Domingo, 17 de Novembro de 2019 - 17:29 (Saude)

L
LIVRE

LEI DE CRISTIANE LOPES SOBRE ATENDIMENTO PREFERENCIAL ÀS PESSOAS COM FIBROMIALGIA ENTRA EM VIGOR

O objetivo da lei é ajudar a diminuir o tempo de espera em filas, principalmente em momentos de crises.


Imprimir página

Foi publicada no diário oficial e já está em vigor, a Lei nº 2679/2019 de autoria da vereadora Cristiane Lopes (PP). As pessoas que sofrem com fibromialgia passam a ter direito ao atendimento preferencial em diversos serviços oferecidos na Capital. Para isso é preciso apresentar o laudo médico.

O objetivo da lei é ajudar a diminuir o tempo de espera em filas, principalmente em momentos de crises. "Tenho acompanhado diversos casos de pessoas que sofrem com a doença e vejo que não é fácil nem sair de casa, quanto mais enfrentar filas para situações que não podem ficar para depois. Espero que a lei sirva para dar um conforto à todos aqueles que sofrem, principalmente durante as crises", ressaltou a parlamentar.

Mulheres são as que mais sofrem com a doença

A estimativa, segundo a Academia Brasileira de Neurologia (ABN) é que a fibromialgia afete de 2% a 3% da população brasileira, principalmente mulheres de 30 a 55 anos. Entre os sintomas estão: dores em todo o corpo, cansaço, insônia, problemas de memória, ansiedade, alterações intestinais e depressão. O tratamento busca aliviar o sofrimento com medicamentos, atividades físicas e fisioterapia.

Fonte: Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias