Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019 - 14:53 (Educação)

L
LIVRE

PRIMEIRA MOSTRA DE VÍDEO AMBIENTAL DE RONDÔNIA REÚNEM PRODUÇÕES AUDIOVISUAIS DE ESTUDANTES DE TODO O ESTADO

A iniciativa tem com finalidade trabalhar a conscientização dos estudantes quanto ao meio ambiente em que vivem, trabalhando com o tema transversal do eixo educação ambiental.


Imprimir página

A 1° Mostra de Vídeo Ambiental de Rondônia (Movam-RO/2019) teve início na quarta-feira (13), em Porto Velho, com apresentação de 54 produções audiovisuais de estudantes das 44 escolas selecionadas de todo o Estado.

Os vídeos foram produzidos por estudantes do 6° ao 9° ano do ensino fundamental, do 1° ao 3° do ensino médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) matriculados nas escolas públicas de Rondônia. A iniciativa tem com finalidade trabalhar a conscientização dos estudantes quanto ao meio ambiente em que vivem, trabalhando com o tema transversal do eixo educação ambiental.

O projeto iniciou com 432 inscritos e passou por um processo criterioso de seleção que resultou num total de 160 alunos e professores orientadores, os quais estão com suas obras em exibição durante a 1° Mostra de Vídeo Ambiental de Rondônia, num total de 260 participantes entre alunos, professores e coordenadores.

Para o estudante Bruno da Silva Pereira,17 anos, do 2° ano do ensino médio da escola Carlos Drummond de Andrade, em Presidente Médici, que produziu o vídeo trabalhando os temas de potabilidade, poluição e desperdício da água, todos os temas estão interligados, e é uma forma de levar conhecimento e conscientização aos estudantes.

“Infelizmente a metade da população do nosso país não tem acesso ao saneamento básico, e a região Norte tem o pior índice de todos. Mas este projeto demostra a oportunidade que o governo está nos dando para expor aquilo que aprendemos dentro da sala de aula e contribuir com a sociedade, podendo colaborar com o cuidado do meio ambiente em que vivemos”, pontuou o estudante.

Bruno e a professora Lucimara ansiosos pelo resultado da premiação

De acordo com a professora e orientadora, Lucimara Lopes França, também da escola Carlos Drummond de Andrade, em Presidente Médici, o governo está de parabéns em apoiar o projeto. Segundo a orientadora, esta oportunidade de trabalhar o tema transversal leva para a escola uma discussão de grande relevância e que ajuda os alunos a pensar em como usar a tecnologia em favor do meio ambiente. “Este projeto é muito importante, pois faz com que os estudantes percebam o quanto são capazes discutir o tema e produzir material em favor de uma causa importante para a sociedade”, disse.

O secretário de Estado da Educação, Suamy Vivecananda, parabenizou os participantes, ressaltou a importância do projeto e disse que este é um desafio para que, através da educação, a sociedade se conscientize de que devemos preservar o meio ambiente. “Nós iremos trabalhar cada vez melhor. Temos estudantes talentosos, com muita criatividade, impulsionados por suas escolas, diretores e professores a exercitarem o conhecimento que ganham em sala de aula. O Governo de Rondônia está investindo para que os estudantes não fiquem apenas com teorias, mas possam por em prática tudo o que aprendem nas escolas”, pontuou.

A coordenação do evento informou ainda que a premiação da 1° Mostra de Vídeo Ambiental de Rondônia se dará na tarde desta quinta-feira (14). Notebooks e tablet estão entre os prêmios que serão entregue ao 1°, 2° e 3° lugar do ensino fundamental, médio e EJA. Serão premiados estudantes, professores orientadores e a escolas.

Texto: Cléber Souza

Fotos: Cléber Souza

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias