabilização e destruição biológica e cultural de suas comunidades”, acrescentou, hoje, o relator do pedido de anistia dos krenak, o conselheiro Leonardo Kauer Zinn, para quem os “atos da ditadura militar provocaram a desagregação social e cultural do povo krenak”.

“Hoje, não há dificuldade alguma na análise do mérito desse requerimento. Estamos diante de um acervo probatório notável carreado aos autos. Para além das provas produzidas listadas exaustivamente no relatório, é forçoso reconhecer que os casos de violações dos direitos dos povos indígenas seguramente inscrevem-se entre os mais fartamente documentados. A literatura acadêmica de qualidade em diferentes áreas do conhecimento dão conta das violações, perseguições, torturas e extermínio que se abateram sobre os krenak”, apontou Zinn, citando, como exemplo, a instalação, em 1969, na cidade de Resplendor (MG), do chamado Reformatório Agrícola Indígena Krenak, para onde indígenas de todo o país, considerados “rebeldes”, eram enviados a pretexto de serem “reeducados”.

“O reformatório ficou tão famoso que muitas pessoas, ao ouvirem a palavra krenak, pensam que está se falando do presídio e não do povo indígena. A própria Comissão Nacional da Verdade já reconheceu que o reformatório, bem como a Fazenda Guarani, instalada na cidade de Carmésia (MG), com sua abrangência nacional para prender “índios rebeldes” de 23 etnias, “assumem um caráter de campo de concentração” [indígena]”, lembrou Zinn.

Em casos de requerimentos coletivos, o reconhecimento dos pedidos de anistia não prevê reparação econômica. Para a presidenta da Fundação Nacional dos Povos Indígenas, Joenia Wapichana, que acompanhou presencialmente a sessão de julgamento, a decisão é um importante resgate da memória de fatos ainda pouco conhecidos.

“A memória tem uma importância muito grande para os povos indígenas. Graças a ela, sabemos de onde viemos e para onde queremos ir. Ela não é simplesmente apagada. Ela serve para corrigir erros e fazer acertos, principalmente na administração de um país. É essencial que esta memória seja colocada ao público. Para nós, tanto povos indígenas, como Funai, é importante estarmos visibilizados. Não apenas em relatórios – porque sabemos que houve muita violência – mas também em termos de reparação e de políticas públicas. Para que os erros e a violência sejam, de fato, reparadas e justiçadas”, comentou Joenia ao acrescentar que “todos os povos indígenas merecem justiça”. “A reparação histórica é extremamente importante”.

Publicidade
Publicidade
ELEIÇÕES
Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Ministério lança diretrizes para uso de câmera corporal para policial

Ministério lança diretrizes para uso de câmera corporal para policial

Medida busca transparência das ações de segurança pública
L
CNJ divulga pesquisa sobre igualdade racial e de gênero na Justiça

CNJ divulga pesquisa sobre igualdade racial e de gênero na Justiça

No Brasil tem 14,25% de juízes que se declaram negros, diz pesquisa
L
Desigualdade é barreira para desenvolvimento humano, diz orgão da ONU

Desigualdade é barreira para desenvolvimento humano, diz orgão da ONU

Estudo mostra impactos sofridos por países na pandemia de covid-19
L
Programa Brasil Digital vai aumentar alcance da TV com mais definição

Programa Brasil Digital vai aumentar alcance da TV com mais definição

Portaria estabelece regras para ampliar oferta em 250 municípios
L
ATENÇÃO: 7,8 milhões de MEI’s ainda não enviaram a Declaração Anual

Coluna do Simpi: Senhores! Vamos para Lisboa?

A escolha da Europa se deve ao seu vasto mercado com cerca de 750 milhões de consumidores, e às oportunidades que oferece.
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

Comissão do Senado aprova prorrogação do Plano Nacional de Educação

Comissão do Senado aprova prorrogação do Plano Nacional de Educação

Ele vai vigorar até dezembro de 2025
L

No Amazonas, “Boi Garantido” se despede de Dijdja, ex-sinhazinha da fazenda

Dijdja Cardozo se despediu da vida nesta terça-feira (28), aos 32 anos.
L

Congresso mantém veto de Bolsonaro sobre Fake News nas Eleições: Bancada de Rondônia comemora

A votação contou com a participação dos deputados de Rondônia. No total, foram 317 votos pela manutenção, 139 contrários e 4 abstenções na votação na Câmara dos Deputados.
L

Bares estão liberados para tocar música ao vivo até às 4 da manhã em Candeias do Jamari, diz lei

Caberá à Secretaria de Meio Ambiente, a fiscalização e o cumprimento da lei no município.
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

Prefeitura de Porto Velho convoca candidatos classificados em processo seletivo para área da saúde

Os candidatos devem comparecer à Semad nos próximos 15 dias corridos, a contar do primeiro dia útil posterior à data da publicação do edital
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Deputados aprovam criação de novos cargos para o concurso público da Assembleia

Deputados aprovam criação de novos cargos para o concurso público da Assembleia

Votação aconteceu durante sessão itinerante extraordinária, em Ji-Paraná.
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal-Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Publicidade

POLÍTICA

Dr. Fernando Máximo propõe desburocratizar o BPC-LOAS para beneficiar pessoas com deficiência e incapacitadas para o trabalho

Dr. Fernando Máximo propõe desburocratizar o BPC-LOAS para beneficiar pessoas com deficiência e incapacitadas para o trabalho

Embora exista o Benefício de Prestação Continuada (BPC-LOAS), na opinião do congressista rondoniense, há fatores limitadores que deixam várias pessoas alheias a receber este direito.
L

Entrevista com Douglas Lopes no Giro News: Propostas para Melhorar Porto Velho

Na segunda-feira, dia 27, André Henrico entrevistou Douglas Lopes, pré-candidato a vereador, que apresentou suas ideias e trajetória política
L

Entrevista com pré-candidato a vereador de Porto Velho Matheus Serrate no Giro News: O Futuro do Agronegócio e da Sustentabilidade em Porto Velho

Na segunda-feira, dia 27, André Henrico entrevistou Matheus Serrate, jovem empresário agropecuarista e pré-candidato a vereador
L

Morre em Manaus, Arthur Bisneto

Ele era filho do ex-prefeito Arthur Virgílio Neto e chegou a disputar o Governo do Amazonas como vice de Omar Aziz.
L
Deputado Edevaldo Neves fomenta debate sobre necessidade de concurso na PM de Rondônia

Deputado Edevaldo Neves fomenta debate sobre necessidade de concurso na PM de Rondônia

O requerimento destaca a defasagem significativa no quadro de servidores efetivos da Polícia Militar de Rondônia, ocasionada por aposentadorias, exonerações e óbitos ao longo dos anos
L
Publicidade

POLÍCIA

FICCO/RO prende em flagrante envolvidos em transporte ilegal de ouro

Eles transportavam aproximadamente 3,8 quilos de ouro explorado clandestinamente
10

DENÚNCIA: Três são detidos com drogas em residência na zona leste

Na abordagem, os três suspeitos foram flagrados embalando vários entorpecentes.
10

Bandidos tentam matar empresário a tiros no Cristal da Calama

O crime será investigado pela Polícia Civil.
14

RESULTADO: BPTAR recaptura dois forgidos em primeiro patrulhamento

Ambos foram encaminhados ao Departamento de Flagrante
10
Operação Corpus Christi: PRF alerta motoristas sobre os riscos das ultrapassagens indevidas

Operação Corpus Christi: PRF alerta motoristas sobre os riscos das ultrapassagens indevidas

Infrações por realizar manobras em locais proibidos aumentaram 8,76% nos primeiros quatro meses de 2024; ultrapassagens proibidas também provocaram 519 sinistros de trânsito e 129 mortes.
L
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Lula: com qualidade, escola pública atrairá estudantes de classe média

Lula: com qualidade, escola pública atrairá estudantes de classe média

Presidente participou da apresentação de dados sobre alfabetização
L
CAARO beneficia mais de 120 advogadas com auxílio-maternidade 

CAARO beneficia mais de 120 advogadas com auxílio-maternidade 

Este benefício inclui a entrega de um kit com itens essenciais para o recém-nascido e o pagamento da anuidade da OAB-RO para a advogada.
L
Brasil conhece adversários da Copa do Mundo de futsal

Brasil conhece adversários da Copa do Mundo de futsal

Estreia será no dia 14 de setembro contra a seleção de Cuba
L
ATRAÇÃO NACIONAL - Nesta quarta tem MC Jvila, do Rio de Janeiro, no Baile Funk do O Monarka

ATRAÇÃO NACIONAL – Nesta quarta tem MC Jvila, do Rio de Janeiro, no Baile Funk do O Monarka

Vai ter serviço de Open Food das bebidas cerveja Brahma, refrigerante e água.
L
Comissão do Senado define sete projetos prioritários para o RS

Comissão do Senado define sete projetos prioritários para o RS

Propostas serão levadas ao presidente da Casa, Rodrigo Pacheco
L
Limpeza interna de Mercado Público de Porto Alegre é retomada

Limpeza interna de Mercado Público de Porto Alegre é retomada

Ainda não há prazo para reabertura do local para o comércio
L
Seleção vira sobre Japão e segue invicta na Liga das Nações Feminina

Seleção vira sobre Japão e segue invicta na Liga das Nações Feminina

Brasil enfrenta Países Baixos na quinta-feira (30), a partir das 8h30
L

2° Campeonato de Pesca em Ariquemes já recebe inscrições: Premiação chega a R$ 27 mil reais

As provas acontecem nos Rios: Jamari, Canaã, Pardo, Tabapuã, Rio Branco e Maçangana.
L
polícia

Homicídios prende casal acusado de matar homem encontrado embaixo de pé de manga

A vítima foi um homem ainda não identificado, morto a pauladas, depois o corpo foi arrastado pela rua e desovado embaixo de um pé de manga na Rua Esperança com Esparta.
10