Terça-Feira, 16 de Julho de 2019 - 16:03 (Colaboradores)

L
LIVRE

POLÍTICA & MURUPI: 50 ANOS DE LUA

Sempre achei que meu pai estava sozinho nesta crença e fiquei pasmo ao descobrir por uma pesquisa do Datafolha que 26% dos brasileiros jogam no mesmo time do meu velho.


Imprimir página

“Campanha contra a Lavajato está beirando o ridículo”. Ministro Sérgio Moro

1-Trocando a fechadura do cofre

Gustavo Montezano engenheiro pelo Instituto Militar de Engenharia, 17 anos atuando no mercado financeiro, ex-sócio do Banco Pactual, mestre em finanças terá o desafio de como presidente do BNDES reerguer o nome do banco e atuar em privatizações, investir em infraestrutura, saneamento além da reestruturação financeira de estados e municípios.

Afinado com Bolsonaro, Montezano é crítico desde a campanha dos empréstimos a países como Cuba e Venezuela. Trocaram a fechadura da caixa preta.

2-Do notdisturb

A Anatel promete –só acredito vendo – que a era do abusivo telemarketing chegou ao fim e que as manhãs de sábados e domingo estarão livres das ligações “gerundianas” da moça do telemarketing.

No site Não me Perturbe o consumidor cadastra o número do telefone que inferniza a sua vida e nunca mais. Um detalhe, o prazo para o bloqueio efetivamente ocorrer é de 30 dias. Até lá prepare o estoque de Fluoxetina, Rivotri, Gardenal, maracujina e muita paciência. Dizem que vai dar certo. Será?

03-Torpedo na Lavajato

O ministro Dias Toffoli suspendeu os processos que envolvem dados compartilhados pelo Fisco, Coaf e Bacen que não tenham a supervisão da Justiça e Flávio Bolsonaro é o causador e beneficiário da medida nu rumoroso caso Queiroz.

“Considerando que o Ministério Público vem promovendo procedimentos de investigação criminal (PIC), sem supervisão judicial, o que é de todo temerário do ponto de vista das garantias constitucionais que assistem a qualquer indiciado ou a qualquer pessoa sob investigação do Estado, revela-se prudente ainda suspender esses procedimentos que tramitam no território nacional e versem sobre o mesmo tema, de modo a evitar eventual usurpação de competência do Poder Judiciário”, disse Dr. Toffoli. Deu ruim!

4-Recursos para obras em Porto Velho

A Câmara de Vereadores aprovou por maioria folgada um projeto da Prefeitura para contratar empréstimo de R$ 75 milhões junto à Caixa Econômica Federal para realizar obras de drenagem e asfaltamento em torno de 120 quilômetros de ruas, em diversos bairros e especialmente nas vias onde o sistema de escoamento das águas pluviais já está pronto.

Empréstimos para investimentos são sempre oportunos, mormente se a prefeitura tem demanda, crédito, previsão de pagamento e não tem montante em caixa disponível para a necessidade. Ruim é fazer empréstimo para cobrir despesas.

5-50 anos de lua

Seu Juvêncio, meu pai, morreu há três anos sem acreditar que algum homem tivesse pisado na lua. Sempre achei que meu pai estava sozinho nesta crença e fiquei pasmo ao descobrir por uma pesquisa do Datafolha que 26% dos brasileiros jogam no mesmo time do meu velho.

A exatos 50 anos, a bordo da Apollo 11, a equipe de astronautas - Armstrong, Jim Lovell e Aldrin - colocava os EUA à frente da “corrida espacial”.

[email protected]

Fonte: Leo Ladeia/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias