DOMINGO, 21/04/2024

L

Mundo

Suprema Corte dos EUA decide que Trump pode disputar eleições

Ex-presidente é principal adversário de Joe Biden no pleito deste ano

Por Andrew Chung e John Kruzel - repórteres da Reuters - 20

Publicado em 

Suprema Corte dos EUA decide que Trump pode disputar eleições
REUTERS/Eric Thayer/Direitos Reservados
A Suprema Corte dos Estados Unidos deu a Donald Trump uma grande vitória nesta segunda-feira, impedindo que os Estados desqualifiquem candidatos a cargos federais com base em uma disposição constitucional que envolve insurreição e revertendo a exclusão do candidato da cédula de votação do Colorado.Suprema Corte dos EUA decide que Trump pode disputar eleições - News RondôniaSuprema Corte dos EUA decide que Trump pode disputar eleições - News Rondônia

Por unanimidade, os juízes anularam a decisão de 19 de dezembro do principal tribunal do Colorado de retirar o ex-presidente da cédula de votação das primárias republicanas do Estado na terça-feira, depois de concluir que a 14ª Emenda da Constituição dos EUA o desqualificava para ocupar novamente um cargo público. O tribunal do Colorado considerou que Trump participou de uma insurreição por incitar e apoiar o ataque ao Capitólio dos EUA em 6 de janeiro de 2021 por seus apoiadores.

Mas quatro dos nove juízes da Suprema Corte, incluindo as três juízas progressistas, criticaram o restante da corte por anunciar regras que limitam como a disposição constitucional pode ser aplicada no futuro.

Trump é o principal candidato à indicação republicana para desafiar o presidente democrata Joe Biden na eleição de 5 de novembro nos EUA. Sua única rival restante para a indicação de seu partido é a ex-governadora da Carolina do Sul, Nikki Haley.

A decisão foi emitida na véspera da chamada Super Terça, o dia do ciclo das primárias presidenciais dos EUA em que um grande número de Estados realiza disputas de nomeação do partido.

A decisão da Suprema Corte ocorre cinco dias depois de concordar em decidir sobre a reivindicação de Trump de imunidade contra acusações relacionadas à tentativa de reverter sua derrota nas eleições de 2020 para Biden.

A corte agiu de forma mais rápida ao decidir a questão da desqualificação das cédulas, beneficiando Trump, do que ao resolver a questão da imunidade. A demora em decidir a questão da imunidade poderia ajudar Trump ao atrasar seu julgamento criminal.

A Seção 3 da 14ª Emenda proíbe exercer cargo qualquer “funcionário público dos Estados Unidos” que tenha feito um juramento “de apoiar a Constituição dos Estados Unidos” e depois “tenha se envolvido em insurreição ou rebelião contra a mesma, ou dado ajuda ou apoio aos seus inimigos”.

“Concluímos que os Estados podem desqualificar as pessoas que ocupam ou tentam ocupar cargos estaduais. Mas os Estados não têm poder, de acordo com a Constituição, para aplicar a Seção 3 com relação a cargos federais, especialmente a Presidência”, afirmou o parecer não assinado do tribunal.

Os juízes concluíram que somente o Congresso pode aplicar a disposição contra titulares de cargos e candidatos federais.

“GRANDE VITÓRIA PARA A AMÉRICA!!!”, escreveu Trump em sua plataforma de mídia social imediatamente após a decisão.

Trump também foi barrado da cédula em Maine e Illinois com base na 14ª Emenda, mas essas decisões foram suspensas enquanto se aguardava a decisão da Suprema Corte no caso do Colorado.

A Secretária de Estado do Colorado, Jena Griswold, expressou sua decepção com a decisão que “retira dos Estados a autoridade” para aplicar a cláusula de desqualificação.

“O Colorado deveria ser capaz de barrar de nossas cédulas insurrectos que quebram o juramento”, escreveu ela em uma postagem em uma mídia social.

“Questões importantes e difíceis”

Embora os juízes tenham concordado unanimemente com o resultado, as três juízas progressistas, bem como a juíza conservadora Amy Coney Barrett, disseram que o parecer do tribunal decidiu mais do que o necessário para resolver o caso, especificando que a Seção 3 só pode ser aplicada por meio de legislação federal.

As juízas Sonia Sotomayor, Elena Kagan e Ketanji Brown Jackson se opuseram à decisão “gratuita” da maioria de anunciar regras que limitam a forma como a Seção 3 pode ser aplicada no futuro.

“Hoje, a maioria vai além das necessidades deste caso para limitar a forma como a Seção 3 pode impedir que um insurgente que quebrou o juramento se torne presidente”, disseram as juízas progressistas. “Embora concordemos que o Colorado não pode aplicar a Seção 3, protestamos contra a tentativa da maioria de usar este caso para definir os limites da aplicação federal dessa disposição.”

Barrett, por sua vez, escreveu que “este não é o momento para ampliar a discordância com estridência. O tribunal resolveu uma questão politicamente carregada na época volátil de uma eleição presidencial. Particularmente nessa circunstância, os escritos da corte devem baixar a temperatura nacional, não aumentar”.

“Para fins atuais, nossas diferenças são muito menos importantes do que nossa unanimidade: Todos os nove juízes concordam com o resultado desse caso. Essa é a mensagem que os americanos devem levar para casa”, acrescentou Barrett.

A elegibilidade de Trump foi contestada na Justiça por um grupo de seis eleitores no Colorado — quatro republicanos e dois independentes — que o retrataram como uma ameaça à democracia norte-americana e procuraram responsabilizá-lo pelo ataque ao Capitólio dos EUA em 6 de janeiro de 2021 por seus apoiadores.

Os autores da ação foram apoiados pelo Cidadãos pela Responsabilidade e Ética em Washington (CREW, na sigla em inglês), um grupo progressista de supervisão.

O presidente do CREW, Noah Bookbinder, enfatizou que, embora a decisão da Suprema Corte permita que Trump volte às urnas, ela não abordou diretamente a conclusão do tribunal do Colorado de que Trump havia se envolvido em insurreição.

“A Suprema Corte teve a oportunidade, nesse caso, de exonerar Trump e optou por não fazê-lo”, disse Bookbinder.

Com o surgimento de ações judiciais para desqualificar Trump em todo o país, era importante que sua candidatura superasse todos os obstáculos para aparecer na cédula de votação em todos os 50 Estados.

A maioria conservadora de 6 a 3 da Suprema Corte inclui três nomeados por Trump. Desde a decisão no caso histórico Bush v. Gore, que deu a vitória ao republicano George W. Bush em detrimento do democrata Al Gore na disputada eleição de 2000 nos EUA, a Suprema Corte não desempenhava um papel tão central em uma corrida presidencial.

Em dezembro, os juízes do caso de imunidade recusaram uma tentativa de acelerar a resolução da questão antes que um tribunal de primeira instância se pronunciasse e, na semana passada, concordaram em retomar a questão após a decisão dos tribunais de primeira instância, estabelecendo que os argumentos fossem apresentados no final de abril, um prazo muito mais longo.

Ataque ao Capitólio

Em uma tentativa de impedir que o Congresso certificasse a vitória de Biden nas eleições de 2020, os apoiadores de Trump atacaram a polícia, romperam barricadas e invadiram o Capitólio em janeiro de 2021.

Trump fez um discurso incendiário para seus apoiadores pouco antes, repetindo suas falsas alegações de fraude eleitoral generalizada e falando para eles irem ao Capitólio e “lutar como o inferno”. Depois, durante horas, ele recusou pedidos para pedir que a multidão parasse.

A 14ª Emenda foi ratificada após a Guerra Civil de 1861-1865, na qual os Estados sulistas que permitiam a prática da escravidão se rebelaram contra o governo dos EUA.

Ao decidir contra Trump, o tribunal superior do Colorado citou a “atmosfera geral de violência política que o presidente Trump criou” e que ele ajudou “o propósito ilegal dos insurgentes de impedir a transferência pacífica de poder neste país”.

A Suprema Corte ouviu os argumentos em 8 de fevereiro. O advogado de Trump argumentou que ele não está sujeito à linguagem de desqualificação porque um presidente não é um “funcionário público dos Estados Unidos”, que a disposição não pode ser aplicada pelos tribunais na ausência de legislação do Congresso e que o que ocorreu em 6 de janeiro foi vergonhoso, criminoso e violento, mas não uma insurreição.

Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Irã-sinaliza-que-não-planeja-retaliar-Israel-após-ataque-com-drones

Irã sinaliza que não planeja retaliar Israel após ataque com drones

Israel não comentou o incidente
L
Indianos vão às urnas em eleição nacional

Indianos vão às urnas em eleição nacional

É a primeira fase da maior eleição do mundo, que vai até 1º de junho
L
Equador se prepara para votar medidas de segurança em referendo

Equador se prepara para votar medidas de segurança em referendo

Consulta será realizada no próximo domingo (21)
L
Número de mortos nos Emirados Árabes por tempestade chega a quatro

Número de mortos nos Emirados Árabes por tempestade chega a quatro

Aeroporto de Dubai segue com problemas
L
Polícia prende homem em Paris após incidente em consulado do Irã

Polícia prende homem em Paris após incidente em consulado do Irã

Ele ameaçou explodir bomba que dizia ter no corpo
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

Rondôncap sorteou 50 meses de salário extra no total de 70 mil reais e mais 29 mil reais em prêmios

Como todos sabemos, comprando o RondônCap você está ajudando diretamente as APAES de Rondônia.
L

Guia completo de congelamento: o que você não deve congelar

Evite desperdícios na cozinha conhecendo os alimentos que não suportam o freezer
L

Promoção imperdível: News Rondônia e Cine Araújo te levam ao cinema

Participe da promoção e ganhe ingresso para assistir aos filmes em cartaz no melhor cinema da cidade.
L

Promoção 3079 destilados: essa é a sua chance de ganhar uma cachaça Original D’Minas Sabor Tutti Frutti!

Saiba como participar da promoção e concorrer a uma bebida com seu sabor exótico e aroma envolvente.
L

Aqui tem gente – Parte IX

Para as populações ribeirinhas da Pan-Amazônia, o desenvolvimento sustentável está sendo brutalmente arrancado de suas almas e de seus modos de vida tradicionais.
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Instituto de Ortopedia e Traumatologia de Rondônia está em busca de Gerente Administrativo

Se você possui experiência na área administrativa e está em busca de novos desafios em uma instituição de saúde de renome, essa pode ser a sua oportunidade.
L
Vagas de Emprego

Nova Era abre vaga para Auxiliar de Limpeza nos Serviços Gerais em Porto Velho

Se você é responsável, proativo e possui experiência na área de limpeza, esta pode ser a chance que você estava esperando para fazer parte de uma equipe dedicada e comprometida.
L
Vagas de Emprego

Nova Era abre vaga para Operador(a) de Caixa em Porto Velho

Se você tem experiência ou interesse em trabalhar na área de atendimento ao cliente e possui habilidades administrativas, esta pode ser a oportunidade que você estava esperando.
L
Vaga de Empregos

FORTAL SUPERMERCADO abre vaga para Açougueiro em Porto Velho

Se você possui experiência na área e está em busca de uma colocação no mercado de trabalho, essa pode ser a sua chance.
L
Publicidade

POLÍTICA

Projeto social do deputado Alan Queiroz resgata autoestima dos moradores do bairro Tucumanzal

Projeto social do deputado Alan Queiroz resgata autoestima dos moradores do bairro Tucumanzal

Ônibus odontomédico esteve nesse sábado (20) no bairro Tucumanzal, em Porto Velho
L
Eleições 2024: Rayane do Agro - A Força do Campo para Porto VelhoEleições 2024: Rayane do Agro - A Força do Campo para Porto Velho

Eleições 2024: Rayane do Agro – A Força do Campo para Porto Velho

Sua pré-candidatura está centrada no bem-estar da população de Porto Velho. Ela promete defender incansavelmente os direitos das mulheres.
L
Empresário Helton Cordeiro anuncia pré-candidatura a vereador em Porto Velho

Empresário Helton Cordeiro anuncia pré-candidatura a vereador de Porto Velho

Com uma trajetória marcada pelo trabalho árduo e empreendedorismo, Helton busca trazer uma nova perspectiva para a política local.
L
Cláudia de Jesus anuncia emenda parlamentar para o Projeto Reca

Cláudia de Jesus anuncia emenda parlamentar para o Projeto Reca

Valor de R$ 155 mil será usado para compra de grande quantidade de calcário.
L

Ieda Chaves destina emenda para programação alusiva ao Dia dos Povos Originários

Projeto foi mobilizado para interação em cinco comunidades de Nova Mamoré.
L
Publicidade

POLÍCIA

polícia

Mulher é presa após colocar fogo no marido enquanto dormia

Segundo a PM, a mulher contou que teve uma briga com o marido durante uma bebedeira na madrugada de hoje
14

Homem tem corpo incendiado pela esposa e morre no hospital

Gustavo teria ficado no show, e após algumas horas retornou para casa. Neste instante, a esposa teria se apossado de um vidro de álcool e despejou sobre a vítima, ateando fogo.
18

Homem é morto brutalmente após briga no Três Marias

Após a fuga do suspeito, a PM foi acionada e isolou o local até a finalização dos trabalhos periciais e remoção do corpo para o IML.
18

ATUALIZAÇÃO: Dupla capota caminhonete roubada durante perseguição no Orgulho do Madeira

Segundo a PM, quatro criminosos fortemente armados realizaram um roubo a residência, depois fugiram levando vários objetos e a caminhonete das vítimas.
16

Acidente entre carro e moto deixa um morto e outro ferido na BR-364

Segundo as primeiras informações, as duas vítimas estavam de moto quando houve a batida com o veículo.
18
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Meu Brasil ideal…

Não como é hoje, quando pichar, amassar, destruir ou se apoderar se tornaram o hobby predileto de muitos. As cidades estão completamente destruídas. Inclusive o furto da moda são as tampas de bueiros.
L

Promoção Imperdível: Ganhe um Ticket Black VIP para a Tour de Alta Performance Pessoal & Profissional com Paulo Vieira e Camila vieira

Não perca essa chance de ouro de se juntar à elite da alta performance. Inscreva-se agora e boa sorte!
L

Cuidados com os pets em tempos de dengue

Cães e gatos podem ser picados por mosquitos e sofrer com o desconforto que ela causa
L

Projeto revolucionário para desenvolver a região usando nosso meio ambiente, pode ter investimentos de mais de 3 bilhões de reais

Para a extração, estão projetadas pelo menos três usinas em Rondônia, abrindo 7.500 empregos diretos e proporcionando uma renda decente para milhares de famílias.
L

Inovação e Personalização na Farmácia: Ana Paula Barbato Discute o Futuro da Farmácia Magistral no Mais Saúde Podcast

Explorando o potencial da personalização de medicamentos para transformar tratamentos de saúde com a especialista em Farmácia Magistral
L

Dr. Artur Maldonado Revela os Bastidores da Medicina Estética no In Foco Podcast

De cirurgião a inovador social: uma conversa com o médico que está mudando a face da saúde pública em Rondônia
L

Resiliência e Qualidade: As chaves do sucesso da Doçuras da Rafa

o programa “Momento Empresarial”, Dorian Jinkins de Lima compartilha os segredos por trás da perseverança e excelência da sua confeitaria
L

Desvendando as Leis de Incentivo Cultural: Fátima Rosilho clarifica Mitos e Verdades no PodCast Resenhas de Negócios Amazônicos

Em uma discussão esclarecedora, a representante do Ministério da Cultura em Rondônia expõe os desafios e oportunidades para os artistas regionais
L

Do esporte ao empreendedorismo, projetos promovem empoderamento e prosperidade para povos indígenas

O programa inclui projetos nas áreas de esporte, saúde, educação, empreendedorismo e empoderamento feminino, entre outras.
L

BYD amplia sua oferta de eletrificados no Brasil com o Dolphin Mini

Modelo tem motor de 75 cavalos de potência e autonomia de 280 quilômetros
L