Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019 - 17:45 (Geral)

L
LIVRE

ENERGISA, SESI/SENAI E UNESCO MOBILIZARÃO 500 JOVENS PREPARANDO-OS PARA O MERCADO DE TRABALHO EM PROJETO DE INCLUSÃO SOCIAL EM RO

Confira!


Imprimir página

  • 135 alunos serão selecionados para cursos de capacitação específicos e poderão ser contratados

  • Formação completa terá aulas presenciais e online que contemplarão, por exemplo, educação financeira e competências socioemocionais

  • Cerca de 30 jovens devem cursar também a Educação de Jovens e Adultos (EJA) no SESI

O Grupo Energisa, o Serviço Social da Indústria (SESI), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) firmaram parceria para o desenvolvimento do Programa Geração Energia, no qual 500 jovens de 16 a 29 anos de Rondônia em situação de vulnerabilidade social receberão qualificação profissional e acesso ao Educação Livre,  ferramenta de desenvolvimento de competências do SESI. Dos 500 jovens mobilizados, todos receberão algum desenvolvimento pelo programa, que terá algumas fases e, ao final, 135 serão selecionados para cursos de capacitação mais específicos e poderão ser contratados para trabalhar na distribuidora de energia do estado.

 O Geração Energia é a convergência dos projetos Escola de Energia – em que Energisa e o SENAI são parceiros para formar profissionais para o setor elétrico, que já funciona em outros estados onde a Energisa atua – e o Educação Livre, da UNESCO e do SESI, que concede a jovens em situação de vulnerabilidade social qualificação profissional seguida de inserção no mercado de trabalho.

O evento de lançamento, realizado nessa quarta-feira (20) em Porto Velho, contou com a presença de 40 jovens das escolas Marcos de Barros Freire, Jorge Teixeira de Oliveira e do projeto Guarda Mirim que já foram selecionados para integrar o projeto. O estudante Guilherme Henrique da Silva Barros (18 anos), escolhido para representar a turma, disse que, muitas vezes, os jovens ficam ansiosos pelo futuro, se terão ou não oportunidade de estudar, de crescer, ter uma profissão. “Agora podemos ter um pouco mais de certeza sobre o futuro. O Geração Energia está abrindo portas para que possamos trilhar um caminho com muitas conquistas e, dessa forma, retribuir para nossa comunidade”, declarou.

A vice-presidente de Gente e Gestão do Grupo Energisa, Daniele Salomão, afirmou que esse é um projeto único, pensado para atender os estados de Rondônia e Acre. “Estamos plantando uma sementinha, dando a energia para que cada jovem desperte suas potencialidades, tenham formação profissional de qualidade para começar uma carreira brilhante”, afirmou.  A vice-presidente de um dos maiores grupos de energia elétrica do país contou aos jovens que entrou no mercado de trabalho aos 14 anos, por meio de um projeto semelhante a esse. “A educação é a principal ferramenta de transformação social. Acreditem em vocês e em seus potenciais, por que nós acreditamos em vocês”, frisou.

Na primeira fase, o projeto usará metodologias educativas inovadoras e sua tecnologia social para formar aproximadamente 500 jovens em competências socioemocionais, como planejamento, comunicação, educação financeira, cidadania, inteligência emocional e resolução de problemas.

“Acreditamos que os jovens podem e devem ser atores do seu próprio processo de desenvolvimento, para que possam encontrar igualdade de oportunidades, contribuir para a erradicação da pobreza e para soluções que melhorem o seu futuro”, destaca Marlova Jovchelovitch Noleto, Diretora e Representante da UNESCO no Brasil. 

A plataforma de aprendizagem online e as sessões presenciais vão selecionando os alunos no decorrer das fases do projeto. Ao final, 135 jovens serão selecionados para seguir nos cursos profissionalizantes do SENAI e poderão ser empregados na Energisa Rondônia. As formações disponíveis são de eletricista de rede, leiturista, aprendizagem industrial e qualidade no atendimento, além de assistentes administrativos – esta última dedicada a pessoas com deficiência (PCD). “Dispomos de ampla experiência na formação profissional de jovens e sua inserção no mercado de trabalho, inclusive em parceria com o Grupo Energisa em outras regiões do Brasil”, diz Sérgio Moreira, Diretor Adjunto do SENAI.

Está prevista ainda a seleção de 30 jovens para cursar a Educação de Jovens e Adultos (EJA), com o objetivo de qualificar também aqueles que não concluíram o Ensino Fundamental ou o Médio, dando a oportunidade de concluir os estudos e participar do programa, para que possam se desenvolver.  

No momento, o projeto está fazendo a seleção dos primeiros 500 jovens que participarão do programa. A formação completa dos 135 jovens tem duração de 12 meses e os currículos de todos os 500 selecionados serão armazenados em um banco de talentos para vagas futuras na Energisa e em outras empresas do estado.

Sobre a Energisa

Com 114 anos de história, o Grupo Energisa é o 5º maior em distribuição de energia elétrica. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre.  O Grupo atende a 7,8 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de quase 20 milhões de pessoas) em 862 municípios em todas as regiões do Brasil. Com receita líquida anual de R$ 15,8 bilhões (ano 2018), o grupo gera aproximadamente 19 mil empregos diretos e indiretos.

Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, geração, transmissão, energias renováveis, serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções), serviços especializados de Call Center (Multi Energisa),comercialização de energia (Energisa Comercializadora) e soluções em energia distribuída (Alsol).

Fonte: 010 - assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias