SEXTA-FEIRA, 19/04/2024

L

Mundo

EUA condicionam fim da ocupação da Palestina à segurança de Israel

Brasil já se manifestou favorável à desocupação.

Por Lucas Pordeus León - Repórter da Agência Brasil - 20

Publicado em 

EUA condicionam fim da ocupação da Palestina à segurança de Israel
REUTERS/Piroschka van de Wouw
Os Estados Unidos defenderam na Corte Internacional de Justiça (CIJ), em Haia, nos Países Baixos, que o fim da ocupação que Israel promove nos territórios palestinos deve estar condicionada a acordos de reconhecimento entre Tel Aviv e os demais estados do Oriente Médio, de forma a garantir a segurança de Israel.EUA condicionam fim da ocupação da Palestina à segurança de Israel - News RondôniaEUA condicionam fim da ocupação da Palestina à segurança de Israel - News Rondônia

“Ao identificar estes requisitos interdependentes, o Conselho de Segurança decidiu que a retirada das forças israelenses depende e está vinculada ao fim da beligerância, ao reconhecimento mútuo e ao respeito pelo direito de Israel e de todos os outros Estados da região de viverem em paz num ambiente seguro e fronteiras reconhecidas, livres de ameaças ou atos de força”, destacou o representante do governo estadunidense, Richard Wiesek.

Além disso, o representante de Washington disse que os Estados Unidos não consideram a ocupação ilegal, como defendem outros países, e se posicionou contrário a uma retirada unilateral dos militares israelenses da Cisjordânia e da Jerusalém Oriental ocupadas.

A manifestação dos Estados Unidos ocorreu nesta quarta-feira (21) em audiência pública da CIJ, que é o principal órgão jurídico da Organização das Nações Unidas (ONU). O tribunal foi provocado a se manifestar sobre a ocupação de Israel na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental. Ao todo, 52 estados se inscreveram para comentar o tema.

Até a manhã desta quarta-feira haviam se manifestado o BrasilÁfrica do Sul e os representantes dos palestinos, pedindo que a Corte considere a ocupação ilegal e que Israel retire, imediatamente, os militares dos territórios reconhecidos internacionalmente como dos palestinos.

A consulta ao tribunal é resultado de uma resolução aprovada em dezembro de 2022, na Assembleia-Geral da ONU, que questionou a CIJ sobre as “consequências jurídicas decorrentes das políticas e práticas de Israel no território palestino ocupado”. Os países querem saber, entre outras informações, o que Israel pode sofrer por supostamente violar o direito do povo palestino à autodeterminação.

Para os Estados Unidos, a Resolução 242 de 1967 da ONU, que determina a saída dos militares israelenses dos territórios palestinos, só pode ser cumprida caso a Resolução 338 de 1979 também seja totalmente atendida.

Acordos de Abraão

Apesar de a Resolução 338 não apresentar qualquer condicionamento para a retirada das forças militares de Israel da Palestina ocupada, ela determina que se inicie imediatamente “negociações entre as partes interessadas, com os auspícios apropriados, encaminhadas ao estabelecimento de uma paz justa e duradoura no Oriente Médio”.

De acordo com o representante dos Estados Unidos, “estes requisitos interdependentes e inseparáveis têm sido o princípio organizador de acordos de paz históricos, primeiro entre Israel e o Egito, e depois entre Israel e a Jordânia”.

Richard Wiesek se refere aos Acordos de Abraão, costurados por Israel com países da região. Quando o Hamas atacou Israel em 7 de outubro estavam em curso negociações para se fechar um acordo desse tipo com a Arábia Saudita.

Especialistas em relações internacionais ouvidos pela Agência Brasil consideram que esses acordos podem estar na raiz da decisão do Hamas de atacar Israel. A hipótese é a de que o Hamas avaliou que os acordos consolidariam o controle das terras palestinas por Israel uma vez que Tel Aviv teria o apoio dos países árabes.

Ocupação

Os Estados Unidos também rejeitaram a tese, defendida por outros países, de que a ocupação é ilegal, mesmo que seja comprovada violação do direito internacional. “O direito internacional não prevê que uma ocupação em si seja considerada ilegal ou nula, com base na sua duração ou em quaisquer violações da lei ocupacional”, afirmou o diplomata.

Wiesek sustentou que o fato de haver uma ocupação “é a base para a potência ocupante exercer a sua autoridade sobre o território ocupado” e pediu que o tribunal não emita parecer pedindo a retirada de Israel da Palestina ocupada.

“A este respeito, como sugerem alguns participantes, não seria propício à concretização do quadro estabelecido emitir um parecer que apela a uma retirada unilateral, imediata e incondicional de Israel que não tenha em conta as legítimas necessidades de segurança de Israel”, destacou.

O representante do governo dos Estados Unidos ainda alertou à CIJ que o parecer que o tribunal vier a emitir não deve perturbar as negociações entre as partes. “O desafio para o tribunal é como fornecer o seu aconselhamento de uma forma que promova o quadro em vez de perturbar o seu equilíbrio, tornando potencialmente a possibilidade de negociações ainda mais difícil”, concluiu.

Entenda

Após o fim da 2ª Guerra Mundial, a Grã-Bretanha transferiu para as Nações Unidas a responsabilidade pelo território que atualmente é de Israel e da Palestina. Desde o final da 1ª Guerra Mundial, a chamada Palestina histórica era controlada pelos ingleses.

Com a Resolução 181, de 1947, a Assembleia-Geral da ONU recomendou a partilha da Palestina entre judeus e árabes. Porém, apenas o Estado de Israel foi criado. Em 1967, após mais uma guerra na região, Israel ocupou militarmente a Cisjordânia, a Faixa de Gaza e a Jerusalém Oriental, que então estavam sob o controle do Egito e da Jordânia.

Após esse conflito, a Assembleia da ONU aprovou a Resolução 242, de 1967, que determinou “a retirada das forças armadas israelitas dos territórios que ocuparam”.

Apesar dessa resolução, a construção de assentamentos israelenses na Cisjordânia continuou e hoje são 300 colônias consideradas ilegais, segundo a ONU, dentro da Cisjordânia, onde vivem cerca de 700 mil colonos israelenses.

Em 2005, Israel deixou a Faixa Gaza, apesar de manter um cerco ao enclave controlando a saída e a entrada de pessoas e mercadorias.

Publicidade

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Polícia prende homem em Paris após incidente em consulado do Irã

Polícia prende homem em Paris após incidente em consulado do Irã

Ele ameaçou explodir bomba que dizia ter no corpo
L
Agência de notícias do Irã diz que não houve explosões no país

Agência de notícias do Irã diz que não houve explosões no país   

Sons seriam de baterias antiaéreas contra objetos suspeitos.
L
EUA impedem ONU de reconhecer Estado palestino como membro pleno

EUA impedem ONU de reconhecer Estado palestino como membro pleno

País defende negociação direta entre Israel e Palestina
L
Televisão dos EUA informa que Israel lançou ataque contra Irã

Televisão dos EUA informa que Israel lançou ataque contra Irã

Fortes explosões foram ouvidas na província de Isfahan
L
Agência diz que explosões não danificaram instalações nucleares do Irã

Agência diz que explosões não danificaram instalações nucleares do Irã

AIEA pede aos dois países que se contenham
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

Dia dos Povos Indígenas: Uma Celebração de Respeito e Reconhecimento

Refletindo sobre a Cultura e os Direitos dos Primeiros Habitantes do Brasil
L
Alcance a Excelência: Tour Internacional de Alta Performance com Paulo e Camila Vieira!

Alcance a Excelência: Tour Internacional de Alta Performance com Paulo e Camila Vieira!

Descubra como dobrar sua produtividade e eficiência com os especialistas em inteligência emocional.
L
EVENTOS - Vai ter sertanejo e baile funk neste final de semana no O Monarka

EVENTOS – Vai ter sertanejo e baile funk neste final de semana no O Monarka

Dois eventos, um no estilo sertanejo, que ocorrerá hoje, sexta-feira, dia 19, e outro no estilo funk, que vai acontecer neste sábado, dia 20, vão agitar o final de semana da nova casa de shows, o Monarka.
L

Júnior Lopes anseia investimentos na Cultura para fortalecer economicamente a Amazônia

Júnior Lopes, participou do evento como debatedor na Câmara Setorial de Cultura.
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Instituto de Ortopedia e Traumatologia de Rondônia está em busca de Gerente Administrativo

Se você possui experiência na área administrativa e está em busca de novos desafios em uma instituição de saúde de renome, essa pode ser a sua oportunidade.
L
Vagas de Emprego

Nova Era abre vaga para Auxiliar de Limpeza nos Serviços Gerais em Porto Velho

Se você é responsável, proativo e possui experiência na área de limpeza, esta pode ser a chance que você estava esperando para fazer parte de uma equipe dedicada e comprometida.
L
Vagas de Emprego

Nova Era abre vaga para Operador(a) de Caixa em Porto Velho

Se você tem experiência ou interesse em trabalhar na área de atendimento ao cliente e possui habilidades administrativas, esta pode ser a oportunidade que você estava esperando.
L
Vaga de Empregos

FORTAL SUPERMERCADO abre vaga para Açougueiro em Porto Velho

Se você possui experiência na área e está em busca de uma colocação no mercado de trabalho, essa pode ser a sua chance.
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Modi Serviços Administrativos abre vaga para Motorista de Caminhão em Porto Velho

Se você possui experiência na área e está em busca de uma oportunidade de trabalho, essa pode ser a sua chance.
L
Publicidade

POLÍTICA

Cláudia de Jesus anuncia emenda parlamentar para o Projeto Reca

Cláudia de Jesus anuncia emenda parlamentar para o Projeto Reca

Valor de R$ 155 mil será usado para compra de grande quantidade de calcário.
L

Ieda Chaves destina emenda para programação alusiva ao Dia dos Povos Originários

Projeto foi mobilizado para interação em cinco comunidades de Nova Mamoré.
L
FINANCIAMENTO ESPORTIVO - Lei de vereadora Márcia Socorristas Animais garante incentivo fiscal para empresários

FINANCIAMENTO ESPORTIVO – Lei de vereadora Márcia Socorristas Animais garante incentivo fiscal para empresários

A vereadora destacou que o esporte é, sem dúvida, um fator relevante na formação do cidadão.
L
Deputado Alan Queiroz propõe melhorias em ramais para impulsionar desenvolvimento rural em Vista Alegre do Abunã

Deputado Alan Queiroz propõe melhorias em ramais para impulsionar desenvolvimento rural em Vista Alegre do Abunã

Revitalização visa garantir segurança e crescimento regional no distrito portovelhense.
L
Publicidade

POLÍCIA

Ribeiro do Sinpol afirma que Rondônia pode se tornar projeto piloto na Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil

Parlamentar conta com o apoio de todos os parlamentares federais para a derrubada de vetos na sessão da Câmara Federal.
L

URGENTE: Motorista faz conversão proibida e causa acidente com motociclista na Rio Madeira

A vítima foi amparada por populares até a chegada de uma equipe de resgate.
12
Capotamento deixa três feridos na Estrada da Penal em Porto Velho

Capotamento deixa três feridos na Estrada da Penal em Porto Velho

Devido o capotamento, as vítimas ficaram bastante feridas.
14

Alerta em Porto Velho: Onda de Roubos de Fios de Energia Elétrica Preocupa População

População sofre com o alto índice de furtos de cabos elétricos em locais públicos e privados
L
Motocicleta furtada por menor em Vale do Anari é recuperada em Jaru

Motocicleta furtada por menor em Vale do Anari é recuperada em Jaru

O menor e o veículo foram encaminhados às autoridades para os procedimentos legais, encerrando assim o caso com um desfecho positivo para a comunidade.
10
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governo de RO segue credenciando restaurantes para o Prato Fácil em Jaru, Rolim de Moura e outros cinco municípios

Daí a importância do credenciamento de restaurantes para garantir atendimento mais digno a este público.
L

Pesquisa sobre eletiva de Libras, da Mediação Tecnológica de Rondônia, é publicada em revista nacional

Outro fato que destaca a relevância da oferta foi observado nos momentos de culminância, durante os quais, os estudantes socializaram os vídeos planejados e produzidos por eles próprios.
Justiça mantém prisão de invasor de Parque Estadual denunciado pelo MPRO em decorrência da operação "Persistere"

Justiça mantém prisão de invasor de Parque Estadual denunciado pelo MPRO em decorrência da operação “Persistere”

Ponderou ainda o integrante do MP que era recorrente a presença de semoventes com as iniciais do fazendeiro pastando dentro da unidade de conservação.
L

Rondônia Rural Show Internacional fomenta incentivo e reforça o potencial do setor cafeeiro do Estado

Rondônia é destaque no cenário nacional como um dos principais produtores de Café Robustas Amazônicos.
L

Apresentações culturais na abertura da 2ª Maloca Estudantil reforçam a valorização e o resgate da cultura indígena de Rondônia

O resgate ficou evidente durante as apresentações inscritas por estudantes e professores, para participação na Maloca Estudantil Indígena 2024.
L

Dia dos Povos Indígenas é marcado pela chegada da energia elétrica em aldeia de Rondônia

Sistema de energia solar está em fase final de implantação e será entregue em maio
L

Ações governamentais contemplam famílias indígenas em Rondônia

Cestas básicas foram entregues às famílias indígenas em situação vulnerável
L

Feira de Empreendedores ‘Sabores da Praça’ acontece nesta sexta e sábado em Porto Velho

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, o objetivo é promover iniciativas que impulsionem o desenvolvimento econômico e social do Estado.
L

Remoção de curvas perigosas garante maior segurança na trafegabilidade na RO-135

Estradas trafegáveis são sinônimo de progresso
L

Escola Estadual em Tempo Integral Brasília é destaque pela história e transformações, em Rondônia

O titular da Secretaria de Estado de Patrimônio e Regularização Fundiária (Sepat), David Inácio destacou a importância da regularização da área da escola, facilitando o acesso a recursos públicos para melhorias estruturais.
L