Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017 - 18:36 (Cidades)

L
LIVRE

UNIÃO BANDEIRANTES RECEBE MUTIRÃO DE LIMPEZA DA SEMUSB

Zona rural também está recebendo maior atenção da gestão municipal


Imprimir página

Os distritos de Porto Velho tem grande importância para a história e para a economia da capital. Neles hoje se concentram a maior parte das agroindústrias que geram emprego e renda aos pequenos produtores e moradores dessas regiões. Quando se permite que os distritos tenham uma boa infraestrutura, essa população ganha mais qualidade de vida e fixa residência com a família sem precisar se aventurar nas áreas urbanas.

E é por isso que a prefeitura de Porto Velho vem dando maior atenção a essas localidades. Distritos no baixo Madeira já receberam mutirões de limpeza e agora equipes da Semusb estão concentradas em União Bandeirantes, distante cerca de 160 Km da região central de Porto Velho.

“Nossa capital é muito grande e são muitas as demandas. Somente com muita organização e compromisso é possível atender toda a cidade. Temos que dar a importância necessária a essas localidades e as pessoas que ali moram e que ajudam a desenvolver nossa capital”, disse Wellem Prestes, Subsecretário da Semusb.

Os trabalhos estão centralizados nas vias principais essa semana. Mas o mutirão vai ajudar a retirar de circulação entulhos que atrapalham o tráfego de pessoas e veículos principalmente em vias que dão acesso a escolas, unidade de saúde e pontos de maior concentração de pessoas.

Todos os distritos serão atendidos com o mutirão de limpeza da Semusb. "Na região central temos muito trabalho a fazer. São anos de abandono e estamos correndo contra o tempo, distribuindo nossos trabalhadores em diversas ações sejam no desentupimento de galerias, limpeza de canais, mutirões em bairros, apoio a eventos, entidades, órgãos públicos em todas as esferas e etc. E queremos ano que vem visitar todos os distritos e ajudar a melhorar o visual de cada um deles para assim dar mais qualidade de vida e atrair mais visitantes para assim fomentar o comércio local. A exemplo do que fizemos em Fortaleza do Abunã", concluiu.

Fonte: 010 - semusb

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias