Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019 - 18:11 (Geral)

L
LIVRE

ENERGISA ORIENTA SOBRE SEGURANÇA COM A REDE EM CASO DE TEMPORAIS

Durante um temporal, muita coisa pode acontecer.


Imprimir página

O período chuvoso em Rondônia é marcado por alta incidência de raios e ventos fortes. Esse cenário tem impacto direto no sistema elétrico, já que a rede é aérea e está sujeita a condições climáticas severas.  Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), os raios são responsáveis por cerca de 70% dos desligamentos na rede de transmissão e 40% na de distribuição de energia e queima de transformadores no Brasil. 

Durante os temporais são frequentes casos de quedas de árvores, deslizamento de terras e objetos que são lançados sobre a rede, causando o rompimento de cabos de energia e a destruição de postes, provocando o desabastecimento de energia. 

Para amenizar esses transtornos, a Energisa investe constantemente na modernização e manutenção do sistema elétrico.  "Ao longo do ano a gente se preparou para este período chuvoso, visto que a nossa rede de distribuição é aérea e tem impacto direto dos eventos climáticos. É feito trabalho de manutenção preventiva, com investimentos em infraestrutura e reforço de equipes para atendimento emergencial e assim estarmos preparados para esta época", afirma Elson Borges, gerente do Departamento de Operação.

Durante um temporal, muita coisa pode acontecer. Chuvas e ventos fortes derrubam árvores, lançam objetos na linha elétrica e provocam deslizamento de terras. Por conta de todos esses fatores, é fundamental tomar algumas medidas para garantir a sua segurança e evitar, também, perdas materiais.

Ao perceber a aproximação de temporais, retire da tomada e desconecte os cabos ligados aos aparelhos eletrônicos. Evite contato com objetos metálicos que estejam ligados à eletricidade, como fogões e geladeiras. E ainda evite utilizar telefone com linha enquanto durar a tempestade. Também se afaste de tomadas, janelas e portas metálicas. Outra coisa: não é recomendado o uso de chuveiro, secador ou chapinha, entre outros.  

Em áreas mais abertas, principalmente na zona rural, fique longe de estruturas altas, como torres de telefone ou de energia. Também não se abrigue embaixo de árvores. "Ao se deparar com cabos no chão, independentes da situação, não se aproxime. Nós temos equipamentos de proteção que, nessas situações desligam o sistema, mas como a energia não é visível, não tem como você saber se o cabo está ou não energizado", alerta Elson.

Em casos de situações envolvendo a rede elétrica, entre em contato com a Energisa o quanto antes. O contato pode ser pelo 0800 647 0120 (ligação gratuita), redes sociais (Facebook ou Twitter) e site www.energisa.com.br.

Cuidados em caso de tempestades:

•        Fique distante dos cabos partidos;

•        Se o cabo partido cair sobre o veículo, fique dentro do carro. Chame a Energisa pelo 0800 647 0120      ou o Corpo de Bombeiros 193; 

•        Retire todos os aparelhos eletroeletrônicos das tomadas e desligue os fios de antena dos aparelhos;

•        Evite o uso do telefone com linha durante a tempestade com raios;

•        Fique longe de árvores e evite ficar próximo de estruturas altas como torres de telefone ou de energia elétrica;

•        Mantenha distância das tomadas, janelas e portas metálicas;

•        Jamais se aproxime de fios partidos ou caídos, nem toque em pessoas ou objetos que estejam em contato com a rede elétrica;

•        Afaste-se de campos abertos;

•        Permaneça dentro do carro, pois ele garante isolação em caso de descargas atmosféricas;

•        Mantenha-se longe de rios, córregos, lagoas etc;

 

•        Chuveiro ou torneira elétrica (secador, chapinha, entre outros) devem ser desligados.

Fonte: 010 - assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias