Segunda-Feira, 04 de Novembro de 2019 - 10:16 (Nacional)

L
LIVRE

INEP: FOTO VAZADA DA PROVA DO ENEM 2019 É REAL. PF INVESTIGA

A origem e a identidade do responsável pela divulgação da imagem, que circula nas redes sociais, já estão sendo investigadas


Imprimir página

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou, na tarde deste domingo (03), que é verdadeira a imagem da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 que circula nas redes sociais. A foto teria sido feita em Pernambuco, de acordo com o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

“É importante esclarecer que a divulgação, que ocorreu após o início da aplicação, não prejudicou o andamento do exame. Todos os participantes já tinham passado pelos procedimentos de segurança e estavam nos locais de prova”, afirmou o órgão em nota.

O Inep informou ainda que a origem e a identidade do responsável pela divulgação da imagem já estão sob investigação pelos órgãos competentes.

O ministro da Educação usou as redes sociais para informar que a divulgação da fofo não compromete o exame. “Todos os procedimentos [de segurança] já haviam sido realizados, a prova já havia sido distribuída para todo mundo e alguém tirou a foto e colocou nas redes”, explicou o ministro.

“Tudo segue normal. Agora, a Polícia Federal vai identificar essa pessoa responsável e vai tomar as devidas providencias legais contra ela. Isso aparentemente acontece em Pernambuco”, afirma Weintraub.

Em vídeo publicado nas redes sociais, o ministro disse que a suspeita é de que o vazamento e a publicação tenha partido do estado de Pernambuco.

“Isso aparentemente aconteceu em Pernambuco e a gente já está chegando ao nome da pessoa”, disse o ministro em vídeo publicado no Twitter. Segundo ele, o caso está sendo investigado pela Polícia Federal.

As apurações apontam que um aplicador de prova teria pegado o exame da prova de um ausente e tirou a foto.“Agora ele vai ter que responder na Justiça”, disse o ministro. “Ninguém foi lesado, mas houve a tentativa de colocar em xeque o Enem”, avaliou.

Fonte: Metrópoles

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias