SÁBADO, 13/04/2024

92 Anos de conquista: A Força do Voto Feminino e a incrível jornada de Almerinda Farias Gama, a ativista alagoana que mudou a história

Neste sábado (24/2), quando se completam 92 anos da garantia do voto feminino, os passos que foram invisibilizados dessa sufragista negra, feminista e nordestina refletem a necessidade de reconhecimento e revisão histórica como inspiração para o país.

Por Luiz Cláudio Ferreira - Repórter da Agência Brasil

Publicado em 

92 Anos de conquista: A Força do Voto Feminino e a incrível jornada de Almerinda Farias Gama, a ativista alagoana que mudou a história - News Rondônia
Foto: Prefeitura de Maceió

Homens observam uma mulher diante da urna. Ela, vestida como para uma festa, com a cédula na mão e o sorriso no rosto, está pronta para exercer um direito básico de cidadania. A caminhada da alagoana Almerinda Farias Gama até o voto (para eleição de deputados classistas), em 20 de julho de 1933, é feita de luta com os barulhos da voz e da máquina de escrever. Neste sábado (24/2), quando se completam 92 anos da garantia do voto feminino, os passos que foram invisibilizados dessa sufragista negra, feminista e nordestina refletem a necessidade de reconhecimento e revisão histórica como inspiração para o país.

Foi diante do silêncio e de lacunas que a pesquisadora em história, jornalista e também alagoana Cibele Tenório se deparou quando resolveu saber mais sobre a conterrânea. Não havia registro nem mesmo de data de morte. Depois de dois anos de caminhada, descobriu que Almerinda viveu entre maio de 1899 e 31 de março de 1999. A pesquisa de mestrado (concluída em 2020, pela Universidade de Brasília) vai render livro depois de vencer prêmio literário da editora Todavia. A pesquisa foi orientada pela professora Teresa Marques.

Alagoas 24/02/2024Luta pelo voto feminino tem protagonista negra invisibilizada. História da alagoana Almerinda Farias será trazida em biografia e deve receber homenagem em cidade natal. Foto FGV

Luta pelo voto feminino tem protagonista negra invisibilizada - Foto FGV

A pesquisadora fez também um documentário sobre Almerinda a partir dos raros documentos disponíveis no Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea da Fundação Getulio Vargas.

Almerinda, a luta continua

O filme Almerinda, a luta continua! faz um resgate histórico da vida dessa personagem, uma das primeiras militantes feministras brasileiras. Foi realizado na 2ª Oficina de Produção Audiovisual do Núcleo de Audiovisual e Documentário FGV/CPDOC., com direção de Cibele Tenório.

Comprometimento

Cibele, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e que atualmente cursa doutorado em história na UnB, avalia que Almerinda teve participação ativa na Federação Brasileira pelo Progresso Feminino.

 “A federação era uma entidade que reunia, naquele período, entre 80 e 100 mulheres. Ela não era uma pessoa que estava ali e assistia às palestras. Era completamente ativa naquele ambiente e a quem a Bertha Lutz (liderança sufragista que criou a federação) entregou muitas tarefas. E era uma pessoa que se comprometia com as tarefas”, explica.

Poder na máquina

Almerinda atuava em várias frentes e estava empoderada por ser datilógrafa. “Era uma ferramenta que nem todo mundo dominava. Além de datilografar, escrevia e se expressava bem”. Assim, foi assumindo tarefas naquele lugar, incluindo lobby parlamentar, textos com divulgação para a imprensa e até roteiro de programa de rádio.

Luta pelo voto feminino tem protagonista negra - Foto FGV
Luta pelo voto feminino tem protagonista negra – Foto FGV

Almerinda passou a ter outras frentes de atuação. “Na política, inclusive, ela sai candidata, logo após o código eleitoral permitir que mulheres alfabetizadas pudessem votar. É preciso lembrar que Almerinda nasceu pouco mais de uma década depois da abolição da escravidão no Brasil”.

Na eleição de 1934, a professora Antonieta de Barros foi a primeira mulher negra eleita (como deputada estadual de Santa Catarina). Ela e a Almerinda podem ter sido as primeiras mulheres negras a concorrerem a cargos eletivos no Brasil. Além da federação das mulheres, Almerinda ainda atuou, com Bertha Lutz, no sindicato das datilógrafas e taquígrafas.

Para a pesquisadora, as questões de gênero e de classe estão muito intrincadas. “Almerinda nunca escreveu sobre si. Embora tenha sido uma mulher ligada ao ofício textual, o que a gente sabe dela é por meio das fontes da pesquisa, diferentemente de outras sufragistas. Esse apagamento se torna ainda maior pelo fato de ela ser uma mulher negra”. A data de morte foi conhecida depois de um contato com familiares. Cibele lia sobre sufragistas e nunca apareciam muitos dados sobre Almerinda, o que seria a materialidade desse apagamento.

Reconhecimento do legado 

Diante de mais pesquisas e informações, como as que chegaram pela conterrânea Cibele Tenório, a administração municipal de Maceió busca jogar luzes na história de Almerinda. A cidade natal da sufragista criou iniciativas em busca de reduzir esse apagamento. A coordenadora de Igualdade Racial da prefeitura, Arísia Barros, diante da inexistência de registros na cidade e em Alagoas, diz que iniciou um movimento para reconhecer e divulgar o legado de Almerinda.

“Foi criada uma praça (no bairro da Jatiúca), que é o Parque da Mulher, onde 100 mulheres referenciais de Alagoas serão homenageadas”. Almerinda está entre elas, no parque que pode ser inaugurado oficialmente no mês que vem. Outra proposta apresentada na Câmara de Vereadores é a criação do “Dia de Almerinda” em 16 de maio, data de nascimento da sufragista.

ALuta pelo voto feminino tem protagonista negra invisibilizada - Foto FGV
ALuta pelo voto feminino tem protagonista negra invisibilizada – Foto FGV

“Começamos uma mobilização para trazer essa mulher tão importante para Maceió, para os bancos da escola, para os livros escolares e fazer ela caminhar”, diz a representante do município.  Ela entende que uma campanha educativa é fundamental para buscar o reconhecimento. “Ela foi apagada. A gente agora quer criar essa luz sobre ela. Essa história de luta e de persistência pelo voto feminino foi fundamental e precisa realmente ser visibilizada. A Almerinda fez revoluções”.

Esse apagamento, de acordo com a coordenadora, tem relação com o racismo estrutural. “É necessário levar a Almerinda para a escola, dar nome a uma escola e a uma praça, por exemplo”. Arísia também tem pedido a parlamentares apoio para inclusão do nome da sufragista no livro de Heróis e Heroínas da Pátria.

 “Lutava pela igualdade”, diz neta

Neta de Almerinda, Juliana Leite Nunes, de 52 anos, diz que tem ficado feliz com mais pesquisas e reconhecimento sobre o papel da avó para o Brasil.

“Ela lutava pela igualdade de salário, de direitos trabalhistas, pelo direito ao voto. A gente sabia da importância porque tinha fotos na parede da sala de voto, mas não tinha essa noção que tem hoje”. A neta lembra que mesmo depois dos 90 anos fazia questão de estar muito bem informada sobre o que ocorria no Brasil em leitura diária do noticiário.

Hostilidade e violência

Evidentemente, a invisibilização e violência contra a mulher no espaço político não são fenômenos restritos ao século passado. Pesquisadora em direitos humanos, Leonor Costa entende que existe maior discussão sobre o tema. “A partir de muita luta, está sendo possível trazer as demandas das mulheres negras. O mundo da política é hostil com a mulher em geral e muito mais com as mulheres negras”.

Leonor, que no mestrado da UnB estudou o legado de Marielle Franco para mulheres negras na política institucional, considera que o assassinato da vereadora chamou atenção para o problema. “A gente já tem a violência contra as mulheres na política muito forte desde sempre. Não à toa que temos poucas mulheres que trilharam um caminho de sucesso, que estão aí há muito tempo. Marielle foi assassinada e seu assassinato escancarou o nível a que pode chegar a violência contra as mulheres”.

Luta pelo voto feminino tem protagonista negra invisibilizada - Foto FGV
Luta pelo voto feminino tem protagonista negra invisibilizada – Foto FGV

Para a pesquisadora, o crime possibilitou mais atenção para a violência e as hostilidades em relação às mulheres que se colocam no mundo da política, sobretudo as mulheres negras e também as trans. “Eu acho que mais de 90 anos depois do direito ao voto feminino, obviamente muita coisa melhorou. Hoje, a gente tem cada vez mais mulheres se colocando nos espaços, participando dos partidos, das organizações políticas, das entidades sindicais, com muita luta, nunca por concessão dos homens. Mas é preciso avançar muito mais”.

Esses avanços incluem o não cerceamento da liberdade de expressão no espaço público, nem ameaças de qualquer tipo. “Há muito caminho para construir e luta a empenhar para que, finalmente, a gente consiga estar nos espaços sem ter a presença questionada ou aviltada”. Edição: Graça Adjuto

Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Governo de RO investe em boas práticas de fabricação para empreendedores de Porto Velho

Governo de RO investe em boas práticas de fabricação para empreendedores de Porto Velho

O treinamento visa orientar os empreendedores para que eles possam alavancar suas vendas com um produto de qualidade.
L
IASD Nova Porto Velho

TRANSMISSÃO AO VIVO: IASD Nova Porto Velho – Culto Sábado – 13/04/2024

Sábados Escola Sabatina às 08h15 Culto Divino às 10h00 Culto Jovem às 16h45.
L
Inmet alerta para chuva intensa no Norte, Sul e parte do Centro-Oeste

Inmet alerta para chuva intensa no Norte, Sul e parte do Centro-Oeste

Há risco de corte de energia, alagamentos e descargas elétricas
L

Porto Inoxx apoia a realização do 2º CEARO de Rondônia

Em contato com o proprietário da Porto Inoxx, Gilberto Januário, este se pronunciou com muito orgulho e otimismo em poder contribuir com a construção e o desenvolvimento do estado de Rondônia.
L
Restaurante sustentável, onde cliente paga quanto puder, faz sucesso

Restaurante sustentável, onde cliente paga quanto puder, faz sucesso

Lá no Long Table é assim, você paga quanto puder.
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

Entenda em quais casos a saidinha de presos fica permitida ou proibida

Entenda em quais casos a saidinha de presos fica permitida ou proibida

Lei que restringe o benefício foi sancionada com vetos
L

Programa Sintonia 360 entrevista: Marina Falcão

uma entrevista imperdível no programa Sintonia 360.
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L

Mais uma vez a pessoa com deficiência é destaque na câmara municipal de Porto Velho

A condução da audiência pública foi do parlamentar Márcio Paccele, presidente da câmara que prontamente atendeu à sugestão do doutor, cedendo aquela casa de leis para o evento.
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

A Empresa Minalinda está Contratando: Vaga Disponível para Ajudante de Obra

Estamos buscando um profissional dedicado e trabalhador para se juntar à nossa equipe como ajudante.de obra
L
Vagas de Emprego

Rhesultados Consultoria abre vaga para Comprador Agropecuário em Porto Velho

A vaga, publicada em 12 de abril de 2024, oferece regime de tempo integral e um salário mensal de R$ 2.000,00, além de benefícios como plano odontológico e outros.
L
Vaga de Empregos

PB Serviços abre vaga para Lavador(a) de Carros em Porto Velho

A oportunidade, publicada em 12 de abril de 2024, oferece regime de tempo integral e promete um ambiente de trabalho dinâmico e desafiador.
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

M. A. Engenharia abre vaga para Mecânico de Refrigeração em Porto Velho

A vaga, publicada em 10 de abril de 2024, oferece tempo integral e promete um ambiente de trabalho desafiador e dinâmico.
L
Vagas de Emprego

Empresa abre vaga para Recepcionista em Porto Velho

A vaga, publicada em 10 de abril de 2024, oferece tempo integral e um ambiente dinâmico de trabalho.
L
Publicidade

POLÍTICA

Secom/Gov-RO

MPF emite parecer pela manutenção do mandato do Governador Marcos Rocha

Mesma tese – ausência de provas – foi alegado pelo MPF para afastar as demais irregularidades ventiladas no recurso do PL.
L
Valtinho Canuto na comunidade Bom Será: compromisso com soluções para as demandas locais

Valtinho Canuto na comunidade Bom Será: compromisso com soluções para as demandas locais

Na ocasião, o vereador se reuniu com líderes comunitários e moradores, que apresentaram diversas reivindicações.
L
Movimento liderado pela deputada Cristiane Lopes e a Sociedade Civil Organizada busca redução das passagens aéreas em Rondônia

Movimento liderado pela deputada Cristiane Lopes e a Sociedade Civil Organizada busca redução das passagens aéreas em Rondônia

Comissão denominada “Céus Abertos”, se reúne para impulsionar mudanças no setor de aviação na região Norte do Brasil.
L
Cláudia de Jesus realiza audiência pública sobre acesso público a medicamentos

Cláudia de Jesus realiza audiência pública sobre acesso público a medicamentos

Evento será na Assembleia Legislativa.
L

DER atende pedido da Dra. Taíssa e recupera ponte da linha do Tucano em União Bandeirantes

Parlamentar ressalta a importância da revitalização para os moradores e produtores rurais da região
L
Publicidade

POLÍCIA

Mulher é baleada no peito em residência na zona norte

Mulher é baleada no peito em residência na zona norte

As primeiras informações dão conta que após o disparo, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e socorreu a mulher as pressas ao Hospital João Paulo II.
16
Motociclista é preso com revólver na cintura na zona leste

Motociclista é preso com revólver na cintura na zona leste

Na revista pessoal foi localizado na cintura do suspeito um revólver calibre 38 municiado.
12

Suspeitos de participação em assassinato a facadas são presos pela Polícia Civil

A dupla presa foi apresentada na Delegacia de Candeias do Jamari.
12
Corpo de adolescente decapitado é encontrado pela PM na zona leste

Corpo de adolescente decapitado é encontrado pela PM na zona leste

Na ocasião, o jovem teve a cabeça arrancada e jogada em uma bolsa no portão de entrada do residencial Porto Madero 3, local onde morava o irmão de Mikael.
18
Homem é encontrado morto a golpes de facão em matagal

Homem é encontrado morto a golpes de facão em matagal

Informações apuradas pelo site dão conta que populares que passavam pelo local avistaram a vítima caída dentro de uma área de mata e acionaram a PM.
18
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rondônia inicia colheita de cacau com expectativa de aumento na safra

Rondônia inicia colheita de cacau com expectativa de aumento na safra

Durante o lançamento da colheita foram promovidas palestras sobre poda, nutrição, fermentação e secagem do cacau.
L
Tramas e Desconfianças em Renascer

Emoções à Flor da Pele em “Renascer”

Segredos Revelados e Relações Tensionadas
L
Milei oferece ajuda a Musk em conflito judicial da rede X no Brasil

Milei oferece ajuda a Musk em conflito judicial da rede X no Brasil

Presidente e empresário defenderam liberdade de expressão
L
Brasil debate preservação de oceanos em reunião do G20 em Brasília

Brasil debate preservação de oceanos em reunião do G20 em Brasília

Encontro nesta sexta reuniu delegados de 53 países
L
Dólar sobe para R$ 5,12 com inflação nos EUA e tensões geopolíticas

Dólar sobe para R$ 5,12 com inflação nos EUA e tensões geopolíticas

Bolsa cai 1,14% e atinge menor nível em quatro meses
L
Brasil tem 22 cursos entre os 50 melhores do mundo; veja o ranking

Brasil tem 22 cursos entre os 50 melhores do mundo; veja o ranking

Na USP, 44 cursos estão entre os 100 melhores do mundo, sendo que 16 estão entre os 50 melhores.
L
Justiça Federal nega novo pedido de transferência de Ronnie Lessa

Justiça Federal nega novo pedido de transferência de Ronnie Lessa

Acusado pela morte de Marielle está há cinco anos em presídio federal
L
Artista plástico autista brasileiro ilustra livro sobre autismo e faz sucesso no mundo

Artista plástico autista brasileiro ilustra livro sobre autismo e faz sucesso no mundo

Premiado no concurso Revista Creator 2022, durante sete dias teve suas obras divulgadas na publicação.
L
CNJ suspende norma que proíbe uso de cropped no STJ

CNJ suspende norma que proíbe uso de cropped no STJ

Medida foi aprovada em fevereiro e causou debates
L
Biden diz esperar ataque do Irã a Israel e alerta: “Não façam"

Biden diz esperar ataque do Irã a Israel e alerta: “Não façam”

Presidente dos EUA destacou compromisso em defender os israelenses
L