SÁBADO, 25/05/2024

L

Mundo

Referendo aprofunda militarização e controle dos EUA sobre Equador

Avaliação é de especialistas entrevistados pela Agência Brasil

Por Lucas Pordeus León - Repórter da Agência Brasil - 20

Publicado em 

Referendo aprofunda militarização e controle dos EUA sobre Equador
REUTERS/Karen Toro
O referendo realizado no Equador no domingo (21) aumenta a militarização da sociedade, permite maior controle dos Estados Unidos sobre a política interna do país, além de não abordar os temas fundamentais para o combate ao narcotráfico: o sistema financeiro e o setor exportador equatoriano. Essa é a avaliação da socióloga equatoriana Irene León, diretora da Fundação de Estudos, Ação e Participação Social do Equador (Fedaeps).

Além de concordar com o aumento da militarização do país, o antropólogo Salvador Schavelzon, professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e especialista em política na América Latina, acrescentou que o referendo é parte de uma estratégia do presidente Daniel Noboa de consolidar um modelo político semelhante ao do presidente de El Salvador, Nayib Bukele.

Para Schavelzon, Noboa e o referendo deslocam a discussão dos problemas econômicos e sociais do Equador para uma pauta de combate à criminalidade e à corrupção, modelo esse que vem sendo copiado em outros países latino-americanos.

O atual presidente equatoriano convocou o referendo após uma onda de violência colocar o país nas manchetes mundiais, em janeiro deste ano, com grupos criminosos promovendo sequestros, explosões e até a invasão de um telejornal ao vivo. As medidas aprovadas na consulta popular ainda precisam passar pelo Legislativo.

A socióloga Irene León argumentou que as mudanças propostas pelo governo de Daniel Noboa são mais midiáticas que efetivas, pois a legislação atual do Equador permite combater a criminalidade. Para ela, o resultado principal da consulta é a maior militarização da sociedade.

“As perguntas que foram colocadas amplificam essa possibilidade de que os militares possam atuar sem responsabilidade frente às leis do país. Amplia a capacidade deles também de atuação em questões que são civis”, destacou.

Entre as perguntas em que o “sim” venceu, estão as que permitem que as Forças Armadas atuem como força complementar às políticas no combate à criminalidade e que os militares façam o controle das vias de acesso aos presídios do país.

O governo de Daniel Noboa defende que as medidas da consulta popular são necessárias para aumentar a segurança do país, combater o narcotráfico e a impunidade. Para o governo, o endurecimento das regras contra o crime organizado é o que vai permitir reduzir os alarmantes índices de violência que o Equador tem experimentado nos últimos anos. Após a última crise de segurança, em janeiro, o governo enquadrou os grupos criminosos como terroristas.

Controle dos EUA

A socióloga Irene León destacou que a militarização aprofundada pelo referendo prejudica a soberania equatoriana, uma vez que acordos militares firmados com os Estados Unidos dariam a Washington poder sobre o país sul-americano.

“Porque está ligada a acordos internacionais que os governos, especialmente o último, vêm fazendo com os Estados Unidos. Esses acordos dão aos Estados Unidos o direito de controlar a terra, o mar, o ar, o ciberespaço, e mesmo de ter tropas no Equador com o status diplomático, e regidas pelo status político do governo dos Estados Unidos”, completou.

Em 15 de fevereiro de 2024, o presidente Noboa ratificou dois acordos militares com os EUA, que tinham sido construídos pelo governo anterior de Guillermo Lasso. As parcerias permitem operações conjuntas entre os dois países para combater atividades ilegais, como narcotráfico, mas o governo não publicou o conteúdo dos acordos, segundo informações da Reuters.

“A cada dia é muito visível a presença militar estadunidense, e de Israel também, para diferentes categorias que têm a ver com a sociedade, a política, e não com o argumento que eles têm da segurança contra a delinquência e a luta contra o narcotráfico”, afirmou.

Para Irene, há uma estratégia de se usar o Equador como centro de controle dos Estados Unidos. “Até onde nós conhecemos, esta lei [dos EUA] e outros acordos militares de segurança que têm sido desenvolvidos com o Equador têm o propósito de fazer do país um centro de controle para o hemisfério das Américas e a zona do Pacífico”, afirmou.

Neoliberalismo e segurança

O professor Salvador Schavelzon lembrou que o Equador teve grandes mobilizações populares em 2019 e em 2021 que pautaram os problemas sociais e econômicos do país, com críticas ao modelo neoliberal de máxima liberdade para empresas e mínima intervenção do Estado. Para o antropólogo, a crise na segurança, que é real, permitiu deslocar a agenda social e econômica para a de segurança.

“Essas agendas sociais, críticas dos efeitos do neoliberalismo, foram ficando de fora no Equador já na última eleição, inclusive com o assassinato de um candidato. Duas eleições atrás, em 2021, foram predominantes as pautas da riqueza nacional, do extrativismo, da defesa das florestas, da questão indígena e da questão social”, destacou o antropólogo.

Schavelson acrescentou que a pauta da segurança, com imagens de militares, policiais e prisões, tem um eficaz apelo midiático. “São as forças políticas eleitas democraticamente as que pautam essas reformas com apoio popular e vão criando um modelo mais militarizado, com precarização do trabalho e encarcerador”, acrescentou.

Outra pauta prioritária do atual governo destacada pelo especialista é do combate à corrupção, que também rende frutos midiáticos. A corrupção, inclusive, foi uma justificativa usada pelo governo Noboa para invadir a Embaixada do México em Quito e prender o ex-vice-presidente do país Jorge Glas. A medida foi duramente criticada por diversos países, como o Brasil.

Finanças e exportações

A socióloga Irene León questionou ainda a efetividade das medidas de segurança aprovadas no referendo por elas não abordarem o sistema financeiro nem o setor exportador.

“Os atores do crime organizado não foram tocados. É tocada a população de jovens pobres, empobrecidos, mas não o capital financeiro, que é um dos principais atores do fluxo dos capitais ilícitos. A banca onde se lava o dinheiro do narcotráfico não sofreu qualquer medida”, observou.

Isso também ocorre com o setor exportador, segundo a socióloga. Irene lembrou que o Equador não é grande produtor de droga, ao contrário dos seus vizinhos Peru e Colômbia, e que o país apenas serve como corredor exportador dos entorpecentes.

“Seria importante ter transparência sobre as exportações para que o país saiba se as exportações de suas corporações estão limpas, mas não tem acontecido isso”, disse ela.

Publicidade
Publicidade
ELEIÇÕES
Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Servidores europeus criticam apatia da UE diante da situação palestina

Servidores europeus criticam apatia da UE diante da situação palestina

Carta chamada Não em Nosso Nome foi entregue a dirigentes
L
Corte internacional ordena que Israel interrompa ofensiva em Rafah

Corte internacional ordena que Israel interrompa ofensiva em Rafah

Ordem foi adotada por um painel de 15 juízes de todo o mundo
L
ONG relata torturas, execuções e prisões arbitrárias no Equador

ONG relata torturas, execuções e prisões arbitrárias no Equador

Human Rights Watch enviou carta ao presidente Daniel Noboa
L
Irã descarta indícios de crime em queda de helicóptero que matou Raisi

Irã descarta indícios de crime em queda de helicóptero que matou Raisi

Relatório diz que não foram encontrados sinais de tiros nos destroços
L
Conflito em Gaza: relembre propostas do Brasil para fim da guerra

Conflito em Gaza: relembre propostas do Brasil para fim da guerra

Corpo de terceira vítima brasileira foi encontrado por Israel
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

RondoLEITE demonstra desenvolvimento da cadeia produtiva do leite em Rondônia durante a Rondônia Rural Show

RondoLEITE demonstra desenvolvimento da cadeia produtiva do leite em Rondônia durante a Rondônia Rural Show

A RondoLEITE trouxe mais de 200 animais à exposição, incluindo ovinos, caprinos, equinos e bovinos das raças de produção de leite e carne.
L

GREVE NA UNIR: evasão já é tratada com temor na universidade

Docentes rejeitaram a proposta do governo federal e mantêm a greve.
L
Prefeitura auxilia expositores porto-velhenses na 11ª edição da Rondônia Rural Show

Prefeitura auxilia expositores porto-velhenses na 11ª edição da Rondônia Rural Show

Transporte de mercadorias da capital até Ji-Paraná garantiu que os produtos chegassem à feira de forma rápida e segura.
L
SUS terá R$ 887 milhões para aumentar acesso a cuidados paliativos

SUS terá R$ 887 milhões para aumentar acesso a cuidados paliativos

Governo anuncia estratégia para levar atendimento a todo o Brasil
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Local de prova do concurso da Caixa está disponível para os candidatos

Local de prova do concurso da Caixa está disponível para os candidatos

Exame será aplicado no próximo domingo
L

ENEM DOS CONCURSOS: Divulgada nova data do Concurso Nacional Unificado: 18 de agosto

A prova reúne mais de 2,1 milhões de candidatos e oferece 6.640 vagas para 21 órgãos da administração pública federal
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Concurso Unificado será no dia 18 de agosto, confirma Ministério da Gestão

Concurso Unificado será no dia 18 de agosto, confirma Ministério da Gestão

A prova será realizada dia 18 de agosto. Todos os cadernos de prova estão preservados e em segurança
L
Publicidade

POLÍTICA

Vereador Valtinho Canuto destaca ações e projetos em São Carlos e Porto Velho

Vereador Valtinho Canuto destaca ações e projetos em São Carlos e Porto Velho

Dentre as iniciativas, ele destacou a manutenção paliativa em estradas vicinais, a modernização da iluminação em campos de futebol e a importância das parcerias entre diferentes entidades para o progresso das comunidades.
L

Parlamentares aprovam PLC que reajusta salários dos servidores do MPRO em 5%

Aprovação ocorreu na sessão itinerante realizada nesta quinta-feira, 23.
L

Alero aprova mais de R$ 270 milhões em projetos de lei na Rondônia Rural Show Internacional

Investimento foi assegurado para reforçar o atendimento dos órgãos governamentais.
L

JAIME BAGATTOLI: 11ª Rondônia Rural Show Internacional mostra força do setor produtivo de Rondônia

Parlamentar destacou investimentos e respeito ao meio ambiente
L

CORONEL CHRISOSTOMO: Desgoverno do PT agora avalia VETAR taxação federal de compras internacionais até US$ 50.

Cobrança do imposto de importação foi incluída no PL – Mover
L
Publicidade

POLÍCIA

URGENTE: Vila de apartamentos é atingida por incêndio no centro

URGENTE: Vila de apartamentos é atingida por incêndio no centro

Pelos menos três apartamentos foram atingidos pelo fogo que destruiu os imóveis.
10
Homem é encontrado morto a facada no Cristal da Calama

Lavador de carros é morto a facada no Cristal da Calama

Segundo as primeiras informações, moradores do local quando saíram de casa se depararam com o rapaz caído na calçada e acionaram a PM e Samu.
18
Polícia Federal deflagra 27ª fase da Operação Lesa Pátria

Polícia Federal deflagra 27ª fase da Operação Lesa Pátria

Apura-se que os valores dos danos causados ao patrimônio público possam chegar à cifra de R$ 40 quarenta milhões.
10
PF combate crimes ambientais na Terra Indígena Roosevelt e no Parque Aripuanã

PF combate crimes ambientais na Terra Indígena Roosevelt e no Parque Aripuanã

Foram inutilizados diversos maquinários usados na extração criminosa de madeira e de minério no interior das reservas indígenas
10
PF deflagra a Operação Vant contra peculato-furto em RO

PF deflagra a Operação Vant contra peculato-furto em RO

Ação objetiva a recuperação dos bens criminalmente subtraídos do Instituto Federal de Rondônia, campus Guajará-Mirim/RO.
10
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ações de educação sanitária e fiscalização de animais fortalecem setor produtivo na 11ª Rondônia Rural Show

Ações de educação sanitária e fiscalização de animais fortalecem setor produtivo na 11ª Rondônia Rural Show

Neste ano, tanto para leilões quanto para exposições, foram recepcionados 150 bovinos, 47 ovinos, 16 caprinos, sete equinos, três muares, um asinino, 31 rãs, 2.985 peixes e 20 porquinhos da índia.
L
Inovação para cadeia do cacau vence Hackathon da 11ª Rondônia Rural Show Internacional

Inovação para cadeia do cacau vence Hackathon da 11ª Rondônia Rural Show Internacional

Acadêmicos vencem Hackathon com ideia inovadora destinada à analisar as amêndoas do cacau com Inteligência Artificial.
L
Agroindústrias de Porto Velho fazem sucesso na 11ª edição da Rondônia Rural Show

Agroindústrias de Porto Velho fazem sucesso na 11ª edição da Rondônia Rural Show

A conquista dos produtores é resultado de muito esforço e dedicação, muitas vezes envolvendo toda a família no processo de produção.
L

Agroindústrias de Porto Velho ganham destaque no Pavilhão Empresarial durante a Rondônia Rural Show

Presença de agroindústrias da capital na feira reflete o crescimento do setor.
L
Projeto da Unir é apresentado em evento internacional na Irlanda

Projeto da Unir é apresentado em evento internacional na Irlanda 

Barras Maning Arretadas é voltado ao rap e foi mostrado na Droppin Science conferência realizada na University College Cork.
L
Fórum Nacional comemora os 41 anos do TCE e MPC

Fórum Nacional comemora os 41 anos do TCE e MPC

O evento será no auditório do Tribunal de Contas, em Porto Velho (RO). O objetivo é proporcionar um espaço de reflexão sobre o papel da inovação e da tecnologia na otimização dos processos de controle externo.
L

[AO VIVO] Prefeitura de Porto Velho Marca Presença na Rondônia Rural Show – ÚLTIMO DIA

Assista a transmissão ao vivo direto do Centro Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná.
L

Prefeitura de Porto Velho Marca Presença na Rondônia Rural Show – ÚLTIMO DIA

A programação incluiu entrevistas com agricultores locais, demonstrações de novas máquinas agrícolas e debates sobre as políticas públicas voltadas ao agronegócio.
L
Cientistas encontram proteínas que ajuda a detectar câncer 7 anos antes do diagnóstico

Cientistas encontram proteínas que ajuda a detectar câncer 7 anos antes do diagnóstico

Para o estudo, os cientistas usaram uma técnica chamada proteômica.
L
Central de alimentos abastecerá cozinhas solidárias no RS

Central de alimentos abastecerá cozinhas solidárias no RS

Iniciativa de movimentos sociais visa segurança alimentar
L