DOMINGO, 21/04/2024

Somente 20% das mulheres brasileiras conhecem bem a Lei Maria da Penha

É o que mostra Pesquisa Nacional de Violência contra a Mulher.

Por Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil - 20

Publicado em 

Somente 20% das mulheres brasileiras conhecem bem a Lei Maria da Penha
Freepick
Apenas duas em cada dez mulheres se sentem bem informadas em relação à Lei Maria da Penha, que criou mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher e foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2006.Somente 20% das mulheres brasileiras conhecem bem a Lei Maria da Penha - News RondôniaSomente 20% das mulheres brasileiras conhecem bem a Lei Maria da Penha - News Rondônia

Os dados fazem parte da 10ª edição da Pesquisa Nacional de Violência Contra a Mulher, realizada pelo Observatório da Mulher Contra a Violência (OMV) e o Instituto DataSenado, ambos do Senado. A sondagem é bianual e foi divulgada nesta quarta-feira (28) em Brasília. Ela envolveu entrevistas por telefone com 21.787 mulheres de 16 anos ou mais entre os dias 21 de agosto a 25 de setembro do ano passado.

Esta é primeira edição do levantamento que traz dados por estado. O estudo atualiza, também pela primeira vez, o Mapa Nacional da Violência de Gênero, projeto viabilizado pelo OMV, o Instituto Avon e a organização Gênero e Número, que cobre questões de gênero e raça no Brasil e na América Latina desde 2016.

Na avaliação de Beatriz Accioly, coordenadora de Parcerias do Instituto Avon, o que chama bastante a atenção na pesquisa é que a Lei Maria da Penha é conhecida pela população brasileira de maneira geral, mas quando se pergunta o quanto as pessoas sabem da lei, sobretudo as mulheres, percebe-se que o conhecimento ainda é muito pequeno. “É quase de ouvir falar. Não dá segurança de saber exatamente o que a lei garante em termos de direitos e o que ela muda de fato”, disse Beatriz à Agência Brasil.

Ela explicou que a pesquisa alerta para a necessidade de entender não só o que as pessoas já ouviram falar sobre a lei, mas o quanto elas conhecem nos detalhes, o quanto esse conhecimento têm a ver com os seus próprios direitos. De acordo com o estudo, mesmo nas localidades onde há maior conhecimento entre a população feminina sobre a Maria da Penha, o índice é muito baixo, passando pouco de 30%.

É o caso do Distrito Federal (33%), Paraná (29%) e Rio Grande do Sul (29%). “O conhecimento está muito longe de ser o ideal”, afirmou Beatriz. As mulheres das regiões Norte e Nordeste são as que afirmam conhecer menos a Lei Maria da Penha, principalmente no Amazonas (74%), Pará (74%), Maranhão (72%), Piauí (72%), em Roraima (71%) e no Ceará (71%).

Diagnóstico

Para a coordenadora de Parcerias do Instituto Avon, o diagnóstico mostra que ainda não se conversa tanto sobre a lei quanto é necessário. “É preciso furar a bolha”. O objetivo é aumentar a parcela da população com conhecimento sobre a legislação. Isso pode ser feito a partir da construção de medidas educativas e de conscientização sobre leis, recursos e políticas públicas voltadas para o enfrentamento à violência de gênero, afirma Daniela Grelin, diretora executiva do Instituto Avon. Para ela, o maior conhecimento é fundamental para que as mulheres brasileiras possam reivindicar seus direitos, além de interromper ciclos de abusos e agressões.

A coordenadora do Observatório da Mulher contra a Violência, do Senado, Maria Teresa Prado, destaca que a pesquisa constitui ferramenta que pode auxiliar os legisladores na criação de leis, políticas públicas e programas que funcionem de fato e que sejam mais adequados às especificidades de cada estado.

Segundo Beatriz Accioly, todos os senadores e senadoras vão receber um relatório específico de seu estado, com diagnóstico do território. “É necessário que a gente alerte os parlamentares para o fato de que esse problema de violência familiar contra a mulher é um dos mais graves. É preciso que eles conheçam a realidade de seus estados e possam cobrar das autoridades locais mudanças de atuação para reverter a situação”.

A presidente e diretora de conteúdo da Gênero e Número, Vitória Régia da Silva, lembrou que a dificuldade em reconhecer situações de violência e a falta de conhecimento dos próprios direitos podem impedir que as vítimas tenham acesso aos serviços da rede de proteção. Por isso, é preciso mudar esse cenário.

Índice

Em relação ao grau de conhecimento sobre os serviços que integram a rede de proteção à mulher, há equilíbrio entre as unidades federativas brasileiras. A delegacia da mulher é o serviço mais conhecido entre elas (95%), enquanto a Casa da Mulher Brasileira, por sua vez, é conhecida por somente 38% das entrevistadas.

A pesquisa identificou também que o índice nacional de mulheres que declaram ter solicitado medidas protetivas para a sua segurança é de 27%, à exceção do Rio Grande do Sul, onde 41% das mulheres que sofreram violência com base no gênero solicitaram medidas protetivas. Beatriz Accioly avaliou, entretanto, que embora o Rio Grande do Sul, junto com Paraná e o Distrito Federal, sejam os locais onde o grau de conhecimento das mulheres sobre a Lei Maria da Penha é “menos pior” no Brasil, ainda há muito a avançar.

“Esses dados mostram que as pessoas sabem que a lei existe. Mas elas precisam conhecer os seus instrumentos, as suas ferramentas, como utilizar a lei e transformá-la em direito difuso”, disse Beatriz.

Mapa

Lançado em novembro de 2023, o Mapa Nacional da Violência de Gênero é uma plataforma interativa que reúne os principais dados nacionais públicos e indicadores de violência contra as mulheres, incluindo a Pesquisa Nacional de Violência contra as Mulheres, mais longa série de estudos sobre o tema no país.

Legislação

A Lei Maria da Penha, sancionada em 7 de agosto de 2006, tornou mais rigorosas as penas contra crimes de violência doméstica.

O nome da lei é uma homenagem a Maria da Penha Maia, farmacêutica e bioquímica cearense que sofreu diversas tentativas de homicídio por parte do marido. Em maio de 1983, ele deu um tiro em Maria da Penha, que ficou paraplégica.

Após aguardar a decisão da Justiça por 15 anos e sem resultado, ela entrou com uma ação contra o país na Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH). Esse foi o primeiro relato sobre violência doméstica feito ao órgão na América Latina. Em 2001, o Estado brasileiro foi condenado, pela primeira vez na história, por negligência, omissão e tolerância em relação à violência doméstica. O marido de Maria da Penha foi preso apenas 19 anos depois, em 28 de outubro de 2002, e cumpriu dois anos de prisão.

Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Rondôncap sorteou 50 meses de salário extra no total de 70 mil reais e mais 29 mil reais em prêmios

Como todos sabemos, comprando o RondônCap você está ajudando diretamente as APAES de Rondônia.
L

Meu Brasil ideal…

Não como é hoje, quando pichar, amassar, destruir ou se apoderar se tornaram o hobby predileto de muitos. As cidades estão completamente destruídas. Inclusive o furto da moda são as tampas de bueiros.
L

Aqui tem gente – Parte IX

Para as populações ribeirinhas da Pan-Amazônia, o desenvolvimento sustentável está sendo brutalmente arrancado de suas almas e de seus modos de vida tradicionais.
L

Cuidados com os pets em tempos de dengue

Cães e gatos podem ser picados por mosquitos e sofrer com o desconforto que ela causa
L

Projeto revolucionário para desenvolver a região usando nosso meio ambiente, pode ter investimentos de mais de 3 bilhões de reais

Para a extração, estão projetadas pelo menos três usinas em Rondônia, abrindo 7.500 empregos diretos e proporcionando uma renda decente para milhares de famílias.
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

Guia completo de congelamento: o que você não deve congelar

Evite desperdícios na cozinha conhecendo os alimentos que não suportam o freezer
L

Promoção imperdível: News Rondônia e Cine Araújo te levam ao cinema

Participe da promoção e ganhe ingresso para assistir aos filmes em cartaz no melhor cinema da cidade.
L

Promoção 3079 destilados: essa é a sua chance de ganhar uma cachaça Original D’Minas Sabor Tutti Frutti!

Saiba como participar da promoção e concorrer a uma bebida com seu sabor exótico e aroma envolvente.
L

BYD amplia sua oferta de eletrificados no Brasil com o Dolphin Mini

Modelo tem motor de 75 cavalos de potência e autonomia de 280 quilômetros
L
Detran-RO facilita pagamentos e parcelamentos de taxas para garantir a regularização de veículos

Detran-RO facilita pagamentos e parcelamentos de taxas para garantir a regularização de veículos

Para parcelamento, tenha em mãos dados pessoais, do cartão de crédito e do veículo.
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Instituto de Ortopedia e Traumatologia de Rondônia está em busca de Gerente Administrativo

Se você possui experiência na área administrativa e está em busca de novos desafios em uma instituição de saúde de renome, essa pode ser a sua oportunidade.
L
Vagas de Emprego

Nova Era abre vaga para Auxiliar de Limpeza nos Serviços Gerais em Porto Velho

Se você é responsável, proativo e possui experiência na área de limpeza, esta pode ser a chance que você estava esperando para fazer parte de uma equipe dedicada e comprometida.
L
Vagas de Emprego

Nova Era abre vaga para Operador(a) de Caixa em Porto Velho

Se você tem experiência ou interesse em trabalhar na área de atendimento ao cliente e possui habilidades administrativas, esta pode ser a oportunidade que você estava esperando.
L
Vaga de Empregos

FORTAL SUPERMERCADO abre vaga para Açougueiro em Porto Velho

Se você possui experiência na área e está em busca de uma colocação no mercado de trabalho, essa pode ser a sua chance.
L
Publicidade

POLÍTICA

Projeto social do deputado Alan Queiroz resgata autoestima dos moradores do bairro Tucumanzal

Projeto social do deputado Alan Queiroz resgata autoestima dos moradores do bairro Tucumanzal

Ônibus odontomédico esteve nesse sábado (20) no bairro Tucumanzal, em Porto Velho
L
Eleições 2024: Rayane do Agro - A Força do Campo para Porto VelhoEleições 2024: Rayane do Agro - A Força do Campo para Porto Velho

Eleições 2024: Rayane do Agro – A Força do Campo para Porto Velho

Sua pré-candidatura está centrada no bem-estar da população de Porto Velho. Ela promete defender incansavelmente os direitos das mulheres.
L
Empresário Helton Cordeiro anuncia pré-candidatura a vereador em Porto Velho

Empresário Helton Cordeiro anuncia pré-candidatura a vereador de Porto Velho

Com uma trajetória marcada pelo trabalho árduo e empreendedorismo, Helton busca trazer uma nova perspectiva para a política local.
L
Cláudia de Jesus anuncia emenda parlamentar para o Projeto Reca

Cláudia de Jesus anuncia emenda parlamentar para o Projeto Reca

Valor de R$ 155 mil será usado para compra de grande quantidade de calcário.
L

Ieda Chaves destina emenda para programação alusiva ao Dia dos Povos Originários

Projeto foi mobilizado para interação em cinco comunidades de Nova Mamoré.
L
Publicidade

POLÍCIA

polícia

Mulher é presa após colocar fogo no marido enquanto dormia

Segundo a PM, a mulher contou que teve uma briga com o marido durante uma bebedeira na madrugada de hoje
14

Homem tem corpo incendiado pela esposa e morre no hospital

Gustavo teria ficado no show, e após algumas horas retornou para casa. Neste instante, a esposa teria se apossado de um vidro de álcool e despejou sobre a vítima, ateando fogo.
18

Homem é morto brutalmente após briga no Três Marias

Após a fuga do suspeito, a PM foi acionada e isolou o local até a finalização dos trabalhos periciais e remoção do corpo para o IML.
18

ATUALIZAÇÃO: Dupla capota caminhonete roubada durante perseguição no Orgulho do Madeira

Segundo a PM, quatro criminosos fortemente armados realizaram um roubo a residência, depois fugiram levando vários objetos e a caminhonete das vítimas.
16

Acidente entre carro e moto deixa um morto e outro ferido na BR-364

Segundo as primeiras informações, as duas vítimas estavam de moto quando houve a batida com o veículo.
18
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Promoção Imperdível: Ganhe um Ticket Black VIP para a Tour de Alta Performance Pessoal & Profissional com Paulo Vieira e Camila vieira

Não perca essa chance de ouro de se juntar à elite da alta performance. Inscreva-se agora e boa sorte!
L

Inovação e Personalização na Farmácia: Ana Paula Barbato Discute o Futuro da Farmácia Magistral no Mais Saúde Podcast

Explorando o potencial da personalização de medicamentos para transformar tratamentos de saúde com a especialista em Farmácia Magistral
L

Dr. Artur Maldonado Revela os Bastidores da Medicina Estética no In Foco Podcast

De cirurgião a inovador social: uma conversa com o médico que está mudando a face da saúde pública em Rondônia
L

Resiliência e Qualidade: As chaves do sucesso da Doçuras da Rafa

o programa “Momento Empresarial”, Dorian Jinkins de Lima compartilha os segredos por trás da perseverança e excelência da sua confeitaria
L

Desvendando as Leis de Incentivo Cultural: Fátima Rosilho clarifica Mitos e Verdades no PodCast Resenhas de Negócios Amazônicos

Em uma discussão esclarecedora, a representante do Ministério da Cultura em Rondônia expõe os desafios e oportunidades para os artistas regionais
L

Do esporte ao empreendedorismo, projetos promovem empoderamento e prosperidade para povos indígenas

O programa inclui projetos nas áreas de esporte, saúde, educação, empreendedorismo e empoderamento feminino, entre outras.
L
URGENTE: Carro bate e derruba poste de iluminação em Porto Velho

URGENTE: Carro bate e derruba poste de iluminação em Porto Velho

O acidente envolvendo um carro modelo Versa ocorreu na tarde deste sábado (20), na Rua Pescada, bairro Nova Porto Velho.
10
Motociclista acidentada na Avenida Jatuarana recebe ajuda de populares

Motociclista acidentada na Avenida Jatuarana recebe ajuda de populares

Uma motociclista ficou ferida após um acidente na Avenida Jatuarana, em frente à UPA Sul, no bairro Cohab, na tarde deste sábado (20).
10

Avanços tecnológicos impulsionam a segurança pública com ações contra crimes transfronteiriços

Durante a visita foi realizada uma apresentação detalhada das instalações do Ciop.
L