Quarta-Feira, 06 de Junho de 2018 - 10:03 (Cultura)

L
LIVRE

UNINDO FORÇAS PELO ARRAIAL FLOR DO MARACUJÁ

O governador Daniel Pereira, o prefeito de Poto Velho Hildon Chaves e os dirigentes da Federon, se reuniram na manhã de ontem terça feira 05.


Imprimir página

O governador Daniel Pereira, o prefeito de Poto Velho Hildon Chaves e os dirigentes da Federon, se reuniram na manhã de ontem terça feira 05, no Palácio Rio Madeira com o objetivo de juntos, viabilizarem as apresentações dos grupos folclóricos na XXXVII Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás – Arraial Flor do Maracujá.

O encontro de ontem foi o terceiro e definiu o que cada um terá que fazer, para contribuir com o sucesso do maior arraial do norte do Brasil.

A direção da Federação de Grupos Folclóricos de Quadrilhas e Bois Bumbás de Rondônia - Federon procurou os governos estadual e municipal, para solicitar a intervenção dos mesmos junto a empresas privadas, no sentido destas, patrocinarem a montagem das apresentações dos grupos folclóricos no Flor do Maracujá deste ano. “O governo do estado todos os anos, garante a instalação da estrutura, porém, o Arraial não se faz apenas com arquibancadas e camarotes, é necessário que os grupos assumam que vão se apresentar, pois, sem os artistas (grupos) a festa não existe” disse Fernando Rocha. Por outro lado prosseguiu Fernando, “É preciso que a Federon assuma de vez a realização do Flor sem depender de recursos públicos”.

O governador e o prefeito, desde a primeira reunião, se comprometeram a ajudar os folcloristas, procurando algumas empresas e sugerindo que as mesmas invistam no Arraial patrocinando a compra de indumentárias e acessórios para os grupos se prepararem para o grande Festival. Diante do exposto, foi solicitado à Federon o projeto publicitário do evento o que foi entregue ontem aos dois governos.

Cumprida as exigências, tanto o governador Daniel Pereira como o prefeito Hildon Chaves se comprometeram a “correr” atrás dos patrocinadores e pediram até quinta feira da próxima semana dia 14, para comunicar a Federon o que foi conseguido.

Por solicitação do governador a direção da Federon se comprometeu, “caso venham os patrocínios”, não cobrar ingresso para o público que for apreciar o 37º Arraial Flor do Maracujá.

Fonte: 015 - Silvio Santos / NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias