Quinta-Feira, 05 de Julho de 2018 - 21:09 (Polícia)

18
Não recomendado para menores de 18 anos

URGENTE: CORPO DE TENENTE DA FAB É RECONHECIDO PELAS ROUPAS; MÃE POSTA LUTO NA REDE SOCIAL

Ele estava desaparecido desde o dia 2 e as roupas encontradas no corpo são as que Gabriel usava no dia do desaparecimento.


Imprimir página

Manaus - Por volta de 18h30, a mãe do tenente aviador da Força Aérea Brasileira (FAB), Gabriel Ferreira, 25, Magda Ferreira, publicou na sua rede social uma foto de luto, com a foto do filho. Vários amigos da família postaram mensagens de homenagem e tristeza.

Ele estava desaparecido desde o dia 2 e as roupas encontradas no corpo são as que Gabriel usava no dia do desaparecimento. O corpo encontrado na Ilha do Marapatá, nesta quinta-feira (5), estava em avançado estado de decomposição.

RESGATE

O resgate foi feito por volta de 15h. Após verificarem fotos do dia do desaparecimento do militar, os parentes informaram que o vestuário do cadáver encontrado bate com as roupas do desaparecido.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), por volta de 19h, que fará o reconhecimento legal e determinará a causa do óbito.

BUSCAS

O Corpo de Bombeiros Militar estava com uma equipe do Pelotão Fluvial, composta por uma embarcação e dois mergulhadores, realizando buscas em superfície em apoio à solicitação da família do aviador.

As buscas estavam concentradas na orla do município de Manaus e nas proximidades da Ponte Rio Negro. Este é o terceiro dia de buscas e sem previsão de data para encerramento.

POLÍCIA

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Especializada de Ordem Política e Social (Deops), estava realizando buscas pelo aviado. De acordo com aviadores do mesmo esquadrão de Gabriel, no dia em que desapareceu, por volta das 3h, eles retornaram de uma viagem e foram para as respectivas casas onde moram, em Manaus.

CARRO ABANDONADO

O carro do aviador, modelo Fox, de cor preta e placas FVD-5230, emplacado em Mococa, município de São Paulo, foi encontrado naquele mesmo dia, por volta das 6h, abandonado na Ponte Jornalista Phelippe Daou, que liga a capital a Iranduba, município distante 27 quilômetros em linha reta de Manaus.

No interior do veículo foram achados objetos pessoais do aviador, como aparelho celular, carteira e dinheiro. A chave do automóvel estava na ignição, segundo policiais militares que acharam o carro estacionado no lugar. Desde então, os amigos e familiares de Gabriel não tiveram mais notícias sobre ele.

Fonte: portalmarcossantos

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias