QUARTA-FEIRA, 29/05/2024

Institutos privados prepararam terreno para o golpe de 1964

Ipes e Ibad buscaram criar consenso na sociedade para derrubar Goulart

Por Lucas Pordeus León – Repórter da Agência Brasil - 20

Publicado em 

Institutos privados prepararam terreno para o golpe de 1964
Arte/Agência Brasil
Além da força das armas, o golpe de Estado de 1º de abril de 1964 contou com o apoio prévio de uma extensa estrutura político-ideológica que preparou o terreno para a destituição do governo de João Goulart. As duas principais estruturas utilizadas pelos golpistas foram o Instituto Brasileiro de Ação Democrática (Ibad) e o Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais (Ipes). Após o golpe, as lideranças desses institutos ocuparam cargos-chave na administração do general Castello Branco.Institutos privados prepararam terreno para o golpe de 1964 - News RondôniaInstitutos privados prepararam terreno para o golpe de 1964 - News Rondônia

Esses institutos chegaram a ser alvos de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Congresso Nacional, em 1963, um ano antes do golpe. A CPI investigou se os institutos usavam mecanismos ilegais de financiamento de campanhas políticas. Ao final, a Comissão culpou o Ibad por corrupção eleitoral e determinou seu fechamento, mas isentou o Ipes.

Recortes do Jornal Correio da Manha sobre CPI de 1963. Foto: Acervo Hermeroteca da Biblioteca Nacional
Frame de vídeo institucional do Ipes – Acervo Hermeroteca da Biblioteca

A professora de relações internacionais da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Camila Feix Vidal, especialista na relação entre Estados Unidos e América Latina, destacou que os estudos do golpe de 1964 tendem a se concentrar na movimentação militar, ignorando que ela foi preparada bem antes.

“O golpe é gestado muito antes a partir de vários instrumentos, sendo o principal deles o complexo Ipes/Ibad. Esse complexo trabalhou nos âmbitos da propaganda e da política, fazendo essa relação entre política, Forças Armadas, mídia e iniciativa privada com os empresários. Primeiro, você precisar preparar o terreno, para depois, de fato, iniciar a operação militar.”

O Ibad surgiu oficialmente em 1959 “com o alegado e ambíguo propósito de defender a democracia”, enfatizou René Dreifuss em seu livro 1964: A Conquista do Estado. Ex-professor de ciência política da Universidade Federal Fluminense (UFF), Dreifuss faleceu em 2003.

O livro de Dreifuss destaca que o Ibad era formado, principalmente, por empresários nacionais e estrangeiros, com participação especial dos membros da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, de membros da Escola Superior de Guerra (ESG), ligada ao Exército, e com estreita colaboração da Agência de Inteligência dos Estados Unidos, a CIA. O Ibad ganhou notoriedade durante a presidência de Goulart, “especialmente durante a campanha eleitoral de 1962, quando serviu de conduto de fundos maciços para influenciar o processo eleitoral”, escreveu.

Já o Ipes surgiu oficialmente em novembro de 1961, após a renúncia de Jânio Quadros, fundado por empresários nacionais e dos Estados Unidos. De acordo com Dreifuss, a criação do instituto foi uma “reação empresarial ao que foi percebido como a tendência esquerdista da vida política” no Brasil.

Oficialmente, o Ipes se apresentava como organização com o objetivo de “promover a educação cultural, moral e cívica dos indivíduos” por meio de “estudos e atividades sociais” com recomendações para “contribuir para o progresso econômico, o bem-estar social e fortificar o regime democrático”.

Na prática, o Ipes produzia e distribuía, gratuitamente, extenso material de propaganda contrária ao governo Goulart, alertando para o “risco comunista” em meio a atmosfera da Guerra Fria. Entre seus principais líderes, estava o general Golbery do Couto e Silva, uma das principais figuras da ditadura brasileira. Golbery foi o fundador do Serviço Nacional de Informação (SNI), responsável pela inteligência do regime, e chefe da Casa Civil nos governos dos generais Ernesto Geisel (1974-1979) e João Figueiredo (1979-1985).

25/06/1964, Posse do General Golbery do Couto e Silva no cargo de chefe do Serviço Nacional de Informações. Foto Ulisses/Acervo EBC
Posse do General Golbery do Couto e Silva no cargo de chefe do Serviço Nacional de Informações – Ulisses/Acervo EBC

Criar consensos

A professora da UFSC, Camila Vidal, destacou que o papel do complexo Ipes/Ibad era o de criar um consenso na sociedade brasileira para justificar o golpe de Estado e a ditadura de 21 anos que se seguiria.

“Eles trabalharam nesse clima das ideias, de persuadir a mídia, a população e determinados políticos a defender a ideia de neoliberalismo, do fim de um incipiente Estado de bem-estar social.”

“No caso do Ipes, teve todo o arranjo midiático de criar o medo da Guerra Fria, da União Soviética e do comunismo, relacionando determinados setores da política, e mesmo da sociedade brasileira, como comunistas e como isso seria perigoso. Isso teve um papel decisivo”, completou.

Professora de relações internacionais da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Camila Feix Vidal. Foto: Arquivo Pessoal
Professora de relações internacionais da Universidade Federal de Santa Catarina, Camila Felix Vidal – Arquivo pessoal

De acordo com a professora Camila Vidal, o Ibad teve uma atuação mais política, financiando deputados e governadores para desestabilizar o governo Goulart e a esquerda no geral, incluindo a infiltração nos movimentos populares, sindicais e estudantis. Em outra frente de atuação, o Ipes teve mais uma função de propaganda, articulando ainda todo o bloco contrário ao governo.

Camila destacou ainda que essas estruturas usavam a fachada de instituto técnico e acadêmico para promover a agenda dos Estados Unidos em meio a Guerra Fria. “São institutos que, ainda que se colocassem como domésticos, como técnicos e tudo mais, na realidade, são braços de uma política externa dos Estados Unidos para a atuação no Brasil”, defendeu, acrescentando que Washington “precisava manter aqui a sua influência e a sua hegemonia”.

Mídia

O complexo formado pelo Ipes/Ibad gozava de amplo espaço na imprensa nacional para repercutir as opiniões, estudos e ações lideradas por esses institutos, especialmente o Ipes. Segundo Dreifuss, “o Ipes conseguiu estabelecer um sincronizado assalto à opinião pública, através de seu relacionamento especial com os mais importantes jornais, rádios e televisões nacionais”.

Jornalistas influentes e diretores ou editores dos mais importantes jornais do país faziam parte do Ipes. Entre os jornais interligados ao instituto estavam: O Estado de S. Paulo, a Folha de S.Paulo, os Diários de Notícias, a TV Record, a TV Paulista, o Jornal do Brasil, o Diário de Pernambuco, o Correio do PovoO Globo, a Rádio Globo e os Diários Associados (poderosa rede de jornais, rádio e televisão de Assis Chateubriand).

Recortes do Jornal Correio da Manha sobre CPI de 1963. Foto: Acervo Hermeroteca da Biblioteca Nacional
Recorte do Jornal Correio da Manha sobre CPI de 1963 – Acervo Hermeroteca da Biblioteca Nacional

Além da relação com a mídia nacional, o Ipes “publicava e financiava, editava, traduzia e distribuía livros, livretos, revistas e folhetos de produção própria, como também de fontes afins”, escreveu Dreifuss.

A professora Camila Feix Vidal destacou que as campanhas do Ipes e do Ibad tiveram um sucesso, especialmente nas classes médias, dando sustentação a ditadura.

“Essa batalha das ideias não acabou com o golpe. Ela se manteve legitimando o papel dos militares, a zona de influência estadunidense e não soviética e toda a caça aos tidos como comunistas subversivos. Isso vem dentro dessa visão de mundo, dessa doutrina de segurança nacional que foi gestada e divulgada pelos Ipes e pelo Ibad.”

Financiamento

A bancada financiada e apoiada pelo complexo Ipes/Ibad reunia cerca de 200 parlamentares em dezembro de 1962 (quase metade da Câmara dos Deputados), segundo a pesquisa de Dreifuss, que estima que o dinheiro usado pelo Ipes/Ibad para bancar políticos equivaleu a “uns US$ 12,5 milhões, possivelmente até US$ 20 milhões”. A ação desses deputados “mostrava-se vital no esforço de bloquear as tentativas de João Goulart quanto a implementação de reformas”, acrescentou.

O livro de Dreifuss detalha como funcionou o financiamento dessa estrutura. O dinheiro era recolhido por meio de intensa campanha de contribuições de empresários do Brasil e do exterior, principalmente dos Estados Unidos, com operações para disfarçar o recebimento desses fundos.

Recortes do Jornal Correio da Manha sobre CPI de 1963. Foto: Acervo Hermeroteca da Biblioteca Nacional
Recorte do Jornal Correio da Manha – Acervo Hermeroteca da Biblioteca Nacional

“Como resultado dessa campanha intensa, o Ipes recebeu o apoio de 500 membros corporativos em meados de 1963 e de um número ainda maior em 1964”, escreveu o cientista político, acrescentando que “em dois anos, já se havia recolhido US$ 4 milhões e, até 1964, essa soma [foi] muitas vezes multiplicada”.

Foram 297 corporações estadunidenses identificadas como financiadoras do complexo Ipes/Ibad, sendo 101 empresas de outras nacionalidades. O pesquisador citou, entre as companhias, gigantes globais como: Texaco, Shell, Standart Oil of New Jersey, Bayer, General Electric, IBM, Coca-Cola, Cigarros Souza Cruz e General Motors.

A professora da UFSC, Camila Feix Vidal, destacou que o apoio financeiro foi fundamental para o sucesso da campanha de desestabilização do governo brasileiro. “De nada adianta ter um instituto como o Ipes, ou mesmo o Ibad, atuando se não tem um financiamento tão grande como o que eles tiveram para desenvolver de fato as suas ações”, comentou.

Controle do Estado

Com o golpe de 1º de abril de 1964, as principais lideranças do complexo Ipes/Ibad ocuparam cargos chaves na nova administração, como mostra a detalhada pesquisa de René Dreifuss.

O cientista político identificou os associados e colaboradores do Ipes nos cargos de mando em instituições como: o recém-criado Banco Central do Brasil; os ministérios do Planejamento e da Fazenda; a Casa Civil, ligado ao presidente Castello Branco; além de terem redigido a Reforma Administrativa Federal e coordenado o Escritório de Planejamento Econômico e Social do Estado.

Outros órgãos importantes que ficaram nas mãos das lideranças do Ipes foram: o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDE, atual BNDES); o Banco do Brasil; o Conselho Nacional de Economia; a Caixa Econômica Federal e diversos outros bancos públicos.

René Armand Dreifuss, autor de “1964: A Conquista do Estado”. Ex-professor de ciência política da Universidade Federal Fluminense (UFF). Foto: Lucas Pordeus/Agência Brasil
Ex-professor de ciência política da UFF, René Armand Dreifuss, escreveu 1964: A Conquista do Estado – Reprodução/Lucas Pordeus-Agência Brasil

Dreifuss destacou que o ministro da Fazenda, Octávio Bulhões, e o do planejamento, Roberto Campos, avô do atual presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, tornaram-se os mais importantes “modeladores da nova economia brasileira”, ambos associados ao Ipes. Para o autor de 1964: A Conquista do Estado, as lideranças do Ipes “moldaram o sistema financeiro e controlaram os ministérios e principais órgãos da administração pública”.

Dreifuss conclui afirmando que: “os ativistas do Ipes impuseram uma modernização da estrutura socioeconômica e uma reformulação do aparelho do Estado que beneficiou, de maneira ampla, as classes empresariais e os setores médios da sociedade, em detrimento das massas”.

Publicidade
Publicidade
ELEIÇÕES
Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Inscrições para cursos profissionalizantes remotos estão abertas até o dia 3 em todo o estado

Ensino online contribui para expansão da educação profissional em todos os municípios rondonienses.
L
Furto de energia compromete fornecimento, aumenta risco de acidentes fatais e penaliza clientes adimplentes

Furto de energia compromete fornecimento, aumenta risco de acidentes fatais e penaliza clientes adimplentes

Esse quantitativo de energia recuperada seria suficiente para abastecer aproximadamente 320 mil residências durante um mês, ou seja, consumo correspondente à população dos municípios de Ariquemes, Ji-Paraná e Vilhena.
L
Tenda Família Cidadã leva serviços sociais e de saúde à Vila da Penha – Taquara e ao distrito de Vista Alegre

Tenda Família Cidadã leva serviços sociais e de saúde à Vila da Penha – Taquara e ao distrito de Vista Alegre

Atendimentos acontecem a partir das 8h no sábado (1º) e domingo (2).
L
TRT-14 firma acordo com CNJ de Linguagem Simples na comunicação judicial

TRT-14 firma acordo com CNJ de Linguagem Simples na comunicação judicial

O acordo de cooperação técnica tem o objetivo de simplificar a linguagem jurídica usada em documentos e na comunicação com a sociedade.
L
Governo de RO celebra resultados do Programa Geração Emprego e apresenta inovações

Governo de RO celebra resultados do Programa Geração Emprego e apresenta inovações

Serão lançados os novos serviços do “Up Grade – Geração Serviços” e o portfólio de cursos.
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

Veja como votou a bancada de Rondônia no veto da suposta verba para aborto e mudança de sexo

O dispositivo foi incluído por meio de uma emenda apresentada pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP).
L

Câmara dos Deputados aprova projeto que taxa em 20% as comprinhas internacionais

A taxação foi acertada em um acordo entre o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
L
PF deflagra operação para combate a crimes na Terra Indígena Igarapé Laje

PF deflagra operação para combate a crimes na Terra Indígena Igarapé Laje

Foram verificadas a divisão e a demarcação da área em cerca de 100 lotes, em prática de grilagem de terras
10

Veto de Lula a PL da saidinha de presos: Veja como cada senador e deputado de Rondônia votou

A derrota do governo foi expressiva em ambas as Casas, como mostram os placares.
L

Criminalização das fake news: veja como votou cada deputado de Rondônia

A votação foi considerada uma derrota ao Governo Lula (PT).
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L

Prefeitura de Porto Velho convoca candidatos classificados em processo seletivo para área da saúde

Os candidatos devem comparecer à Semad nos próximos 15 dias corridos, a contar do primeiro dia útil posterior à data da publicação do edital
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Deputados aprovam criação de novos cargos para o concurso público da Assembleia

Deputados aprovam criação de novos cargos para o concurso público da Assembleia

Votação aconteceu durante sessão itinerante extraordinária, em Ji-Paraná.
L
Publicidade

POLÍTICA

Deputado estadual Pedro Fernandes anuncia recurso de R$ 200 mil para Expobim 2024

Deputado estadual Pedro Fernandes anuncia recurso de R$ 200 mil para Expobim 2024

Em 2024, a tradicional festa, que atrai um grande público de toda a região, contará com um investimento de R$ 200 mil, fruto de uma emenda do parlamentar, já empenhada pelo Governo de Rondônia.
L
Deputado Edevaldo Neves requer informações sobre concurso público para o Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia

Deputado Edevaldo Neves requer informações sobre concurso público para o Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia

O objetivo é assegurar a manutenção da eficiência operacional do Corpo de Bombeiros Militar, que desempenha um papel crucial na segurança pública e defesa civil
L
Deputada Cláudia de Jesus propõe recapeamento urgente do Anel Viário em Ji-Paraná

Deputada Cláudia de Jesus propõe recapeamento urgente do Anel Viário em Ji-Paraná

Proposta visa melhorar a segurança e condições de tráfego em trecho crítico da via.
L
Ieda Chaves destaca conscientização e combate à violência sexual de crianças e adolescentes

Ieda Chaves destaca conscientização e combate à violência sexual de crianças e adolescentes

Na Tribuna da Alero, parlamentar destaca ações lúdicas promovidas em escolas da capital.
L

Congresso mantém veto de Bolsonaro sobre Fake News nas Eleições: Bancada de Rondônia comemora

A votação contou com a participação dos deputados de Rondônia. No total, foram 317 votos pela manutenção, 139 contrários e 4 abstenções na votação na Câmara dos Deputados.
L
Publicidade

POLÍCIA

polícia

Jovem joga óleo fervendo no rosto da própria mãe na zona sul

A mulher então teria negado, foi quando a vítima passou a ser agredida e teve o rosto queimado com óleo fervendo, jogado pelo agressor que fugiu logo depois.
16
Empresário se envolve em conflito com acompanhantes em motel de Ji-Paraná

Empresário se envolve em conflito com acompanhantes em motel de Ji-Paraná

As acompanhantes afirmaram que não tentaram extorquir o empresário, mas apenas queriam receber pelo tempo trabalhado, ressaltando que ele não conseguiu aproveitar o serviço por problemas próprios.
10
Mulher é morta com tiro na zona rural de Espigão do Oeste

Mulher é morta com tiro na zona rural de Espigão do Oeste

A vítima estava fechando a cortina de uma das janelas de sua casa quando foi alvejada no pescoço, o que resultou em morte instantânea.
18
Polícia Civil de Rondônia realiza Operação Urbem Tutum em Ariquemes e prende três suspeitos de roubos residenciais

Polícia Civil de Rondônia realiza Operação Urbem Tutum em Ariquemes e prende três suspeitos de roubos residenciais

As investigações, conduzidas para reprimir roubos a residências na cidade de Ariquemes, visavam desarticular um grupo armado que atuava com violência na região.
14
Polícia Civil de Rondônia prende suspeito de homicídio 

Polícia Civil de Rondônia prende suspeito de homicídio 

Durante a investigação, a equipe encontrou vestígios de sangue na frente de uma residência e, ao adentrar o terreno, descobriu três fogueiras recentes e um pedaço de pau com marcas de sangue, possivelmente usado no crime.
12
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

AGENDA - Hoje tem Bianca Fialho no Mercado Cultural

AGENDA – Hoje tem Bianca Fialho no Mercado Cultural

Chefe de cozinha, Luciana Fagundes, acrescentando que o valor da refeições custa entre R$ 15.00, o PF, e R$ 22.00, com os acompanhamentos.
L

Recebimento e Requerimento de Renovação da Licença Ambiental: BRITA NORTE MINERACAO E TRANSPORTE DE CARGAS LTDA

LICENÇA AMBIENTAL DE OPERAÇÃO Nº 58 SOL/DLA ( LICENÇA AMBIENTAL DE EXCEPCIONAL PORTE )
L
“Nós vamos vencer o crime”, diz Marcos Rocha ao confirmar maior repressão contra organizações criminosas

“Nós vamos vencer o crime”, diz Marcos Rocha ao confirmar maior repressão contra organizações criminosas

Batizado como Batalhão de Policiamento Tático de Ação e Reação ao Crime Organizado (BPTAR), o novo organismo militar da PM de Rondônia começa com pretensões audaciosas, com equipamentos de última geração.
L
Operação conjunta da Polícia Civil e Militar apreende armas de fogo artesanais que eram fabricadas e vendidas 

Operação conjunta da Polícia Civil e Militar apreende armas de fogo artesanais que eram fabricadas e vendidas 

A Operação Thanatus segue em andamento, com a expectativa de novas fases.
10
CONAB publica edital do leilão para compra de até 300 mil toneladas de arroz beneficiado importado

CONAB publica edital do leilão para compra de até 300 mil toneladas de arroz beneficiado importado

O presidente da Conab, Edegar Pretto, e os diretores Sílvio Porto e Thiago dos Santos concedem entrevista para detalhar o processo, a partir das 16h.
L
UNIR institui Política de Prevenção e Combate a Todas as Formas de Assédio e Discriminação

UNIR institui Política de Prevenção e Combate a Todas as Formas de Assédio e Discriminação

A Reitora ainda frisou que a Política agora instituída garante as ferramentas necessárias para que os ambientes laborais e acadêmicos sejam cada vez mais amigáveis.
L
TCE-RO prorroga prazos processuais devido a feriado e ponto facultativo

TCE-RO prorroga prazos processuais devido a feriado e ponto facultativo

Informa ainda que tais datas se encontram relacionadas na Portaria n. 23/GABPRES/2023, que estabeleceu o calendário de feriados e pontos facultativos do TCE-RO para o exercício de 2024.
L

#MomentoEmpresarial | Entrevista Marlon Grégori – Embaixador Wine Vinhos

O programa Momento Empresarial entrevistará Marlon Grégori, Embaixador Wine Vinhos.
L
Motociclista fica desmaiada após ser batida por carro na zona leste

Motociclista fica desmaiada após ser batida por carro na zona leste

A vítima foi amparada por populares até a chegada do resgate.
16
MPRO atenderá em regime de plantão nesta quinta e sexta em todo o estado

MPRO atenderá em regime de plantão nesta quinta e sexta em todo o estado

As datas estão previstas no calendário de feriados e pontos facultativos para o exercício de 2024 no âmbito do MPRO.
L