Terça-Feira, 09 de Julho de 2019 - 18:51 (Colaboradores)

L
LIVRE

POLÍTICA & MURUPI: MONOPÓLIO QUE MATA

Enquanto o monopólio da distribuição pela continuar existindo nem o álcool vai nos dar trégua. A Petrobrás é um atraso de vida!


Imprimir página

"Segundo informações de vocês mesmos, o Rodrigo Maia é o nosso general dentro da Câmara, agora para aprovar com toda certeza antes do recesso os dois turnos dessa nova Previdência". Bolsonaro para jornalista sem conversa informal.

A Petrobras sabe lá Deus o porquê, reduziu ontem os preços de gasolina e diesel nas refinarias em respectivamente 4,4% e 3,8%. Com a redução o valor médio do litro da gasolina nas refinarias – não nas bombas – passará para R$ 1,6817 e do diesel para R$ 2,0649. Com a adoção da nova política de ajuste de preços em 2017, a gasolina acumula alta de 28,54% e diesel 52,20%. Enquanto o monopólio da distribuição pela continuar existindo nem o álcool vai nos dar trégua. A Petrobrás é um atraso de vida!

 

Bem no estilo Daniel Pereira, o Sebrae lidera a organização do 1º Forum Internacional do Turismo de Rondônia num tríplice evento em Porto Velho, Ariquemes e Cacoal com a Prefeitura de Porto Velho, Governo do Estado trazendo palestrantes dos EUA, Peru e Costa Rica que irão mostrar “cases” adaptáveis à nossa realidade. O que eles têm em seus países nós também temos, mas precisamos aprender a forma que utilizaram para transformar riquezas naturais em negócio turístico solidário, diz Daniel Pereira. O evento será aberto no TCE-RO, dia 107 de julho de 14 às 22 horas. 0800-570-0800.     

“Água mole em pedra dura...” Depois de apanhar mais do que tapete em dia de faxina, o ministro Sérgio Moro pediu um tempo. Somente cinco dias. Pausa para energizar-se, ficar com a família e quem sabe reavaliar oque fez, reestruturar-se, avaliar se a guerravale a pena ser travada, pensar sobre o futuro, o seu desgaste e situar-se em termos profissionais. Voltar a ser juiz é impossível. Manter-se ministro está sendo difícil. E ai?

A PF, a partir de ações da DRE, GISE e apoio da Sejus, saíram com 20 mandados de prisão preventiva e 20 de busca e apreensão em Porto Velho, Guajará-Mirim, Vilhena, Ji-Paraná, Cacoal, Dourados e Campo Grande, ambas no Mato Grosso do Sul. O fito é desarticular a facção que atua fortemente nos dois estados. “Baculejo de responsa”, na linha de sufocar os líderes da facção que mesmo presos tinham acesso a celulares para as ordens. E a PF foi aos presídios onde achou muito “bagúio estragado”.

5-E agora José?

Foi dado o pontapé inicial. O relatório da reforma da Previdência passou na CCJ, hoje está no plenário onde será aprovado para passear depois no Senado – casa revisora – que vai homologar o que for feito na Câmara. Até aqui “morreu Neves”. Mas e depois? Depois Bolsonaro vai ter que dizer a que veio. Desemprego, crescimento pífio, mais reformas? E o país andando como caranguejo vai avançar ou será engolido pelo mar? Maia lidera e Bolsonaro vai a reboque. “Quo vadis Domine?” Só Jesus tem a resposta!

[email protected]

Fonte: Leo Ladeia/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias