Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019 - 11:51 (Polícia)

12
Não recomendado para menores de 12 anos

BEBÊ DE 10 MESES QUASE MORRE APÓS INGERIR MACONHA DO PAI

Na madrugada desta terça-feira (12), a criança passou por um procedimento de desintoxicação e segue em observação médica.


Imprimir página

Manaus, AM - “A mãe confessou que os sintomas apresentados no hospital era de a criança havia consumido restos de material entorpecente e negou que a droga seja dela, passando a culpa para o pai afirmando ser usuário de drogas”, explicou um policial que atendeu a ocorrência de um bebê de 10 meses que precisou ser hospitalizado após ingerir maconha e ser levado às pressas para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galilélia, bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus.

Na madrugada desta terça-feira (12), a criança passou por um procedimento de desintoxicação e segue em observação médica. A mãe do menino, de 24 anos, relatou a equipe de enfermagem do SPA que a criança estava vomitando e desmaiando com frequência, e, com isso, desconfiou que o bebê havia ingerido droga.

Com as informações da mãe da criança, os médicos acionaram os policiais militares da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e no hospital, a mãe relatou que o pai era usuário de drogas e deduziu que a criança tivesse pego o entorpecente e depois engolido.

“Questionado sobre o caso, a mãe informou que não estava em casa na hora do fato e que ao fazer faxina na casa, notou a criança passando mal, com isso, se desesperou e levou a criança a uma unidade hospitalar. Quanto a posse da droga, a mulher revelou que o material era do seu companheiro, afirmando ser usuário”, contou o policial.

No hospital, o pai do bebê foi abordado e na mochila os policias encontraram cerca de 39 trouxinhas de oxi e uma porção de cocaína. O material foi apreendido, e com base no delito foi dada voz de prisão. O pai e mãe foram levados ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos cabíveis.

Na delegacia foi constado que o homem de 21 anos, já possuía passagem pela polícia pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Fonte: 015 - ManausAlerta

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias