Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019 - 11:24 (Educação)

L
LIVRE

MAIS DE MIL AULÕES SÃO REALIZADOS NA CAPITAL E SEDUC ENCERRA A MARATONA COM INSTITUIÇÕES PARCEIRAS

Na capital, mais de mil aulões foram registrados este ano pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), que permanece com a intensificação dos estudos com foco em bons resultados da comunidade estudantil no Exame Nacional de Aprendizagem – Enem


Imprimir página

A maratona de aulões realizada pelo Governo do Estado em parceria com instituições privadas teve sua última edição no sábado (19), no auditório da Uniron Campus III – Porto Velho Shopping, em Porto Velho, Rondônia. Na capital, mais de mil aulões foram registrados este ano pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), que permanece com a intensificação dos estudos com foco em bons resultados da comunidade estudantil no Exame Nacional de Aprendizagem – Enem, com provas marcadas para os dias 3 e 10 de novembro, em todo o Brasil.

A estudante Vitória Marques, 18 anos, cursa o 3° ano do ensino médio na Escola Murilo Braga, em Porto Velho, desde o primeiro ano do ensino médio se dedica a estudar para conseguir uma vaga no curso de Medicina por meio do Enem. Ela é um dos estudantes que deixam o conforto do lar no final de semana para acompanhar a maratona dos aulões organizados pelo governo.

“Toda hora e local é ideal para estudar. Eu quero ser aprovada para cursar Medicina, um curso bastante concorrido, tenho que me dedicar bastante e os aulões no sábado é uma grande oportunidade. Este ano eu percebi que houve mais pressão e opções para estudar. Os professores estão focados em ajudar e isso é muito bom. Parece que estou numa panela e a pressão está me empurrado para avançar. Minha mãe fica feliz, por que vê a dedicação, e o fato de eu ser mulher e negra, faz eu me dedicar mais” – refletiu a estudante.

TRÊS VERSÕES

O número de Aulões oferecidos pela secretaria é bem maior quando agregado ao trabalho realizado em todo o Estado pelas regionais. A ação faz parte do Projeto Mandando Bem no Enem, que atinge os estudantes do 3º ano das escolas estaduais. No governo atual a secretaria de Educação passou a realizar três versões da aula que tem como didática ensinar métodos e técnicas, além dos conteúdos, que possibilitem preparar os estudantes para as avaliações externas, e foi denominada popularmente como Aulão.

Para ajudar na aprendizagem dos estudantes da rede de ensino estadual foram organizados aulões concentrados em unidades escolares da rede pública estadual; os itinerantes com professores da rede convidados a ministrar aulas nas 18 Coordenadorias Regionais da Seduc que atendem os 52 municípios; e os realizados em parcerias, como é o caso de instituições de ensino superior, em auditórios e quadras.

O professor de matemática da rede pública estadual Ledson Oliveira, ministrou aula no último Aulão com parceiros, mas tem no currículo mais atuações pelo Estado, da cidade de Guajará Mirim ao município de Vilhena. Desde o começo do ano ele participa do projeto. O professor assume que foi aperfeiçoando técnicas para motivar os alunos e colocar em foco o que vai contribuir com a resolução de questões no Exame Nacional.

“Aqui você traz a nata, as dicas poderosas que fazem diferença na hora da prova. O aluno vem para este lugar em busca de estratégias, aquilo que chamamos na matemática de “bizu” ou de atalhos que ajudem o aluno a responder questões de maneira rápida e certa. Trabalhar o tempo para que ele consiga se organizar mentalmente ao deparar-se com número de questões da prova, em torno de 90, e dividir esse tempo para solucionar uma questão em no máximo 3 minutos. Cortar caminhos” – alertou Ledson.

ÚLTIMO AULÃO

Professor de matemática da rede pública estadual Ledson Oliveira

Neste sábado (19) foi realizado aulas dos componentes curriculares Língua Portuguesa, Matemática e Geografia. O evento reuniu em torno de 350 estudantes, das escolas estaduais, EEEM Major Guapindaia, EEEFM Governador Araújo Lima, Ceeja Padre Moretti, Tiradentes, EEEFM Barão de Solimões, EEEFM Marcelo Cândia Subsed I, EEEFM Murilo Braga, EEEFM Risoleta Neves, EEEFM São Luiz, EEEFM João Bento da Costa, EEEFMTI Lydia Johnson de Macedo, IEE Carmela Dutra.

O diretor da faculdade, Alexandre Porto, disse que essa foi a primeira parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para realização do Aulão, mas já havia atendido a clientela estudantil das escolas estaduais João Bento da Costa e o Carmela Dutra. “Nós sabemos que pensar educação é cuidar do futuro e a secretaria de educação vem demonstrando seriedade na gestão do Enem e na intenção de levar conhecimento aos alunos, que são futuros estudantes do ensino superior. Tudo isso junta no objetivo de instituições sérias e por isso já estamos de portas abertas para ampliar esta parceria para o próximo ano – elogiou o diretor.

A secretaria de Estado da Educação fecha o ciclo de atividades com instituições parceiras, mas permanece com aulas intensivas até o dia do Exame Nacional. Acompanhado com as aulas a secretaria ainda realizou dois simulados em todo o Estado, e atendeu os alunos do 9º ano com o formato de aulões preparativo para Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que começa nesta segunda-feira (21) em todo o Brasil.

SAEB 2019

Entre o dia 21 de outubro e o dia 1º de novembro, escolas do Brasil inteiro irão parar para receber a prova do Saeb, organizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do MEC, e tem como principal intuito avaliar o rendimento das escolas públicas do país, e testa conhecimentos em língua portuguesa e matemática.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias