Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018 - 12:25 (Polícia)

18
Não recomendado para menores de 18 anos

YOUTUBER LEVA TIRO NA CABEÇA NO LITORAL DO PARANÁ - VÍDEO

Isabelly Cristine Santos, de 14 anos, foi baleada na cabeça na madrugada desta quarta-feira (14); PM prendeu dois suspeitos do crime.


Imprimir página

A modelo e youtuber Isabelly Cristine Santos, de 14 anos, ficou gravemente ferida ao levar um tiro na cabeça na PR-412, entre os balneários Ipanema e Praia de Leste, em Pontal do Paraná, no litoral do estado, na madrugada desta quarta-feira (14), conforme a Polícia Militar (PM).

A PM diz ter havido uma discussão de trânsito antes do crime. Dois suspeitos foram presos nesta manhã, durante uma operação no balneário Ipanema. Uma arma também foi apreendida.

"Os dois não têm antecedentes criminais e a arma é registrada, legal. Ocorreu uma desavença no trânsito, foram efetuados dois ou três disparos e eles evadiram-se, mas conseguimos localizar a residência dos elementos. O autor confessou", relata o tenente-coronel da PM, Rui Barroso.

ESTADO DE SAÚDE

Isa, como é conhecida, está internada em coma no Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá. O G1 entrou em contato com a Secretaria da Saúde do Estado do Paraná (Sesa) para saber mais sobre o estado de saúde da adolescente.

Em nota, a secretaria respondeu, às 10h25, que a paciente estava em estado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e que não havia sido aberto protocolo de morte cerebral.

No fim desta manhã, porém, o neurologista Marcelo Sader informou que o protocolo de morte cerebral tinha sido aberto há pouco e que, até então, a morte cerebral não tinha sido constatada.

"O estado é grave, gravíssimo. Em nenhum momento, se chegou à conclusão de morte encefálica. Isso demanda um protocolo a ser seguido", explica.

O médico relata o primeiro teste clínico neurológico para saber se há a possibilidade de morte encefálica já foi feito e que o resultado foi considerado positivo.

"Foram percebidas reações neurológicas ao teste, mas ele ainda deve ser feito por um segundo médico, que não seja o mesmo, lógico", explica. Ainda conforme Sader, depois, há ainda outros exames até que a morte cerebral seja confirmada ou não.

"O Doppler transcraniano seria o diagnóstico definitivo da morte cerebral", acrescenta.

 

Pela manhã, a mãe de Isabelly chegou a usar o Facebook da filha para informar a morte cerebral dela.

Fonte: 012 - G1.Globo

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias