Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019 - 11:13 (Tecnologia)

L
LIVRE

FIOCRUZ RO PROMOVE ESPAÇO ABERTO À DISCUSSÃO DA PESQUISA COM PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE

A primeira edição do evento ocorreu no ano passado, e levou milhares de pessoas ao Espaço Alternativo e ao shopping da capital. Neste ano, não foi diferente.


Imprimir página

Centenas de pessoas passaram pela Galeria de Artes, do Porto Velho Shopping, em Porto velho, na sexta e sábado (15 e 16), onde foi realizado o projeto Ciência na Rua. A iniciativa da Fiocruz RO é uma oportunidade para a população interagir com os pesquisadores, acadêmicos de mestrado e doutorado e voluntários que desenvolvem pesquisa na área da Saúde Pública, em Rondônia.

A primeira edição do evento ocorreu no ano passado, e levou milhares de pessoas ao Espaço Alternativo e ao shopping da capital. Neste ano, não foi diferente. Em alusão à 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) uma multidão compareceu ao Espaço Alternativo no dia 26 de setembro, e dando continuidade ao evento foi a vez do Porto Velho Shopping receber a comunidade em geral. O evento encerrou no sábado (16).

Palco do “Ciência Show” teve diversas demonstrações com a participação das crianças.

Preparado para chamar a atenção do público, o Ciência na Rua 2019 reservou muitas novidades. No Palco do Ciência Show, equipes se revezaram para apresentações teatrais bem criativas e lúdicas, com temáticas do cotidiano que envolvem o conhecimento científico e a participação da população no combate a algumas doenças. O cenário de uma floresta repercutiu positivamente entre os frequentadores, além disso, com um espaço dedicado a explicações de transmissões de doenças e como determinados vetores se reproduzem no ambiente, representando riscos à saúde humana.

Outra novidade, este ano, foi o espaço dedicado à construção da história da ciência na região e participação da Fiocruz RO em ações de pesquisa em saúde pública, com projeções de vídeos e narrativas que relembraram a passagem por Rondônia de personagens importantes como o médico sanitarista Oswaldo Cruz, no começo do século passado por ocasião da construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, e o professor Luiz Hildebrando Pereira da Silva, que teve papel de destaque na consolidação da pesquisa na área da saúde, em Rondônia.

O memorialista e historiador Anísio Gorayeb participou como convidado especial, promovendo amplo debate sobre a importância da Fiocruz RO para o desenvolvimento das políticas de saúde e fortalecimento da pesquisa na região Norte do país.

O coordenador da Fiocruz RO, Jansen Fernandes de Medeiros, enfatizou que o Ciência na Rua é uma iniciativa que veio para consolidar o ideal da instituição, de manter-se cada vez mais próximo da sociedade rondoniense, “uma vez que todos os nossos pesquisadores estão envolvidos, com seus laboratórios e projetos de pesquisa à disposição de toda a comunidade”.

Texto: José Gadelha

Fotos: José Gadelha

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias