QUARTA-FEIRA, 22/05/2024

Certidão negativa para trabalho com crianças gera críticas

Projeto passou pela Câmara dos Deputados e agora vai para o Senado.

Por Camila Boehm – Repórter da Agência Brasil - 20

Publicado em 

Certidão negativa para trabalho com crianças gera críticas
Rovena Rosa/Agência Brasil
A Câmara dos Deputados aprovou, na última terça-feira (20), o Projeto de Lei (PL) 8035/14,  que exige a apresentação de certidão negativa de antecedentes criminais para os profissionais que trabalham com crianças. A matéria deve passar agora pelo Senado. O projeto recebeu críticas por ser amplo e poder gerar discriminação, já que impediria também a contratação de pessoas com qualquer tipo de antecedente criminal, como furto e difamação.Certidão negativa para trabalho com crianças gera críticas - News RondôniaCertidão negativa para trabalho com crianças gera críticas - News Rondônia

O PL é uma das 11 propostas apresentadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que funcionou na Câmara dos Deputados entre 2012 e 2014.

O deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) avalia que o projeto tem um viés elitista e apontou que o PL não se atém àquele que cometeu crimes sexuais, mas abrange quem cometeu qualquer tipo de delito. “Quer dizer que uma pessoa que cometeu um furto com 18 anos de idade e depois aos 40, 50 anos, [quer] auxiliar por exemplo no administrativo de escolinhas de futebol para crianças, não vão poder fazê-lo?”, disse na audiência de votação na Câmara.

A deputada Laura Carneiro (PSD-RJ), relatora do projeto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e que recomendou sua aprovação, disse que eventualmente alterações em relação aos crimes podem ser feitas no Senado. “O importante é que a gente garanta para essa criança que não tenha de nenhuma maneira um profissional que passou por uma penalização num crime contra a dignidade sexual lhe sendo oferecido esse trabalho”, disse na ocasião.

Repercussão

O ex-Secretário Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente e ex-presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), Ariel de Castro Alves, avalia que a proposta do PL é ampla e precisa ser melhor redigida, pois pode gerar constrangimentos e discriminações, que são vedados pela Constituição Federal.

“A lei, se aprovada dessa forma, gerará processos judiciais, que podem ser ações de inconstitucionalidade, por contrariar princípios constitucionais, como o da presunção de inocência e da isonomia (todos são iguais perante a lei). E mandados de segurança por constrangimentos ilegais e abusos de poder de pessoas que forem impedidas de ingressar em trabalhos e funções por não terem certidões negativas de antecedentes criminais”, disse.

O advogado, que é especialista em direitos da infância e juventude, aponta que um projeto de lei ideal, neste tema, deveria exigir certidões de antecedentes criminais – e não a certidão negativa -, com a finalidade de verificação se os pretendentes aos cargos, empregos ou funções públicas ou privadas já foram condenados por crimes contra crianças e adolescentes, incluindo os crimes sexuais, mas também maus tratos, abandono de incapaz, tortura, homicídios, entre outros.

“A certidão negativa de antecedentes aparece como ‘nada consta’ sobre inquéritos e processos que a pessoa tenha respondido. Mesmo que a pessoa tenha sido absolvida, acaba não sendo uma certidão negativa, já que vai constar se a pessoa respondeu e foi absolvida. A pessoa, mesmo se absolvida ou se ainda estiver respondendo processo, pelo texto da lei, que exige ‘certidão negativa’, poderia ser impedida do ingresso no emprego”, explicou.

A justificativa do projeto de lei, de evitar que acusados processados ou condenados por crimes sexuais atendam crianças e adolescentes, não está de acordo com o que foi aprovado, de acordo com Alves. “[O PL] acaba sendo extremamente genérico, impedindo que quem já foi processado ou condenado por qualquer crime, que pode ser furto, apropriação indébita, estelionato, calúnia, injúria, difamação, entre outros, e não apenas crimes sexuais contra crianças e adolescentes, atuem com crianças e adolescentes.”

“Entendo que se a pessoa foi condenada por crime contra crianças e adolescentes, após o trânsito em julgado, quando não cabem mais recursos, por incompatibilidade, não deve exercer empregos, cargos e funções relacionadas ao atendimento de crianças e adolescentes”, finalizou o advogado, em relação à contratação, no contexto do enfrentamento ao abuso e à exploração sexual.

Consequências em escolas

O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo (Sieeesp) José Antonio Antiório disse ser favorável ao PL e à apresentação da certidão de antecedentes criminais, mas que precisaria observar a tipificação do crime cometido.

“Porque senão você pode impedir uma grande parte da população. Por exemplo, se eu tenho uma empresa, eu cometo uma falha administrativa e financeira dentro da empresa, e eu tenho que ser penalizado pela lei de detenção, por exemplo, isso não é um crime que avilta o trabalho de uma pessoa dentro de uma escola”, ponderou.

“Agora, se for um crime de furto, de roubo, de assassinato, enfim, eu acho que você tem que realmente manter o atestado de antecedente e não permitir que ninguém entre dentro do estabelecimento de ensino com essas performances”, acrescentou.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee) avalia que não apenas o projeto de lei, mas a Lei 14.811/2024, ambos relacionados à exigência de certidão de antecedentes criminais nas escolas, são inconstitucionais e discriminatórios, além de terem potencial ideológico.

Além do PL aprovado na Câmara, a entidade destaca a Lei 14.811, de 12 de janeiro de 2024, que acrescentou ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) determinação para que estabelecimentos de ensino públicos e privados mantenham fichas cadastrais e certidões de antecedentes criminais atualizadas de todos os seus empregados.

O coordenador geral da Contee, Gilson Reis, avalia que tais medidas podem levar à criminalização dos trabalhadores, em um contexto em que a educação tem sido atacada pelo conservadorismo.

“O escopo dos crimes é infinito. São vários tipos de crimes que poderão ser colocados à disposição de pessoas de má índole ou pessoas que querem atacar a educação, para poderem inviabilizar profissionais de educação. A lei deixa um processo muito aberto, sem que a gente possa definir com clareza o que é o interesse ou a intenção por trás dessa lei”, disse.

Ele ressaltou que “hoje 80% dos crimes sexuais ocorrem no interior da família. Não é na escola. A escola, o professor e a professora são um fator de denúncia, de proteção da criança, de chamar atenção dos conselhos tutelares, de [garantir] a própria Constituição. O que estão tentando é atacar aqueles que são, na prática, o anteparo contra os vários crimes cometidos contra a infância e a juventude do nosso país”.

Para o advogado José Geraldo de Santana Oliveira, consultor jurídico da Contee, tanto a lei quanto o PL estão em desacordo com a presunção de inocência, que é assegurada pelo artigo 5º, inciso 57, da Constituição Federal, que diz que ninguém é considerado culpado senão mediante sentença penal condenatória transitada em julgado. “Essas certidões terão muito mais um caráter ideológico, um caráter de, eu diria, fuzilamento moral, do que propriamente o resultado prático”, avaliou.

Ele acrescenta que uma certidão de antecedentes criminais positiva não significa que o caso já tenha passado em todas as instâncias da Justiça. “Se ele [trabalhador] foi condenado e pagou a pena, [o PL] fere a garantia do princípio do non bis in idem. Quer dizer, ninguém pode ser punido duas vezes pelo mesmo fato. E, se não foi [condenado], se não há sentença que passou em julgado, quer dizer que não cabe mais recurso, fere a presunção de inocência. Veja o tamanho do imbróglio”, explicou.

Publicidade
Publicidade
ELEIÇÕES
Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Transmissão ao Vivo: 11ª Rondônia Rural Show Internacional

Não Perca! Acompanhe agora a apresentação de Bruno Eduardo ao vivo diretamente do maior evento de agronegócios da região Norte!
L

Rondônia tem a 4ª maior taxa de internações por Leptospirose da região Norte, aponta CLP

Os casos são relativamente baixos; geralmente estão relacionados ao acúmulo de água parada e à precariedade dos serviços de saneamento básico.
L

Marcos Rocha cria relações internacionais sólidas com outros países e gera possibilidade de mais negócios para Rondônia

As pontes comerciais e de relacionamento criadas pelo governador Marcos Rocha com outros países, convergem para a Rondônia Rural Show.
L

UNIR sugere, mas conselheiros rejeitam cancelar o ano letivo de 2024

Com “não” da maioria, proposta foi negada. Greve é mantida.
L
Prefeitura de Jaru constrói rede de drenagem na Rua Raimundo Barreto; serviço integra obras pavimentação da via

Prefeitura de Jaru constrói rede de drenagem na Rua Raimundo Barreto

O serviço integra obras pavimentação da via
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

Quase 40 cidades de Rondônia estão liberadas para que empresas ativem a faixa do 5G

O Estado de Rondônia foi contemplado nesta leva com 39 municípios.
L

Na RRS Internacional, Marcos Rocha anuncia a antecipação do salário dos funcionários públicos de Rondônia

O dinheiro já vai entrar nas contas dos servidores na próxima sexta-feira (24)
L
Rio Grande do Sul precisará de R$ 1 bilhão para recuperar turismo

Rio Grande do Sul precisará de R$ 1 bilhão para recuperar turismo

Governador volta a pedir benefício para empresas afetadas pelas cheias
L

#InFoco | Entrevista Giovanny A. Oliveira e Felipe Rosell, estudantes de direito

Marcelo Régis conduzirá a conversa, explorando a trajetória acadêmica e as atividades na Atlética.
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet
L

Sine Municipal de Porto Velho tem novas vagas disponíveis

55 vagas para diversos níveis de escolaridade
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet
L
Publicidade

POLÍTICA

CORONEL CHRISOSTOMO: Deputado se reúne com Jair Bolsonaro para discutir posição do PL nas eleições municipais de RO.

Deputado se reúne com Jair Bolsonaro para discutir posição do PL nas eleições municipais de RO

Estratégia é ter candidaturas próprias a prefeito e apoio a nominatas de vereadores.
L

Deputado Alan Queiroz participa da entrega de equipamentos hospitalares no Hospital Santa Marcelina

Emenda parlamentar destinada foi de quase R$ 500 mil para aquisição dos novos aparelhos.
L

Dra Taíssa destaca que Rondônia Rural Show Internacional mostra evolução do agronegócio no estado

Feira traz o tema: “Agricultura da Amazônia”, que representa o progresso na produção de alimentos em Rondônia.
L
Ieda Chaves participa da Rondônia Rural Show e destaca investimento no setor turístico

Ieda Chaves participa da Rondônia Rural Show e destaca investimento no setor turístico

Feira voltada potencializa setores do agronegócio e promove negócios no estado.
L
Dra. Taíssa fomenta agronegócio em Rondônia com mais R$ 2 milhões em emendas parlamentares

Dra. Taíssa fomenta agronegócio em Rondônia com mais R$ 2 milhões em emendas parlamentares

Guajará-Mirim, Nova Mamoré, distrito de Nova Dimensão, Nova Califórnia e União Bandeirantes foram beneficiados em 2023.
L
Publicidade

POLÍCIA

Urgente: PM salva homem que era torturado e prende suspeito no Morar Melhor

Urgente: PM salva homem que era torturado e prende suspeito no Morar Melhor

Em seguida, foi socorrido para o Hospital João Paulo II.
12
Estava de boa: Integrante do “Novo Cangaço” é preso comprando peixe na zona leste

Estava de boa: Integrante do ‘Novo Cangaço’ é preso comprando peixe na zona leste

O foragido estava com dois mandados de prisão.
10

Professora é agredida por autista, registra BO e família é intimada

A aluna tem 12 anos, com Transtorno do Espectro Autista (TEA), nível de suporte 3, não oralizada (não fala).
10

Carro bate de frente com bicicleta e deixa criança ferida no centro de Porto Velho

O fato aconteceu no cruzamento das ruas Benjamin Constant com Rafael Vaz e Silva, no bairro São Cristóvão, em Porto Velho.
10
CICLO DA MORTE: Polícia Civil deflagra operação e cumpre mandados de busca e apreensão em Vilhena

CICLO DA MORTE: Polícia Civil deflagra operação e cumpre mandados de busca e apreensão em Vilhena

Operação Ciclo da Morte mobilizou 14 policiais e foi comandada por dois delegados.
10
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Recebimento da Licença Ambiental: CASA DA ROCADEIRA E SERVICOS MULTIMARCAS LTDA

Licença Ambiental Simplificada SUL 247°
L

Recebimento da Licença Ambiental: ELIAS DIESEL TRUCK LTDA

Licença Ambiental de Operação SUL 105
L

Requerimento da Licença Ambiental: LUIZ MORAES DE SOUSA

Licença Ambiental Simplificada
L

Requerimento da Licença Ambiental: F1 CONSTRUCOES E NAUTICA LTDA

LICENÇA AMBIENTAL PREVIA, INSTALAÇÃO E OPERAÇAO
L
Ventosa ajuda a coletar sangue de quem tem medo de agulha

Ventosa ajuda a coletar sangue de quem tem medo de agulha

Os pesquisadores criaram o dispositivo inspirados no comportamento de sanguessugas.
L
Homem que varria tapete vermelho de Cannes estreia como cineasta no festival

Homem que varria tapete vermelho de Cannes estreia como cineasta no festival

Desde então, David foi crescendo até decidir registrar oficialmente o primeiro documentário.
L
Receita Federal lança sistema para proteger CPF contra golpes; veja como usar

Receita Federal lança sistema para proteger CPF contra golpes; veja como usar

Um dos golpes aplicados por criminosos no Brasil é a inserção do CPF de vítimas em sociedades e empresas.
L
Projeto aprovado na Câmara criminaliza luta por terra, critica MST

Projeto aprovado na Câmara criminaliza luta por terra, critica MST

Proposta ainda precisa passar pelo Senado
L
Governo começa a reestruturar saúde digital no Rio Grande do Sul

Governo começa a reestruturar saúde digital no Rio Grande do Sul

Núcleo do estado terá 1.500 equipamentos substituídos
L