Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019 - 09:25 (Cultura)

L
LIVRE

ESCOLAS DE SAMBA DE PORTO VELHO DECLARADAS PATRIMÔNIO CULTURAL

Agora cinco das principais escolas de samba filiadas a Federação da Escolas de Samba de Porto Velho – FESEC passam a contar com o reconhecimento da capital do estado de Rondônia.


Imprimir página

Os vereadores de Porto Velho aprovaram na tarde de segunda feira 11, por unanimidade, quatro Projetos de Lei (3927, 3928, 3929 e 3935) do vereador Aleks Palitot que reconhece as escolas de samba Império do Samba, Asfaltão, Acadêmicos do Armário Grande e Unidos da Rádio Farol respectivamente, em Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Município de Porto Velho.

A escola de samba Os Diplomatas a mais antiga de Rondônia, já havia sido reconhecida. "Agora vamos marcar audiência com o prefeito Hildon Chaves para que ele sancione os Projetos inclusive o da escola Diplomatas em ato que deve ocorrer em seu gabinete com a presença de toda e imprensa", disse o vereador Palitot.

Agora cinco das principais escolas de samba filiadas a Federação da Escolas de Samba de Porto Velho – FESEC passam a contar com o reconhecimento da capital do estado de Rondônia. "As escolas Acadêmicos do São João Batista e Acadêmicos da Zona Leste não entraram no Projeto do vereador Aleks Palitot porque a constituição diz que para uma entidade ser reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial deve estar funcionando a pelo menos 25 anos e as duas agremiações ainda não alcançaram essa idade", disse o presidente da Fesec Reginaldo Cardoso.

Os carnavalescos de todas as escolas de samba filiadas a Fesec prestigiaram com suas presenças a seção da Câmaras de Vereadores na qual os Projetos foram aprovados na tarde de segunda feira dia 11. "O próximo passo é propor a transformação dessas agremiações em entidades de Utilidade Pública", disse Palitot.

O carnavalesco Antônio Chagas Campo – Cabeleira um dos fundadores da escola de samba Os Diplomatas que completou 61 anos no último dia 4, e hoje é o presidente da escola Acadêmicos do Armário Grande agradeceu o vereador Aleks Palitot pela consideração para com nossas escolas de samba. "Esse menino merece nosso respeito, pelo trabalho em prol da cultura popular da nossa cidade", disse Cabeleira.

Presente a seção, o diretor de Cultura da Funcultural Eudes Claudino convidou os dirigentes de escolas de samba, para a reunião que deve acontecer nesta quarta feira 13, com o superintendente da Sejucel Jobson Bandeira. "Vamos falar sobre a parceria do governo estadual, na montagem da estrutura de arquibancadas, camarotes, iluminação e sonorização para os desfiles das escolas de samba que no próximo ano, deverão acontecer na avenida dos Imigrantes", disse Eudes.

Fonte: 015 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias