TERÇA-FEIRA, 16/04/2024

CORONAVÍRUS: TESTE DE VACINA DE OXFORD CONTRA COVID-19 CONTARÁ COM DOIS MIL VOLUNTÁRIOS BRASILEIROS

Aplicação começa em junho no Brasil, agora considerado epicentro da pandemia. Grupo já tinha relatado ao G1 um dilema: queda de casos no Reino Unido poderia exigir mais tempo para obter eventual prova de que a fórmula funciona.

Publicado em 

CORONAVÍRUS: TESTE DE VACINA DE OXFORD CONTRA COVID-19 CONTARÁ COM DOIS MIL VOLUNTÁRIOS BRASILEIROS - News Rondônia

Dois mil brasileiros participarão dos testes para vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford. A estratégia faz parte de um plano de desenvolvimento global, e o Brasil será o primeiro país fora do Reino Unido a começar a testar a eficácia da imunização contra o Sars-CoV-2.

CORONAVÍRUS: TESTE DE VACINA DE OXFORD CONTRA COVID-19 CONTARÁ COM DOIS MIL VOLUNTÁRIOS BRASILEIROS - News Rondônia

Os testes serão conduzidos no Rio de Janeiro e em São Paulo. Em São Paulo, os testes em mil voluntários serão conduzidos pelo Centro de Referência para Imunológicos Especiais (Crie) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), com financiamento da Fundação Lemann. No Rio de Janeiro, os testes em outros mil voluntários serão feitos pela Rede D’Or São Luiz, com custo de cerca de R$ 5 milhões bancados pela Rede e sob coordenação do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino.

Dilema da prova de eficácia

Em entrevista exclusiva na quinta-feira (28), a cientista brasileira Daniela Ferreira, que participa do projeto, já tinha adiantado ao G1 o dilema da prova de eficácia: os responsáveis pela pesquisa em Oxford viam com preocupação o impacto da diminuição da curva de casos no Reino Unido na pesquisa (veja o vídeo abaixo). Já naquela época o grupo se organizava para ampliar os testes em uma região com altas taxas de circulação do Sars-Cov-2 para poder acelerar a comprovação da possível eficácia da vacina.

"É uma situação um pouco bizarra, porque você quer que o coronavírus desapareça, não quer que as infecções continuem", diz a chefe do departamento de ciências clínicas da Escola de Medicina Tropical de Liverpool. Para provar mais rapidamente se a fórmula é eficaz, é preciso que os voluntários tenham contato com o vírus e, atualmente, o Brasil é considerado o epicentro da pandemia.

"Um dos fatores limitantes de tudo isso é se a gente vai continuar a ter, nos países em que as vacinas estão sendo testadas, um número de infecção que permite que você teste essa vacina rapidamente", explicou Daniela Ferreira.

Aprovado pela Anvisa

Para ser conduzido no Brasil, o procedimento foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com o apoio do Ministério da Saúde. Os voluntários serão pessoas na linha de frente do combate ao coronavírus, com uma chance maior de exposição ao Sars-CoV-2. Eles também não podem ter sido infectados em outra ocasião. Os resultados serão importantes para conhecer a segurança da vacina.

Testes já começaram no Reino Unido

Com a previsão otimista de ficar pronta ainda em 2020, a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford ofereceu proteção em um estudo pequeno com seis macacos, resultado que levou ao início de testes em humanos no final de abril.

Em humanos, os testes têm apenas 50% de chance de sucesso. Adrian Hill, diretor do Jenner Institute de Oxford, que se associou à farmacêutica AstraZeneca para desenvolver a vacina, disse que os resultados da fase atual, envolvendo milhares de voluntários, podem não garantir que a imunização seja eficaz e pede cautela.

A vacina já está sendo aplicada em 10 mil voluntários no Reino Unido. A dificuldade para provar a possível eficácia está no fato de os cientistas dependerem da continuidade da circulação do vírus entre a população para que os voluntários sejam expostos ao coronavírus Sars-Cov-2.

Outras vacinas em andamento

Relatório publicado no site da Organização Mundial de Saúde (OMS) com dados até esta terça-feira (2) mostra que estão em desenvolvimento pelo menos 133 candidatas a vacina, sendo que dez delas estão na fase clínica, ou seja, sendo testadas em humanos.

Embora os estudos avancem em todo o planeta, muitos especialistas acreditam que a vacina não estará disponível em 2020. Projeções otimistas falam num prazo de 12 a 18 meses, que já seria recorde. A vacina mais rápida já criada, a da caxumba, levou pelo menos quatro anos para ficar pronta.

Outra hipótese contra a qual todos os pesquisadores lutam é a de que uma vacina efetiva e segura nunca seja encontrada. O vírus do HIV, que causa a Aids, é conhecido há cerca de 30 anos, mas suas constantes mutações nunca permitiram uma vacina.

"Está todo mundo muito otimista, mas estudo de vacina é algo muito complicado. A maioria deles para na fase 3, de testes clínicos, pelos problemas que aparecem. É importante discutir essa possibilidade [de não se ter uma vacina]", admite Álvaro Furtado Costa, médico infectologista do HC-FMUSP.

Gustavo Cabral, imunologista que lidera um estudo na USP e no Incor concorda: “A vacina é o melhor caminho profilático [preventivo], mas não é o único caminho, há também os tratamentos. Para o HIV não há vacina e as pessoas que têm o vírus podem ter uma vida normal. Sabemos que aproximadamente 80% das pessoas infectadas com o Sars-CoV-2 não desenvolvem a Covid-19 ou têm sintomas leves. O problema são os outros 20% e o risco de fatalidade, hoje de 6%. Mas há centenas de estudos sobre medicamentos neste momento”, disse.

A busca pela vacina

Para chegar a uma vacina efetiva, os pesquisadores precisam percorrer diversas etapas para testar segurança e resposta imune. Primeiro há uma fase exploratória, com pesquisa e identificação de moléculas promissoras (antígenos). O segundo momento é de fase pré-clínica, em que ocorre a validação da vacina em organismos vivos, usando animais (ratos, por exemplo). Só então é chegada à fase clínica, em humanos, em três fases de testes:

Fase 1: avaliação preliminar com poucos voluntários adultos monitorados de perto;

Fase 2: testes em centenas de participantes que indicam informações sobre doses e horários que serão usados na fase 3. Pacientes são escolhidos de forma randomizada (aleatória) e são bem controlados;

Fase 3: ensaio em larga escala (com milhares de indivíduos) que precisa fornecer uma avaliação definitiva da eficácia/segurança e prever eventos adversos; só então há um registro sanitário.

Depois disso, as agências reguladoras precisam aprovar o produto, liberar a produção e distribuição. Das dez vacinas em testes em fase clínica, algumas aparecem em estágio mais avançado, como a desenvolvida por Oxford, em fase 3.

A vacina do Reino Unido é produzida a partir de um vírus (ChAdOx1), que é uma versão enfraquecida de um adenovírus que causa resfriado em chimpanzés. A esse imunizante foi adicionado material genético usado para produzir a proteína Spike do SARS-Cov-2 (que ele usa para invadir as células), induzindo a criação de anticorpos.

A empresa AstraZeneca já fechou com EUA e Reino Unido para cuidar da produção em escala mundial. O CEO da farmacêutica disse à rede britânica BBC, neste domingo (31), que a população pode ter acesso a 100 milhões de doses da vacina já em setembro.

"De forma prática: é possível que uma vacina fique disponível em cerca de 18 meses por causa do investimento no mundo inteiro. O mundo parou. Mas eu diria que é impossível até setembro", opina o brasileiro Gustavo Cabral.

Álvaro Furtado Costa também recomenda cautela com anúncios muito otimistas sobre vacinas. Ele acredita que não se pode desprezar, por exemplo, que uma novidade nesse campo impulsiona as ações da empresa que a anuncia.

“Quando se começa um estudo de vacina, a fase 1 tem resultados bem preliminares e rápidos, para começar a avaliar se é segura, se não tem grandes efeitos adversos, mas você testa pouca gente. Nas fases 2 e 3, você testa 10 mil, 20 mil pessoas – isso é mais demorado. Aí, você vê se realmente protege. O mundo testou vacinas de HIV que chegaram à fase 3, e ,aí, falharam. É preciso ter calma”, disse Costa.

As iniciativas brasileiras

Duas pesquisas feitas no Brasil aparecem na fase pré-clínica no relatório da OMS.

Um dos projetos é liderado por cientistas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e pelo Laboratório de Imunologia do Instituto do Coração (Incor). A pesquisa é financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Pesquisador responsável pelo estudo, Gustavo Cabral é imunologista pela USP e pós-doutor pela Universidade Oxford e na Universidade de Berna, na Suíça. Seu grupo trabalha com plataforma de vacina baseada em partículas semelhantes ao vírus (VLP, em inglês). Já há testes com animais.

"Quando um vírus entra nosso corpo, o sistema imunológico ataca. Não queremos utilizar o vírus, queremos usar partículas semelhantes ao vírus. Fizemos com chikungunya, Streptococcus e, agora, Covid-19", explicou o pesquisador.

"Essas partículas são apenas uma base que estimula o sistema imunológico. Nele, a gente coloca alguns pedaços do coronavírus, fragmentos proteicos ou proteína inteira, dando estímulo ao sistema imunológico para produzir anticorpo."

Vacina contra o coronavírus é meta de pesquisa executada por cientistas da USP e do Incor

Também em fase pré-clínica está uma vacina pesquisada pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Vacinas (INCTV), que tem base técnica elaborada pelo Grupo de Imunologia de Doenças Virais da Fundação Oswaldo Cruz-MG.

"Nossa técnica consiste em usar o vírus da influenza como vetor vacinal. Como se trata de um vírus defectivo para a multiplicação, ele não causa a doença, mas gera produção de anticorpos. Com esse processo, uma das possibilidades é desenvolver uma vacina bivalente, que possa ser usada contra influenza e contra o coronavírus", explica o pesquisador Ricardo Gazzinelli, líder do Grupo de Imunopatologia da Fiocruz Minas e coordenador do INCTV.

Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Salário- Maternidade: DPU presta assistência jurídica gratuita a quem tem benefício negado e não pode pagar advogado

Salário- Maternidade: DPU presta assistência jurídica gratuita a quem tem benefício negado e não pode pagar advogado

Benefício é pedido diretamente ao INSS, sem intermediários; DPU pode atender cidadãos com renda familiar de até R$ 2 mil.
L
Lula manteve linhas básicas da restrição à saidinha, diz Lewandowski

Lula manteve linhas básicas da restrição à saidinha, diz Lewandowski

Ministro compareceu à Comissão de Segurança Pública da Câmara
L

Alegria e Solidariedade: Bloco de Carnaval fora de época Jogo das Cachorras

Entrevista com Reisso Soeiro sobre as ações sociais para arrecadar fundos e impactar mais famílias em situação de vulnerabilidade.
L

Marco Lagos prega a Sustentabilidade como uma das resoluções para os problemas ambientais na Amazônia

De pronto, uma Câmara Setorial no 27° Fórum de Governadores da Amazônia Legal, realizada em Rio Branco, capital do Acre, na semana passada, tratou dessa temática.
L
Correios anunciam cargos de nível médio e superior em concurso público

Correios anunciam cargos de nível médio e superior em concurso público

Editais serão divulgados em setembro
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

PF RO combate tráfico interestadual de drogas no aeroporto da capital

PF RO combate tráfico interestadual de drogas no aeroporto da capital

Uma mulher foi presa em flagrante com aproximadamente 7 quilos de skunk na bagagem.
10

Programa Comunidade News entrevista: Josemar Araújo

Não perca a entrevista exclusiva com Josemar, da Associação do Bairro Flodoaldo Pontes Pinto.
L

ALERTA LARANJA: Defesa Civil Municipal alerta para risco de chuvas intensas nesta terça-feira (16), em Porto Velho

Capital está sob Alerta Laranja do Inmet e orientação é que as pessoas adotem medidas preventivas
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Farmácia Preço Baixo abre vaga para Operador de Caixa em Porto Velho

A vaga, divulgada em 16 de abril de 2024, oferece oportunidade de trabalho em tempo integral, mas não especifica o salário.
L
Vagas de Emprego

Oportunidade de Emprego: Seven busca Vendedores Externos para atuação em Porto Velho

Os Vendedores Externos serão responsáveis por comercializar produtos e serviços diretamente em residências e escritórios.
L
Vagas de Emprego

Oportunidade de emprego: Empresa busca Pizzaiolo para integrar equipe em Porto Velho

A Empresa está com uma vaga aberta para Pizzaiolo em tempo integral, com atuação na cidade de Porto Velho.
L
Vaga de Empregos

Oportunidade de emprego: Regenere busca Depiladoras para integrar equipe em Porto Velho

Com dois postos disponíveis em tempo integral, a empresa busca profissionais qualificados e comprometidos para integrar sua equipe em Porto Velho.
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Empresa oferece vaga para Atendente de Delivery em Porto Velho

A vaga, publicada em 16 de abril de 2024, destina-se a profissionais que buscam uma colocação em tempo integral no setor de vendas e atendimento ao cliente.
L
Publicidade

POLÍTICA

Cláudia de Jesus defende avanços nas políticas de acesso a medicamentos em Rondônia

Cláudia de Jesus defende avanços nas políticas de acesso a medicamentos em Rondônia

Audiência pública aconteceu na Assembleia Legislativa.
L

Deputado Edevaldo Neves promove rodeio com estrutura inédita em Nova Mamoré

O evento está agendado para ocorrer de 17 a 21 de abril, oferecendo uma programação repleta de atividades emocionantes.
L

Deputada Sílvia Cristina participa do 1° Fórum Nacional Para Debater a Emancipação de Distritos no Brasil

Parlamentar defendeu a emancipação de distritos, como forma de assegurar direitos dos moradores
L

Deputado Marcelo Cruz defende emancipação do distrito de Extrema

Parlamentar participou de evento na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).
L

Dra. Taíssa destina emenda de R$ 100 mil para Associação dos Produtores Rurais da Linha do Pavão

Recurso será utilizado para aquisição de produtos agrícolas e impulsionará desenvolvimento local.
L
Publicidade

POLÍCIA

Vectra bate em carro de som e motorista sofre lesão na cabeça

[ATUALIZADA] Vectra bate em carro de som e motorista sofre lesão na cabeça – vídeo

Devido a forte batida o motorista do Vectra sofreu uma lesão na cabeça e foi socorrido em um carro particular para a UPA leste, já os demais não ficaram feridos.
14

ATUALIZADA: Morador de rua é atacado a golpes de facão no centro da capital

As primeiras informações dão conta de que as agressões ocorreram durante uma briga, onde o suspeito fugiu logo em seguida.
16
Foragido diz que caminhonete roubada “apareceu do nada” na garagem dele

Foragido diz que caminhonete roubada “apareceu do nada” na garagem dele

Na pesquisa foi verificado um mandado de prisão em aberto em desfavor do suspeito e restrição de roubo no veículo.
12
Acidente com ônibus escolar deixa duas crianças feridas em Vale do Anari

Acidente com ônibus escolar deixa duas crianças feridas em Vale do Anari

O incidente resultou em duas crianças feridas, uma com um corte na boca e outra com um corte no supercílio.
10
Carreta bate na traseira de Jeep na BR 364 e deixa idosa presa às ferragens

Carreta bate na traseira de Jeep na BR 364 e deixa idosa presa às ferragens

A carreta só conseguiu parar a cerca de 50 metros à frente.
16
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Israel continua impondo restrições "ilegais" à ajuda em Gaza, diz ONU

Israel continua impondo restrições “ilegais” à ajuda em Gaza, diz ONU

Israel e EUA afirmam que fluxo de ajuda aumentou nos últimos
L
Tocha olímpica Paris 2024 é acesa na Grécia, com início do revezamento

Tocha olímpica Paris 2024 é acesa na Grécia, com início do revezamento

Chama será entregue à organização do Jogos em 26 de abril em Atenas
L
Ataque israelense no Líbano mata 3, incluindo comandante do Hezbollah

Ataque israelense no Líbano mata 3, incluindo comandante do Hezbollah

Hezbollah e Israel têm trocado tiros paralelamente à guerra de Gaza
L
Triagens da Justiça Rápida Itinerante na Zona Leste de Porto Velho serão dias 20 e 21 de abril

Triagens da Justiça Rápida Itinerante na Zona Leste de Porto Velho serão dias 20 e 21 de abril

Atendimento para seleção dos casos será nas escolas Flora Calheiros e Jorge Teixeira
L
2º Cine RO - Festival de Cinema de Rondônia recebeu 1701 inscrições de filmes provenientes de 83 países

2º Cine RO – Festival de Cinema de Rondônia recebeu 1701 inscrições de filmes provenientes de 83 países

Dos 1701 filmes inscritos, 864 são de cineastas brasileiros, com destaque para o estado de São Paulo, que enviou 152 obras. Dos estado anfitrião, Rondônia, foram inscritos 16 filmes.
L
MPRO obtém condenação de ex-Gerente-Regional da SEJUS por corrupção

MPRO obtém condenação de ex-Gerente-Regional da SEJUS por corrupção

O acusado foi denunciado por corrupção passiva, por conceder regalias a um apenado em troca de vantagens indevidas.
L
Brasileiro cria peneira ecológica e reduz lixo de praias

Brasileiro cria peneira ecológica e reduz lixo de praias

Usar a peneira ecológica é simples e pode causar um grande impacto positivo no meio ambiente.
L

Em evento, MP aborda olhar multissetorial de Programas de Integridade, ampliando aplicação a áreas sociais que extrapolam combate à corrupção

Na ocasião, foi abordado o olhar multissetorial do conceito de integridade, enfatizando sua aplicação a áreas sociais que extrapolam o combate à corrupção, como meio ambiente, infância e violência doméstica.
L

Recebimento da Licença Ambiental: MANASSES DE S. DE M. CARRILHO

Licença Ambiental de Operação – LAO nº 452/DLA
L

Inscrições para o 3º Concurso de Qualidade de Queijos podem ser efetuadas até dia 3 de maio

Serão avaliadas diferentes categorias, tais como: mussarela, provolone e coalho
L