DOMINGO, 23/06/2024

L

Mundo

Israel bombardeia Gaza e número de mortos em nova guerra passa de 900

Ataque do Hamas é a maior incursão contra Israel em 50 anos

Por Maayan Lubell e Nidal al-Mughrabi/Reuters - 35

Publicado em 

Israel bombardeia Gaza e número de mortos em nova guerra passa de 900
© REUTERS/Ibraheem Abu Mustafa

Israel atacou os palestinos em Gaza neste domingo, depois de sofrer o dia mais sangrento em décadas, quando combatentes do Hamas invadiram cidades israelenses, com mais de 900 mortos  em ambos os lados e a violência crescente ameaçando uma nova e importante guerra no Oriente Médio.Israel bombardeia Gaza e número de mortos em nova guerra passa de 900 - News RondôniaIsrael bombardeia Gaza e número de mortos em nova guerra passa de 900 - News Rondônia

Em um sinal de que o conflito pode se espalhar para além de Gaza, Israel e a milícia Hezbollah, apoiada pelo Irã, trocaram tiros de artilharia e foguetes, enquanto em Alexandria, dois turistas israelenses foram mortos a tiros junto com seu guia egípcio.

Os ataques aéreos israelenses atingiram blocos residenciais, túneis, uma mesquita e casas de oficiais do Hamas em Gaza, matando mais de 300 pessoas, incluindo 20 crianças, enquanto o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, promete “vingança poderosa para esse dia perverso”.

No sul de Israel, homens armados do Hamas ainda estavam lutando contra as forças de segurança israelenses 24 horas depois de um ataque promovido por milhares de foguetes e homens armados que avançaram contra bases do exército e cidades israelenses, matando pelo menos 600 pessoas, de acordo com a TV de Israel. Os militantes fizeram dezenas de reféns.

“Minhas duas meninas são apenas bebês. Elas não têm nem cinco e três anos de idade”, disse Yoni Asher, que viu um vídeo de homens armados sequestrando sua esposa e duas filhas pequenas, com a localização do telefone dela aparecendo agora em Gaza, segundo ele.

As forças armadas de Israel, que enfrentam questionamentos sobre sua incapacidade de previr e impedir o ataque, disseram que ainda estavam lutando, mas que haviam recuperado o controle da maioria dos pontos de infiltração ao longo das barreiras de segurança, matado centenas de atacantes e feito dezenas de outros prisioneiros.

“Vamos atacar o Hamas severamente e será um longo, longo caminho”, disse um porta-voz militar israelense a jornalistas.

Os militares israelenses disseram que enviaram dezenas de milhares de soldados para Gaza, uma faixa estreita de território onde 2,3 milhões de palestinos são obrigados a viver sob os controles impostos por Israel. O exército afirmou ainda que estava começando a evacuar todos os israelenses que viviam na fronteira do território.

“Esta é a minha quinta guerra. A guerra deve parar. Não quero continuar sentindo isso”, disse Qassab al-Attar, um palestino deficiente de Gaza cujos irmãos o carregavam para um abrigo quando as forças israelenses bombardearam sua casa.

O ataque do Hamas lançado na madrugada de sábado representou a maior e mais mortal incursão contra Israel desde que o Egito e a Síria lançaram um ataque repentino em um esforço para recuperar o território tomado por Israel na guerra do Yom Kippur, há 50 anos.

O conflito pode prejudicar os movimentos apoiados pelos Estados Unidos para normalizar as relações entre Israel e a Arábia Saudita – um realinhamento de segurança que pode ameaçar as esperanças palestinas de autodeterminação e o Irã, principal apoiador do Hamas.

O outro principal aliado regional de Teerã, o Hezbollah do Líbano, travou uma guerra com Israel em 2006 e disse que suas “armas e foguetes” estão com o Hamas. “Recomendamos ao Hezbollah que não se envolva nisso e não creio que o fará”, disse o porta-voz do exército israelense.

Reféns

Na manhã de domingo, os destroços do ataque de sábado ainda estavam espalhados pelas cidades do sul de Israel e pelas comunidades fronteiriças, e os israelenses estavam se recuperando com a visão de corpos ensanguentados nas ruas dos subúrbios, em carros e em suas casas.

Os combatentes palestinos escaparam de volta para Gaza com dezenas de reféns, incluindo soldados e civis. O Hamas disse que emitiria uma declaração no final do domingo informando quantos reféns havia capturado.

Cerca de 30 israelenses desaparecidos que participavam de uma festa que foi alvo do ataque de sábado saíram do esconderijo no domingo, informou a mídia israelense.

A captura de tantos israelenses, alguns filmados sendo puxados através de postos de controle de segurança ou levados, sangrando, para Gaza, acrescenta outra camada de complicação para Netanyahu, depois de episódios anteriores em que reféns foram trocados por muitos prisioneiros palestinos.

O Hamas disparou mais foguetes contra Israel no domingo, com sirenes de ataque aéreo soando em todo o sul, e os militares israelenses disseram que combinariam uma retirada das áreas de fronteira com uma busca por mais homens armados.

O gabinete de Netanyahu disse que seu comando de segurança havia aprovado medidas para destruir “por muitos anos” as capacidades militares e governamentais do Hamas e da Jihad Islâmica, outro grupo militante que disse que também está mantendo prisioneiros, incluindo o corte de eletricidade, suprimentos de combustível e a entrada de mercadorias em Gaza.

O bombardeio israelense em Gaza começou logo após o ataque do Hamas e continuou durante a noite e este domingo, destruindo os escritórios e os campos de treinamento do grupo, além de casas e outros edifícios civis. O Hamas disse que Israel havia cortado o fornecimento de água para algumas áreas.

As autoridades de saúde palestinas disseram que 313 pessoas foram mortas em Gaza e quase 2 mil ficaram feridas nos ataques de retaliação promovidos por Israel.

Mais de 20 mil palestinos em Gaza buscaram refúgio em escolas administradas pelas Nações Unidas, segundo a agência de refugiados palestinos da ONU.

Fumaça preta, flashes laranja e fogo iluminaram o céu devido às explosões. Os drones israelenses podiam ser ouvidos circulando sobre Gaza. Ao contrário de algumas rodadas anteriores de ataques, os militares israelenses não avisaram com antecedência sobre os ataques a edifícios residenciais.

Em um campo de refugiados na região central de Gaza, os vizinhos removeram os escombros para retirar os corpos de sete pessoas de uma família, incluindo cinco crianças, cuja casa havia sido bombardeada por Israel.

“Crianças aterrorizadas”

Em Khan Younis, no sul de Gaza, as pessoas vasculharam os restos de uma mesquita na madrugada de domingo. “Terminamos as orações noturnas e, de repente, a mesquita foi bombardeada. Eles aterrorizaram as crianças, os idosos e as mulheres”, disse o morador Ramez Hneideq.

A escalada do banho de sangue ocorre em um cenário violência crescente entre Israel e militantes palestinos na Cisjordânia cada vez mais ocupada por Israel, onde uma autoridade palestina exerce um autogoverno limitado, com a oposição do Hamas, que quer a destruição de Israel.

As condições na Cisjordânia nos últimos anos pioraram sob o governo de extrema direita de Netanyahu, com mais invasões israelenses e ataques de colonos judeus a vilarejos palestinos, e a Autoridade Palestina convocou uma reunião de emergência da Liga Árabe.

A pacificação está paralisada há anos e a política israelense foi convulsionada este ano por disputas internas sobre os planos de Netanyahu de reformular o judiciário para ganhar mais poder.

O líder do Hamas, Ismail Haniyeh, disse que o ataque que começou em Gaza se estenderá à Cisjordânia e a Jerusalém. Os habitantes de Gaza vivem sob um bloqueio liderado por Israel há 16 anos, desde que o Hamas assumiu o controle do território em 2007.

Em um discurso, Haniyeh destacou o que chamou de ameaças à Mesquita Al-Aqsa de Jerusalém, em um local que também é sagrado para os judeus, que o conhecem como o Monte do Templo, a continuação do bloqueio israelense e a normalização israelense com os países da região.

“Quantas vezes já avisamos que o povo palestino vive em campos de refugiados há 75 anos, e vocês se recusam a reconhecer os direitos do nosso povo?”

No norte, o Hezbollah do Líbano disse em um comunicado que havia realizado um ataque com foguetes e artilharia nas Fazendas Shebaa, um pedaço de terra tomado por Israel desde 1967 que o Líbano reivindica.

Israel respondeu com fogo de artilharia e ataques de drones. A televisão israelense disse que mais tarde empregou um sistema de defesa antimísseis. Não houve relatos de vítimas.

Os países ocidentais, liderados pelos EUA, denunciaram o ataque de sábado. O presidente norte-americano, Joe Biden, emitiu um aviso contundente ao Irã e a outros países: “Este não é um momento para qualquer partido hostil a Israel explorar esses ataques.”

Osama Hamdan, líder do Hamas no Líbano, disse à Reuters que a operação de sábado deve fazer com que os países árabes percebam que aceitar as exigências de segurança israelenses não trará a paz.

Em todo o Oriente Médio, houve manifestações de apoio ao Hamas, enquanto o Irã e o Hezbollah elogiaram o ataque.

O fato de Israel ter sido pego completamente desprevenido foi lamentado como uma das piores falhas de inteligência de sua história, um choque para uma nação que se vangloria de sua intensa infiltração e monitoramento de militantes.

Os principais índices da Bolsa de Valores de Tel Aviv caíram 6% no domingo e os investidores esperam que a violência provoque uma fuga de ativos para o ouro e outros ativos considerados como mais seguros.

Publicidade
Publicidade
ELEIÇÕES
Publicidade
Publicidade
ELEIÇÕES

NEWS QUE VOCÊ VAI QUERER LER

Armênia anuncia reconhecimento do Estado da Palestina

Armênia anuncia reconhecimento do Estado da Palestina

Em nota, governo diz que deseja paz duradoura e trégua imediata
L
Forças israelenses intensificam bombardeio em Gaza

Forças israelenses intensificam bombardeio em Gaza

Segundo moradores, objetivo é tentar concluir captura de Rafah
L
Tribunal da Namíbia anula lei que criminalizava relações homossexuais

Tribunal da Namíbia anula lei que criminalizava relações homossexuais

Legislação era de 1927, quando o país estava sob mandato sul-africano
L
Número de mortos na grande peregrinação a Meca ultrapassa mil

Número de mortos na grande peregrinação a Meca ultrapassa mil

Rituais ocorreram sob temperaturas muito elevadas
L
Equador sofre apagão nacional por falhas de transmissão

Equador sofre apagão nacional por falhas de transmissão

Cerca de 18 milhões de habitantes ficaram sem energia
L
Publicidade

DESTAQUES NEWS

Assista ao Vivo: 3ª noite do Flor do Maracujá 2024 – 40ª Edição

Celebre a cultura e a tradição na 40ª edição do Flor do Maracujá. Não perca a 3ª noite do evento mais esperado do ano!
L

Maior arraial do Norte: veja programação do Flor do Maracujá deste domingo, 23

Neste domingo (23), o arraial traz uma programação repleta de atrações para a população.
L

Inverno é sinônimo de frio e baixa umidade do ar para os pets

Cães e gatos também podem sofrer com o desconforto de doenças articulares e respiratórias
L

Vamos falar de carne: churrasco, ponto da carne, suco ou sangue…

Domingo lembra churrasco, então já fazemos planos para o tradicional churrasco, não é verdade? Carvão, grelha, sal, carne.
L

Haval eleva a disputa dos SUVs médios com o H6 PHEV19

Modelo tem preço a partir de R$ 239 mil e permitirá ligar qualquer aparelho elétrico de 220 V
L
Publicidade

EMPREGOS E CONCURSOS

Minalinda: Oportunidade de Emprego: Auxiliar de Serviços Gerais / Produção

Estamos contratando profissionais dinâmicos e comprometidos para auxiliar nas atividades gerais e na linha de produção. Venha fazer parte da nossa equipe!
L

Minalinda: Oportunidade de Emprego na vaga de Motorista / Entregador

Estamos contratando um profissional responsável e ágil para conduzir veículos, realizar entregas e auxiliar na descarga de produtos. Faça parte da nossa equipe!
L
VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

VAGAS DE EMPREGO: confira as vagas ofertadas pelo Sine Municipal Porto Velho

Os atendimentos presenciais serão realizados das 07h30 às 13h30 para os que não possuem acesso à internet.
L
Locais de prova do CNU serão divulgados no dia 7 de agosto

Locais de prova do CNU serão divulgados no dia 7 de agosto

Provas serão aplicadas daqui dois meses, no dia 18 de agosto
L

Inscrições no concurso UNIR 2024 encerram nesta quinta-feira, dia 20

São ofertadas 74 vagas para servidores técnico-administrativos nos níveis médio e superior.
L
Publicidade

POLÍTICA

Valdir Vargas prestigia inauguração do Centro de Prevenção do Câncer em Vilhena

Pré-candidato à Prefeitura de Porto Velho e empresário participou da cerimônia de entrega junto a autoridades e destacou a importância da obra para a comunidade.
L

Dimas Craveiro apresenta propostas no #ComunidadeNews

Pré-candidato a vereador de Porto Velho discute segurança, infraestrutura e desenvolvimento econômico
L

Adriano Gomes apresenta propostas para agricultura familiar em entrevista ao #ComunidadeNews

Pré-candidato a vereador destaca compromissos e projetos para fortalecer pequenos produtores rurais em Porto Velho
L

Pré-candidato a prefeito Ricardo Frota apresenta propostas e visões para Porto Velho no #GiroNews

Ele destaca áreas prioritárias como saneamento, saúde, segurança e inclusão social
L
Dr. Fernando Máximo apoia a candidatura do Dr. Hiran Gallo e do Dr. Cleiton Bach no CFM

Dr. Fernando Máximo apoia a candidatura do Dr. Hiran Gallo e do Dr. Cleiton Bach no CFM

O deputado federal Dr. Fernando Máximo (UB) manifestou publicamente seu apoio aos dois candidatos, considerando que Rondônia possui duas cadeiras, atualmente ocupadas por esses médicos.
L
Publicidade

POLÍCIA

URGENTE: Suspeito de roubo é espancado duramente no centro de Porto Velho

URGENTE: Suspeito de roubo é espancado duramente no centro de Porto Velho

O rapaz foi socorrido em estado grave para o Hospital João Paulo II.
12

URGENTE: PM encontra corpo de homem que estava desaparecido em matagal no Morar Melhor

O rabecão fez a remoção para o IML.
18

Motociclista é executado em possível emboscada

O garupa sacou uma arma de fogo e efetuou vários tiros contra a vítima, que caiu ao solo agonizando até a morte.
18

Vereador Daniel é assassinado em Rondônia

O caso agora segue em investigação.
18

Apenado monitorado é morto a tiros e tijoladas na zona leste de Porto Velho

Equipes do BPTAR fizeram o isolamento do local e solicitaram perícia e rabecão para os trabalhos de praxe e remoção do corpo ao IML.
18
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segundo dia de programação do Flor do Maracujá marca estreia de grupos folclóricos de quadrilhas e boi-bumbá

O governador do estado, Marcos Rocha, reforçou a importância de fomentar a cultura.
L

Parque de diversões garante entretenimento para crianças e adultos no Arraial Flor do Maracujá

Essa diversidade garante diversão para toda a família.
L

IVA: novo capítulo tributário ou apenas mais uma ficção jurídica?

A Reforma preserva, é claro, a competitividade das empresas nacionais no mercado global ao não tributar as exportações de bens e serviços
L

Eleição ainda não mexe com eleitor, mas partidos esperam a grana do fundo eleitoral e começam a procurar vices

Não é certo que todas as candidaturas serão mantidas.
L

URGENTE: Comerciante atacado a tiros após matar bandido a facadas morre no hospital em Porto Velho

O comerciante foi socorrido por familiares para a UPA Leste.
18

IDENTIFICADO: Mulher encontra marido pescador morto boiando no Rio Caracol

Segundo a PM, a esposa do rapaz contou que, por causa da demora do marido em voltar da pescaria, foi até o local procurá-lo.
18

NOTA PESAR: Deputada Cristiane Lopes lamenta o falecimento do vereador Daniel de Souza Lopes de Novo Horizonte D’Oeste

Seguindo os passos dos pais, Daniel também se dedicou à agricultura, sempre demonstrando humildade e comprometimento com o campo.
L

URGENTE: Carro avança cruzamento e causa grave acidente com motoboy no centro

Uma equipe do Samu realizou os primeiros socorros e encaminhou o motoboy para a Policlínica Ana Adelaide.
12

NO SEMÁFORO: Motociclista avança sinal vermelho e causa acidente entre três veículos na Rio Madeira

O Samu foi acionado, mas ninguém precisou ser socorrido.
10

ATUALIZADA: Mulher é presa após tentar matar marido foragido na zona leste

A vítima com três perfurações, mão, e braço, recebeu os primeiros socorros do Samu e foi encaminhado para a UPA leste
16