Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019 - 11:37 (Polícia)

16
Não recomendado para menores de 16 anos

GAROTA É ESTUPRADA ATÉ A MORTE POR QUATRO AMIGOS DE INFÂNCIA

Segundo a mídia local, a jovem garota ficou com a sua parte íntima totalmente destruída após o violento estupro


Imprimir página

Bolívia - Jhoselin Monica Calani, 17 anos, faleceu no hospital duas semanas após o suposto ataque em Oruro, no oeste da Bolívia. A vítima foi estuprada depois que bebeu com amigos em uma residência da cidade no mês passado, explicou o promotor Orlando Zapata à mídia local.

De acordo com relatos, a adolescente ficou inconsciente após duas bebidas e, quando acordou, não se lembrou do que havia acontecido.

De acordo com o Ministério Público, ela estava ” com muito frio”, tinha uma “dor forte nos quadris” e “dificuldade em se levantar”.

A mídia local informou que a vítima conseguiu sair de casa e foi socorrida por um pedestre que a conduziu a um hospital onde foi internada em estado crítico. Ela teria sido submetida a uma cirurgia reconstrutiva, mas acabou por morrer devido aos seus machucados sofridos.

A Procuradora Zapata disse que os suspeitos – todos com idades entre os 16 e os 17 anos – “aproveitaram a sua situação de amizade”.

Os suspeitos foram presos e estão atualmente sob custódia como medida preventiva, já que estão sendo investigados por estupro.

A mãe da vítima disse aos repórteres: “Estamos sofrendo ao invés de celebrarmos sua formatura. Eu quero dizer que esses caras não podem sair, a justiça deve ser feita, eles devem pagar pelo que fizeram, eles não devem ser punidos com uma pena menor.

Zapata disse que os investigadores ainda estão esperando por resultados forenses para descobrir se os suspeitos consumiram drogas na noite do suposto ataque.

Os suspeitos enfrentarão uma pena de 30 anos de prisão se forem considerados culpados, segundo as informações recebidas pelos jornais do país. Isso acontece depois que sete estupros de gangues foram registrados na Bolívia entre janeiro e abril de 2019.

A investigação está em andamento.

Fonte: 015 - Mceara

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias