SEGUNDA-FEIRA, 26/02/2024

Taxa para uso da infraestrutura de operadoras divide teles e big techs

Anatel começa a discutir o assunto a partir de janeiro

Por Pedro Peduzzi - Repórter da Agência Brasil - Brasília - 44

Publicado em 

Taxa para uso da infraestrutura de operadoras divide teles e big techs
© Pixabay/Wikimedia

O Brasil testemunhará, nos próximos meses, uma queda de braço entre gigantes que prestam serviços relacionados à internet no país. De um lado, as chamadas big techs, grandes empresas de tecnologia e inovação que desenvolvem bens e oferecem serviços por meio da rede mundial de computadores. Do outro, as empresas de telecomunicações (teles), que fornecem toda a infraestrutura de internet para os lucros das big techs.Taxa para uso da infraestrutura de operadoras divide teles e big techs - News RondôniaTaxa para uso da infraestrutura de operadoras divide teles e big techs - News Rondônia

O centro da disputa tem dois nomes, mas é uma coisa apenas. As empresas provedoras de internet o chamam de fair share (divisão justa, em português). Já as big techs o chamam de network fee (taxa de rede). Ambos termos se referem à proposta apresentada pelas teles, de dividir os custos de manutenção da infraestrutura necessária à prestação do serviço de internet com as big techs, provedoras de boa parte do conteúdo que circula por essa infraestrutura.

Conexis

Representante do setor de telecomunicações e de conectividade, a Conexis Brasil Digital (antiga SindiTelebrasil) defende que os as big techs provedoras de conteúdo digital “também remunerem o uso massivo das redes de telecomunicações, para assegurar o crescimento do ecossistema da conectividade como um todo”.

De acordo com a Conexis, as big techs são responsáveis por mais de 82% do tráfego total nas redes móveis, sem que façam qualquer contribuição para melhorar a qualidade das redes. “Para o setor de telecomunicações, é essencial que se estabeleça a obrigatoriedade de uma justa contribuição dos provedores de conteúdo digital pelo uso das redes das empresas detentoras dessas infraestruturas de telecomunicações”, informou à Agência Brasil a entidade.

Ainda segundo a Conexis, o crescimento do uso das redes tem se mostrado “um desafio para os investimentos das operadoras”, e isso gera um aumento nos custos inversamente proporcional ao valor cobrado dos usuários.

“Enquanto o tráfego de internet no Brasil cresceu 62,7% na última década e, em cinco anos, a demanda por investimento nas redes subiu 50%, nos últimos cinco anos houve uma queda real de 9% nas receitas de telecomunicações, fruto de um mercado competitivo onde o preço acaba sendo um diferencial para a conquista dos clientes”, complementou.

A Conexis acrescenta que muitos dos serviços oferecidos pelos provedores de internet tiveram uma “rápida evolução”, e que isso acabou por criar um ambiente de concorrência desequilibrada entre as big techs e as empresas de telecomunicações, uma vez que estas precisam manter a infraestrutura com “massivo investimento”, enquanto as big techs, que são as grandes usuárias, não pagam pelo uso destas redes.

AIA

Diante dessa situação e da possibilidade de serem taxadas pelo uso da infraestrutura das operadoras de internet, gigantes das big techs (como Google, Meta, Netflix, Kwai, Mercado Livre e Amazon, bem como associações de emissoras de rádio e televisão, de empresas de inteligência artificial, de softwares e de telemedicina, entre outras) se juntaram e criaram uma entidade com o propósito único de evitar a nova taxa sugerida pelas empresas operadoras de telecomunicações: a Aliança pela Internet Aberta (AIA).

Para o cargo de presidente, a AIA escalou o ex-deputado pelo PSB do Rio de Janeiro Alexandre Molon, que tem feito o papel de porta-voz da entidade.

Durante o lançamento da Aliança, Molon disse que “o debate está invertido”, uma vez que as pessoas pagam pelo acesso à internet para ter acesso aos conteúdos ali disponibilizados. “Isso, portanto, não é problema, mas a razão de existência da internet”, argumentou.

Molon acrescenta que a infraestrutura usada para viabilizar o serviço de internet não é custeada pelas empresas de telecomunicações, e sim pelos consumidores que já pagam pelo serviço.

A Aliança defende mais transparência, por parte das teles, no sentido de identificar o real custo dessa infraestrutura para, a partir dele, ampliar o debate sobre o assunto. “Quanto se gasta para manter essa infraestrutura? As telecons precisam apresentar os dados de custos e gastos para manutenção dessa infraestrutura. Ao que parece, os números são muito positivos. É preciso identificar o real custo e debater em cima dele”, questionou.

Anatel

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou que pretende, no início de 2024, promover uma série de debates sobre a cobrança da nova taxa.

“A complexidade do tema nos leva a fazer uma tomada de subsídios. Nesse sentido, está prevista uma audiência sobre o tema em janeiro. Faremos análises de impacto para então encaminharmos visando à construção de propostas”, disse o presidente da Anatel, Carlos Baigorri, durante a cerimônia de lançamento da AIA.

“Faremos primeiro uma tomada de subsídios para identificação de problemas e, na sequência, a consulta pública”, acrescentou.

Impactos

Para Alessandro Molon, a taxa sugerida pelas teles pode impactar negativamente e de forma transversal os serviços de diversos setores, além de prejudicar a concorrência. Pode também afetar o acesso de usuários de regiões que não são atendidas pelos grandes provedores de internet – motivo pelo qual sua entidade conta com a participação de pequenos provedores de internet.

“Terá reflexos também no futuro da inclusão digital e na transformação digital no Brasil, bem como nos investimentos em inovação; na telemedicina e na saúde digital; nas startups; nas empresas nacionais de inteligência artificial; na cultura e no entretenimento”, complementou.

Gerente médico do Centro de Telemedicina do Einstein, Carlos Pedrotti explica que o setor de saúde usa cada vez mais a rede mundial de computadores para gerar, transmitir e armazenar dados. “É um serviço cada vez mais complexo. Na última década, a geração de dados tem crescido 36% ao ano. Há exames com mais de 20 mil imagens com resolução em 3D. Falamos de algo na ordem de terabytes para apenas um exame”, disse.

Segundo Pedrotti, a previsão é que, até 2028, de 10% a 30% dos dados que circularão pela internet estejam relacionados ao setor de saúde. “São números que aumentarão exponencialmente. Para otimizar custos, enviamos esses dados às nuvens”, acrescentou.

Inteligência artificial

Outro setor que deverá usar cada vez mais a internet para a prestação de serviços é o da inteligência artificial. “Ainda não é possível prevermos o quanto, mas a geração de conteúdo dos próximos anos será absurda. A inteligência artificial se baseia em uma imensa quantidade de dados, para trabalhar em cima deles, identificando modelos e padrões para as mais diversas áreas”, explica o presidente da Associação Brasileira de Inteligência Artificial, Valter Wolf.

A necessidade de garantir a segurança para transmissão e armazenamento dessa grande quantidade de dados tem levado diversas big techs a investir também em infraestrutura para armazenamento e transmissão de dados, sem a necessidade de uma nova taxa.

Molon, da AIA, diz que há casos de empresas que montaram estruturas próprias, “inclusive com a instalação de cabos submarinos, construção de data centers e CDNs [redes de entrega de conteúdo; servidores interconectados que aceleram o carregamento de um site]”.

Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Rondôncap sorteou no domingo, dia 25, um Onix Hatch, duas Honda POP, e mais 25 mil reais em prêmios

Confira quem faturou os prêmios da edição 186 do Rondôncap.
L

LEPECID E CRIOLINA: Trote perigoso resulta em hospitalização de estudantes em Cacoal

Os jovens acadêmicos foram expostos a tintas e agentes químicos nocivos, resultando em ferimentos oculares significativos.
10

Existe um alimento ideal para cada fase do pet

É muito importante escolher tamanhos e formatos adaptados para proporcionar uma experiência nutricional adequada
L
Você concorda com os gastos com a segurança dos ex-presidentes da República?

Você concorda com os gastos com a segurança dos ex-presidentes da República?

As medidas de segurança aos ex-presidentes da República ferem os princípios da igualdade, razoabilidade, impessoalidade e moralidade pública.
L

Se acontecer como previsto, multidão pacífica nas ruas de São Paulo, neste domingo, vai sacudir o Brasil

O evento deste domingo, caso aconteça, tende a ser gigantesco, como o foram pelo menos dois outros, também comandados pelo então Presidente da República, que ainda reúne multidões por onde passa, ao contrário daquele que venceu a eleição.
L
Publicidade
Publicidade

DESTAQUES NEWS

Educação e Economia em Alta: Como as Políticas de Marcos Rocha Estão Transformando Rondônia

Educação e Economia em Alta: como as políticas de Marcos Rocha estão transformando Rondônia

Os resultados que o Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional (Idep) tem entregado são uma mostra concreta disso.
L

Omoda 5 EV vai ampliar a oferta de veículos eletrificados no Brasil

Modelo terá versões elétrica e híbrida, com preço na faixa do Toyota Corolla Cross
L

Nocaute Relâmpago: Popó desmonta Bambam em menos de um minuto no Fight Music Show

A vibração tomou conta da Vibra São Paulo com uma vitória esmagadora de Popó sobre Bambam, encerrando o combate principal em apenas 36 segundos.
L
Revolucionando Negócios na Amazônia: A Estratégia Visionária da Porto Inoxx

Revolucionando Negócios na Amazônia: A estratégia visionária da Porto Inoxx

Em Entrevista ao PodCast Resenhas de Negócios Amazônicos, Gilberto Januário destaca o poder da cultura organizacional e do desenvolvimento de talentos.
L

Investimentos na Educação é destacado pelo Governo de Rondônia em solenidade com participação do ministro do STF

O Governador de Rondônia, Marcos Rocha destacou que, a preocupação do Governo do Estado em investir estrategicamente na Educação tem gerado resultados significativos à sociedade.
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

Vaga de Empregos

CLC Impressões está contratando Auxiliar Administrativo em Porto Velho

Se você é uma pessoa organizada, proativa e com habilidades em administração, esta pode ser a oportunidade perfeita para você ingressar em uma empresa sólida e em constante crescimento
L
Vagas de Emprego

Prime Hambúrgueria está contratando Chapeiro(a) em Porto Velho

Se você é apaixonado por gastronomia, tem experiência na área e deseja fazer parte de uma equipe dedicada, esta pode ser a oportunidade que você estava esperando
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

MTF ENGENHARIA abre oportunidade para Ajudante de Obras em Porto Velho

Se você é uma pessoa proativa, ágil e busca uma oportunidade para contribuir com o desenvolvimento de projetos de grande impacto na região, esta pode ser a sua chance
L
Vagas de Emprego

MTF ENGENHARIA oferece vaga para Encarregado de Obras em Porto Velho

Se você é um profissional qualificado, proativo e busca uma oportunidade para liderar equipes e contribuir para o sucesso de projetos de construção, esta pode ser a sua chance
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Empresa Veloz está em busca de Tecnólogo em Design Gráfico em Porto Velho

Se você é criativo, talentoso e apaixonado por design, esta pode ser a oportunidade perfeita para você fazer parte de uma equipe inspiradora
L
Publicidade

POLÍTICA

Governador Marcos Rocha destaca fortalecimento da Educação de RO com investimentos estratégicos e valorização dos profissionais do setor

Governador Marcos Rocha destaca fortalecimento da Educação de RO com investimentos estratégicos e valorização dos profissionais do setor

Somente em 2023, mais de R$ 2,7 bilhões foram investidos na Rede Pública Estadual de Ensino. Os recursos garantiram melhorias significativas na infraestrutura das mais de 230 unidades escolares.
L
Ieda Chaves celebra medidas de emergência em meio à estiagem em Porto Velho

Ieda Chaves celebra medidas de emergência em meio à estiagem em Porto Velho

Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil publicou Portaria e recursos devem ser liberados.
L
Cláudia de Jesus solicita do governo estadual recapeamento na RO-472 em Ji-Paraná

Cláudia de Jesus solicita do governo estadual recapeamento na RO-472 em Ji-Paraná

Na Linha 94 existem muitos buracos e falta de iluminação.
L
Deputado Marcelo Cruz prestigia visita do ministro Edson Fachin a Rondônia

Deputado Marcelo Cruz prestigia visita do ministro Edson Fachin a Rondônia

Parlamentar realizou a entrega de maquete da Assembleia ao ministro.
L
Deputado Alan Queiroz fortalece cooperação entre Assembleias Estaduais em encontro com presidente da Unale

Deputado Alan Queiroz fortalece cooperação entre Assembleias Estaduais em encontro com presidente da Unale

Reunião destaca compromisso com o progresso e bem-estar da população estadual.
L
Publicidade

POLÍCIA

Homem é atacado a tiros em distribuidora na zona leste de Porto Velho

O rapaz foi socorrido às pressas ao Hospital João Paulo II por uma equipe do SAMU.
16

Motorista foge após atropelar e matar pedestre na zona sul de Porto Velho

Equipes da perícia e rabecão foram acionadas, assim como a PRF.
18

Colisão entre táxi e S10 deixa quatro feridos no centro de Porto Velho

O local é sinalizado por semáforo. Devido à forte batida, o táxi, que era ocupado pelo motorista e três passageiras, foi parar na calçada, deixando todos lesionados.
14

URGENTE: Homem é morto a tiros por dupla em moto na zona leste de Porto Velho

Uma equipe do Corpo de Bombeiros passou pelo local e fez a constatação do óbito; no entanto, a PM isolou o local e solicitou o Samu para os procedimentos de praxe.
18
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

SEQUESTRO: Funcionário dos Correios é mantido refém e tem carro roubado em Porto Velho

Bandido é recebido a tiros durante tentativa de roubo em supermercado na zona leste de Porto Velho

O vigilante de 36 anos contou que viu quando o indivíduo pulou a grade e tentava invadir o supermercado.
10
SEQUESTRO: Funcionário dos Correios é mantido refém e tem carro roubado em Porto Velho

FRIEZA: Vulgo “Gaguinho” é morto com tiro a queima roupa em frente de hotel

Tomado pelo pânico, o proprietário refugiou-se no interior do hotel, momento no qual ouviu-se o som de mais dois disparos, antecedendo a fuga do agressor.
10
SEQUESTRO: Funcionário dos Correios é mantido refém e tem carro roubado em Porto Velho

REAGIU: Filho ataca pai com faca durante discussão de casal

O rapaz contou que foi até a casa da ex-mulher e, depois de algumas horas, tiveram uma discussão.
10

92 Anos de conquista: A Força do Voto Feminino e a incrível jornada de Almerinda Farias Gama, a ativista alagoana que mudou a história

Neste sábado (24/2), quando se completam 92 anos da garantia do voto feminino, os passos que foram invisibilizados dessa sufragista negra, feminista e nordestina refletem a necessidade de reconhecimento e revisão histórica como inspiração para o país.
L

Idep realiza formatura do Curso Técnico em Enfermagem, em São Francisco do Guaporé

Com carga horária de mil e seiscentas aulas divididas em dezoito unidades curriculares, o Curso Técnico em Enfermagem do Idep habilita profissionais com domínio técnico-científico, visão crítica, atitude empreendedora, sustentável e colaborativa com foco em resultados.
L
DISTRIBUIDOR: Vulgo "Bufa Gala" é preso fazendo entregas de drogas na zona leste

DISTRIBUIDOR: Vulgo “Bufa Gala” é preso fazendo entregas de drogas na zona leste

Policiais do 5° Batalhão prendem distribuidor de drogas após perseguição e descobrem arsenal em residência no Morar Melhor.
14
NA CABEÇA: Homem é atacado a pauladas por desafeto no Aponiã

NA CABEÇA: Homem é atacado a pauladas por desafeto no Aponiã

Uma equipe do Samu esteve no local e depois de prestar os primeiros socorros encaminhou a vítima para a UPA leste
14
Saiba como o FGTS Futuro contribuirá para compra da casa própria

Saiba como o FGTS Futuro contribuirá para compra da casa própria

Depósitos futuros podem reduzir prestação do Minha Casa, Minha Vida.
L
Pesquisa: 70% dos ucranianos querem seguir lutando contra a Rússia

Pesquisa: 70% dos ucranianos querem seguir lutando contra a Rússia

Entrevistados têm mais de 18 anos.
L