SÁBADO, 25/05/2024

L

Mundo

De 71 países, apenas 2 e União Europeia não criminalizam desinformação

Estudo foi lançado nesta terça-feira na Câmara dos Deputados

Por Lucas Pordeus León - Repórter da Agência Brasil - 20

Publicado em 

De 71 países, apenas 2 e União Europeia não criminalizam desinformação
Vladimir Simicek/AFP
Um estudo publicado nesta terça-feira (23) pela Coalizão Direitos na Rede (CDR), grupo que reúne mais de 50 organizações acadêmicas e da sociedade civil, analisou 104 leis de 71 países ou blocos regionais e identificou que em apenas três deles – Paquistão, França e União Europeia – as legislações não criminalizam a disseminação de desinformação no ambiente digital.

O relatório foi lançado na Câmara dos Deputados, em parceria com movimentos sociais e parlamentares que defendem a regulação das plataformas no Brasil.

De acordo com o estudo, várias leis foram criadas para criminalizar a disseminação de notícias falsas após a pandemia da covid-19. Desde 2016, ao menos 57 leis em 44 países foram criadas nesse sentido.

A coalizão alerta, entretanto, que a criminalização da disseminação de notícias falsas pode prejudicar a liberdade de imprensa, a liberdade de expressão e ser utilizada para reprimir adversários políticos.

“Essas legislações compartilham a característica de uma linguagem abrangente, voltada para combater a disseminação de desinformação e a propagação de notícias falsas. Por isso, muitas delas revelaram implicações prejudiciais para a liberdade de expressão em seus respectivos países, conforme apontado por diversos organismos regionais e internacionais”, diz a coalizão.

O relatório destaca ainda a conclusão do relator especial da Organização das Nações Unidas (ONU) David Kayne que, ao analisar a desinformação durante a pandemia da covid-19, concluiu que “a penalização da desinformação é desproporcional, não conseguindo atingir seu objetivo de reduzir as informações e, ao invés disso, impede que os indivíduos compartilhem o que poderia ser uma informação valiosa”.

Entre os países que criminalizam a disseminação de desinformação, o relatório cita a África do Sul, Costa Rica e Grécia.

O estudo inédito traz um conjunto de experiências internacionais no tema e sugere lições que podem contribuir para o debate no Brasil.

O objetivo é auxiliar na a elaboração de uma proposta regulatória efetiva alinhada à proteção dos direitos humanos e fundamentais dos usuários e usuárias e à promoção da democracia e da justiça social.

Brasil

No caso nacional, o grupo defende que “as legislações penal e eleitoral brasileiras já possuem infrações que dão conta dos ilícitos mais graves envolvidos na produção e disseminação de informações falsas, discursos violentos e ataques às instituições”.

A Lei 14.197 de 2021, por exemplo, define que é crime tentar depor governo legitimamente eleito ou restringir o exercício dos poderes constituídos, com penas que vão de 4 a 12 anos de prisão.

O último projeto de lei (PL) sobre o tema em análise do Congresso, o PL 2630, do relator Orlando Silva (PcdoB-SP), previa a criminalização da disseminação “em massa” de mensagens que contivessem fato sabidamente inverídico. O texto foi descartado após o presidente da Casa, deputado Arthur Lira (PP-AL), argumentar que ele estava “contaminado” pelo debate ideológico. Com isso, foi criado um grupo de trabalho para produzir uma nova proposta.

Representante da CDR, Bruna Santos avalia que a criminalização deve ser o último recurso, e que outras medidas devem ser tomadas para combater a desinformação.

“A ferramenta mais adequada seria a aprovação de uma regulação democrática, que garanta mais transparência – inclusive sobre anúncios e demais conteúdos -, que requisite políticas específicas sobre conteúdos danosos como discurso de ódio e violência política e de gênero, e que implemente o devido processo para atuação das plataformas”, defende.

Ainda segundo Bruna, a pesquisa identificou que os países ricos têm tido mais sucesso na regulação das plataformas. “A dificuldade em avançar na pauta existe, mas diria que ela está mais presente em países do Sul Global, onde plataformas têm aplicado suas próprias regras”, acrescentou.

O Sul Global é o termo usado para se referir aos países não desenvolvidos que, em sua maioria, estão localizados no Hemisfério Sul do planeta.

Risco à democracia

Os movimentos sociais e especialistas reunidos nesta terça-feira na Câmara dos Deputados argumentam que o futuro da democracia brasileira depende de uma regulação adequada das mídias sociais.

As entidades afirmam que existe uma coalizão de extrema-direita internacional contrária à regulação das plataformas e que busca desestabilizar as democracias em todo o mundo.

“É uma tentativa deliberada de disrupção da democracia. E que usa o Brasil como laboratório de uma coisa que vai tentar avançar a nível internacional”, disse Arthur Mello, coordenador de advocacy do Pacto pela Democracia, organização com mais de 200 entidades da sociedade civil.

O influenciador digital Felipe Neto, que tem mais de 17 milhões de seguidores em uma rede social, avalia que aqueles que defendem regras democráticas para as plataformas estão perdendo o debate.

“O que o público está ouvindo com essas duas palavras [regulação e regulamentação] é censura. Está errado, está completamente errado. Mas a extrema direita fundamentou esse preceito. Hoje, quando a gente usa regulamentação, regulação, o que o povo ouve é censura”, afirmou Neto, pedindo que sejam usadas novas palavras para defender o projeto.

Coordenador do grupo de tecnologia do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) Alexandre Zago Boava, defende a inclusão dos trabalhadores no debate.

“O povo pode não saber o que é o titular de dados, pode não saber como o Marco Civil da Internet [Lei 12.965 de 2014] protege ele, ou como o PL 2630 não tira sua liberdade de expressão. Mas ele com certeza não vai querer entregar os dados se ele souber que aqueles dados estão sendo usados contra ele, nem vai querer sofrer crimes e violências dentro da rede, independentemente de ele entender ou não o Marco Civil”, disse.

Publicidade
Publicidade
ELEIÇÕES
Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Servidores europeus criticam apatia da UE diante da situação palestina

Servidores europeus criticam apatia da UE diante da situação palestina

Carta chamada Não em Nosso Nome foi entregue a dirigentes
L
Corte internacional ordena que Israel interrompa ofensiva em Rafah

Corte internacional ordena que Israel interrompa ofensiva em Rafah

Ordem foi adotada por um painel de 15 juízes de todo o mundo
L
ONG relata torturas, execuções e prisões arbitrárias no Equador

ONG relata torturas, execuções e prisões arbitrárias no Equador

Human Rights Watch enviou carta ao presidente Daniel Noboa
L
Irã descarta indícios de crime em queda de helicóptero que matou Raisi

Irã descarta indícios de crime em queda de helicóptero que matou Raisi

Relatório diz que não foram encontrados sinais de tiros nos destroços
L
Conflito em Gaza: relembre propostas do Brasil para fim da guerra

Conflito em Gaza: relembre propostas do Brasil para fim da guerra

Corpo de terceira vítima brasileira foi encontrado por Israel
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

RondoLEITE demonstra desenvolvimento da cadeia produtiva do leite em Rondônia durante a Rondônia Rural Show

RondoLEITE demonstra desenvolvimento da cadeia produtiva do leite em Rondônia durante a Rondônia Rural Show

A RondoLEITE trouxe mais de 200 animais à exposição, incluindo ovinos, caprinos, equinos e bovinos das raças de produção de leite e carne.
L

GREVE NA UNIR: evasão já é tratada com temor na universidade

Docentes rejeitaram a proposta do governo federal e mantêm a greve.
L
Prefeitura auxilia expositores porto-velhenses na 11ª edição da Rondônia Rural Show

Prefeitura auxilia expositores porto-velhenses na 11ª edição da Rondônia Rural Show

Transporte de mercadorias da capital até Ji-Paraná garantiu que os produtos chegassem à feira de forma rápida e segura.
L
SUS terá R$ 887 milhões para aumentar acesso a cuidados paliativos

SUS terá R$ 887 milhões para aumentar acesso a cuidados paliativos

Governo anuncia estratégia para levar atendimento a todo o Brasil
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Local de prova do concurso da Caixa está disponível para os candidatos

Local de prova do concurso da Caixa está disponível para os candidatos

Exame será aplicado no próximo domingo
L

ENEM DOS CONCURSOS: Divulgada nova data do Concurso Nacional Unificado: 18 de agosto

A prova reúne mais de 2,1 milhões de candidatos e oferece 6.640 vagas para 21 órgãos da administração pública federal
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Concurso Unificado será no dia 18 de agosto, confirma Ministério da Gestão

Concurso Unificado será no dia 18 de agosto, confirma Ministério da Gestão

A prova será realizada dia 18 de agosto. Todos os cadernos de prova estão preservados e em segurança
L
Publicidade

POLÍTICA

Vereador Valtinho Canuto destaca ações e projetos em São Carlos e Porto Velho

Vereador Valtinho Canuto destaca ações e projetos em São Carlos e Porto Velho

Dentre as iniciativas, ele destacou a manutenção paliativa em estradas vicinais, a modernização da iluminação em campos de futebol e a importância das parcerias entre diferentes entidades para o progresso das comunidades.
L

Parlamentares aprovam PLC que reajusta salários dos servidores do MPRO em 5%

Aprovação ocorreu na sessão itinerante realizada nesta quinta-feira, 23.
L

Alero aprova mais de R$ 270 milhões em projetos de lei na Rondônia Rural Show Internacional

Investimento foi assegurado para reforçar o atendimento dos órgãos governamentais.
L

JAIME BAGATTOLI: 11ª Rondônia Rural Show Internacional mostra força do setor produtivo de Rondônia

Parlamentar destacou investimentos e respeito ao meio ambiente
L

CORONEL CHRISOSTOMO: Desgoverno do PT agora avalia VETAR taxação federal de compras internacionais até US$ 50.

Cobrança do imposto de importação foi incluída no PL – Mover
L
Publicidade

POLÍCIA

URGENTE: Vila de apartamentos é atingida por incêndio no centro

URGENTE: Vila de apartamentos é atingida por incêndio no centro

Pelos menos três apartamentos foram atingidos pelo fogo que destruiu os imóveis.
10
Homem é encontrado morto a facada no Cristal da Calama

Lavador de carros é morto a facada no Cristal da Calama

Segundo as primeiras informações, moradores do local quando saíram de casa se depararam com o rapaz caído na calçada e acionaram a PM e Samu.
18
Polícia Federal deflagra 27ª fase da Operação Lesa Pátria

Polícia Federal deflagra 27ª fase da Operação Lesa Pátria

Apura-se que os valores dos danos causados ao patrimônio público possam chegar à cifra de R$ 40 quarenta milhões.
10
PF combate crimes ambientais na Terra Indígena Roosevelt e no Parque Aripuanã

PF combate crimes ambientais na Terra Indígena Roosevelt e no Parque Aripuanã

Foram inutilizados diversos maquinários usados na extração criminosa de madeira e de minério no interior das reservas indígenas
10
PF deflagra a Operação Vant contra peculato-furto em RO

PF deflagra a Operação Vant contra peculato-furto em RO

Ação objetiva a recuperação dos bens criminalmente subtraídos do Instituto Federal de Rondônia, campus Guajará-Mirim/RO.
10
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ações de educação sanitária e fiscalização de animais fortalecem setor produtivo na 11ª Rondônia Rural Show

Ações de educação sanitária e fiscalização de animais fortalecem setor produtivo na 11ª Rondônia Rural Show

Neste ano, tanto para leilões quanto para exposições, foram recepcionados 150 bovinos, 47 ovinos, 16 caprinos, sete equinos, três muares, um asinino, 31 rãs, 2.985 peixes e 20 porquinhos da índia.
L
Inovação para cadeia do cacau vence Hackathon da 11ª Rondônia Rural Show Internacional

Inovação para cadeia do cacau vence Hackathon da 11ª Rondônia Rural Show Internacional

Acadêmicos vencem Hackathon com ideia inovadora destinada à analisar as amêndoas do cacau com Inteligência Artificial.
L
Agroindústrias de Porto Velho fazem sucesso na 11ª edição da Rondônia Rural Show

Agroindústrias de Porto Velho fazem sucesso na 11ª edição da Rondônia Rural Show

A conquista dos produtores é resultado de muito esforço e dedicação, muitas vezes envolvendo toda a família no processo de produção.
L

Agroindústrias de Porto Velho ganham destaque no Pavilhão Empresarial durante a Rondônia Rural Show

Presença de agroindústrias da capital na feira reflete o crescimento do setor.
L
Projeto da Unir é apresentado em evento internacional na Irlanda

Projeto da Unir é apresentado em evento internacional na Irlanda 

Barras Maning Arretadas é voltado ao rap e foi mostrado na Droppin Science conferência realizada na University College Cork.
L
Fórum Nacional comemora os 41 anos do TCE e MPC

Fórum Nacional comemora os 41 anos do TCE e MPC

O evento será no auditório do Tribunal de Contas, em Porto Velho (RO). O objetivo é proporcionar um espaço de reflexão sobre o papel da inovação e da tecnologia na otimização dos processos de controle externo.
L

[AO VIVO] Prefeitura de Porto Velho Marca Presença na Rondônia Rural Show – ÚLTIMO DIA

Assista a transmissão ao vivo direto do Centro Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná.
L

Prefeitura de Porto Velho Marca Presença na Rondônia Rural Show – ÚLTIMO DIA

A programação incluiu entrevistas com agricultores locais, demonstrações de novas máquinas agrícolas e debates sobre as políticas públicas voltadas ao agronegócio.
L
Cientistas encontram proteínas que ajuda a detectar câncer 7 anos antes do diagnóstico

Cientistas encontram proteínas que ajuda a detectar câncer 7 anos antes do diagnóstico

Para o estudo, os cientistas usaram uma técnica chamada proteômica.
L
Central de alimentos abastecerá cozinhas solidárias no RS

Central de alimentos abastecerá cozinhas solidárias no RS

Iniciativa de movimentos sociais visa segurança alimentar
L