Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019 - 10:25 (Agronegocios)

L
LIVRE

CASTANHAL É DESTAQUE NA SEMANA INTERNACIONAL DO CAFÉ 2019

Empresa apresenta seu portfólio de sacaria com a marca 'Cafés do Brasil', reconhecida em todo o mundo, e destaca aplicações inovadoras da juta no espaço 'Juta Experience'


Imprimir página

A Castanhal Companhia Têxtil, maior fabricante de fios, telas e sacarias de fibra de juta das Américas, é destaque da Semana Internacional do Café (SIC) - principal evento nacional do setor e um dos maiores do mundo. Durante o evento, que acontece de 20 a 22 de novembro, no Expominas, em Belo Horizonte (MG), a empresa apresenta seu portfólio de sacaria com a marca 'Cafés do Brasil', reconhecida em todo o mundo, e destaca aplicações inovadoras da juta no espaço 'Juta Experience'.

Cafés do Brasil'

O Brasil é o maior produtor e exportador de café e segundo maior consumidor da bebida no mundo. A Castanhal é a maior fabricante nacional a atender ao setor cafeeiro com sacaria de juta, que recebe a estampa 'Cafés do Brasil' com tinta à base de água para não contaminar o grão de café.

A Castanhal oferece soluções de Sacaria de Juta para Café nas opções para 25 kg, 30 kg e 60 kg -- nas versões com ou sem impressão. O portfólio será apresentado em seu stand na SIC 2019, destacando o lançamento da embalagem de 3 kg com a marca 'Cafés do Brasil', direcionada a Cafeterias Premium.

Hélio Meirelles, Diretor Vice-Presidente da Castanhal, declara: "Reunindo cafeicultores, torrefadores, classificadores, exportadores, compradores, fornecedores, empresários, baristas, proprietários de cafeterias e apreciadores de café, a SIC representa uma ótima oportunidade de apresentar nossas novidades em produtos e serviços, conhecer as tendências e inovações do mercado, ouvir as necessidades individuais de nossos parceiros comerciais e estabelecer novas conexões".

'Juta Experience'

Ocupando uma área de 30m², o espaço 'Juta Experience' leva para o stand da Castanhal na SIC 2019 aplicações inovadoras da juta -- uma fibra 100% sustentável -- em segmentos como moda e decoração. São peças de vestuário, acessórios e artesanato, entre outras, desenvolvidas na sua maioria com a marca 'Cafés do Brasil' pela artesã Maria Del Carmen. Os itens estarão à venda por preços especiais para os visitantes do evento.

Sacaria de Juta para Café

A sacaria de juta é utilizada há séculos como a embalagem mais eficiente para armazenar e transportar grãos de café verde, regulando seus níveis de umidade e preservando os sabores e os aromas do produto. Referência no segmento, facilita o empilhamento e o armazenamento, permitindo controlar a qualidade do café -- através da checagem de amostras -- e monitorar eficientemente os lotes.

Os sacos de juta da Castanhal recebem a classificação Food Grade como ideais para embalar alimentos e a empresa é também integrante da Global Coffee Platform. A Castanhal é detentora de certificações como: BCS Öko -- Garantie que declara que o plantio da Juta segue os preceitos orgânicos, e atesta que as embalagens podem ser utilizadas por produtos orgânicos; Fairtrade (comércio sustentável, justo e solidário); e Pesticide Free.

Livre de hidrocarbonetos e outros químicos e produzida de forma orgânica usando aditivos naturais, a sacaria de juta Castanhal atende às normas da OIC -- Organização Internacional do Café e da ICCO -- International Cocoa Organization. Está em conformidade com os padrões internacionais, sendo recomendada pela GCA -- Green Coffee Association. Além dos grãos de café verdes, a Castanhal é também a maior fornecedora do país de sacaria para produtos agrícolas como cacau, castanhas e batata, entre outros.

Juta, 100% sustentável

Com mais de 50 anos de atividades, a Castanhal - maior produtora de fios, telas e sacaria de juta das Américas - tem sua fábrica sediada na cidade de Castanhal (PA), onde a fibra é processada. Possui ainda uma unidade às margens dos rios Solimões e Amazonas, na cidade de Manacapuru (AM), para receber as fibras, além de uma filial em São Paulo responsável pelo atendimento comercial e de marketing para todo o Brasil.

A Juta é cultivada por milhares de famílias ribeirinhas que vivem economicamente do seu plantio, que é totalmente integrada ao Bioma Amazônico -- é plantada nas áreas de várzea dos rios, não provoca desmatamento, nem queimadas, sua fibra é natural, orgânica, biodegradável, ou seja 100% sustentável e contribuindo para a manutenção da Floresta Amazônica.

A Castanhal oferece ao mercado produtos ecologicamente corretos, de qualidade e versáteis, disponíveis em várias formas, sendo: fibra cardada, fios de diversas espessuras, telas lisas, coloridas e estampadas, além da tradicional e reconhecida sacaria para embalo de grãos. Durante o plantio, não são utilizados agrotóxicos, herbicidas ou fungicidas, a adubação natural é feita pelo húmus deixado pelas cheias dos rios amazônicos. O amaciamento da fibra de juta é realizado com óleos vegetais de Palma.

Flavio Junqueira Smith, Diretor-Presidente da Juta Castanhal, declara: "Acreditamos que as fibras naturais são as que melhor conseguem atender ao desafio da economia circular. Sustentabilidade é nosso DNA, é prática diária no relacionamento com a comunidade em torno do plantio da Juta. Acreditamos que o ser humano e a natureza são um organismo único e interdependente e que a economia circular é a melhor forma de produzir, consumir, reutilizar e assim buscar a perpetuação de nossa Marca". "Desta forma podemos afirmar que a Castanhal é a maior empresa de soluções em juta e inserida na economia circular das Américas. Essa é a nossa paixão, por isso investimos constantemente em pessoas, processos produtivos, novos usos e aplicações de fibras naturais, parcerias e comunidades do entorno", conclui o dirigente.

Fonte: 015 - Beatriz Fontes

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias