Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019 - 09:11 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: EURO TOURINHO O DECANO DO JORNALISMO BRASILEIRO

Euro Tourinho o decano do jornalismo brasileiro, proporcionou na manhã de ontem 12, na sede do jornal Alto Madeira, uma aula de história a equipe de alunos do 4º, 5º e 6º período de jornalismo.


Imprimir página

Euro Tourinho o decano do jornalismo brasileiro, proporcionou na manhã de ontem 12, na sede do jornal Alto Madeira, uma aula de história a equipe de alunos do 4º, 5º e 6º período de jornalismo da Uniron.

Os jovens futuros jornalistas, estão escrevendo o E-Book com a história do seu Euro e conseguiram a tão sonhada entrevista com o símbolo do jornalismo da Região Norte o querido Euro Tourinho, que do alto de seus 97 anos, está com a memória aguçada. Euro lembrou detalhes de fatos que aconteceram a dezenas de anos.

Como demos nossa contribuição à obra, que está sendo desenvolvida pelos acadêmicos de jornalismo Tamara Lima, Carlos Sabino, Manoel Victor Maciel, Nelson Maciel, Giuliana Miranda e Camile Buzzi

Fomos convidados a participar da entrevista, também participaram da aula do melhor professor de jornalismo de Rondônia, o escritor Silvio Percivo, Fotografa Rosinaldo Machado e o irmão de Euro Manoel Tourinho.

Foi uma verdadeira viagem no tempo. Obrigado jovens acadêmicos da Uniron e muito obrigado ao seu Euro Tourinho pela aula!

Por falar em alegria, hoje acontece aquela reunião, entre a Funcultural e Sejucel cuja pauta, é a parceria do governo do estado na montagem da estrutura de arquibancadas, camarotes, iluminação e sonorização e banheiros químicos para a montagem da passarela do samba, para os desfiles das escolas no carnaval de 2020.

A reunião será na sede da Sejucel no CPA, às 9 horas da manhã desta quarta feira 13, dia do clássico Vasco X Flamengo. Já pensou se o Vasco vence do Flamengo, vai ser um Deus nos acuda com a urubuzada chorando.

Deixando as picuinhas futebolística de lado. A pergunta que não quer calar é:

Quem será responsável pela festa em comemoração ao Dia Nacional do Samba 2 de dezembro?

Nos dois últimos anos, a prefeitura através da Funcultural realizou grande festa em frente ao Mercado Cultural, promovendo o encontro de sambista Cariocas que vieram do Rio de Janeiro com os sambistas de Porto Velho.

Nos dois anos, os convidados cariocas foram compositores que fazem parte do "Quintal do Pagodinho" e a praça em frente ao Mercado Cultural nos dois anos, recebeu grande público.

Agora, já estamos quase na metade do mês de novembro e nem a Funcultural e nem a Fesec divulgou alguma coisa, sobre a programação para o Dia do Samba.

Ta certo que este ano o Dia do Samba cai numa segunda feira porém, essas entidades que tem a ver, bem poderiam já ter divulgado alguma coisa.

Na realidade, a Funcultural precisa ser provocada por alguém ou alguma entidade, com vontade de festejar a data. Assim aconteceu nos dois últimos anos, quando Ocampo e Cia foi provocado pelo Beto Cezar que fez os contatos com os compositores do Rio de Janeiro e a coisa saiu redondinha.

Este ano nem o Beto Cezar pelo menos até ontem, havia comentado se vai tomar a frente ou não das comemorações relativas ao Dia do Samba em Porto Velho.

A turma do Samba Autoral também ainda não se manifestou sobre a data, até porque, o Samba Autoral de Dezembro, vai acontecer no dia 7, justamente véspera do meu aniversário.

Sinceramente, acho que quem deveria tomar a frente da programação em comemoração ao Dia do Samba, era a Federação das Escolas de Samba de Porto Velho – FESEC.

Fonte: 015 - Silvio Santos/NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias