Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017 - 15:26 (Educação)

L
LIVRE

TRANSPORTE ESCOLAR: PREFEITURA EFETUA TODO O PAGAMENTO DEPOIS DA REGULARIZAÇÃO DAS EMPRESAS

Semed espera que prejuízo causado ao ano letivo sejam sanados


Imprimir página

O transporte de 1.629 estudantes da zona rural de Porto Velho, que encontrava parcialmente comprometido por força da situação documental de duas prestadoras do serviço, volta à normalidade nesta semana, depois que as empresas regularizaram suas pendências documentais, habilitando-se assim ao recebimento pelos serviços junto ao tesouro municipal. A Semed realizou o pagamento na sexta-feira (8).

As transportadoras Amazontur (Amazônia Agência de Viagens e Turismo Ltda) e Rondonorte (Transporte e Turismo Ltda) haviam paralisado o transporte alegando não receber pagamento, mas havia o impedimento pela falta de regularização de certidões negativas e tributos das empresas.

Com isso, a Semed informa à comunidade estudantil da zona rural que, “mediante a apresentação dos documentos, foram realizados os efetivos pagamentos das empresas nesta data, portanto, não resta mais óbice que justifique a continuidade da paralisação”, ressalta o secretário Marcos Aurélio Marques (Educação).

Por esta razão, espera-se que nesta segunda-feira a situação volte à normalidade, com a adequação do calendário escolar de acordo com as necessidades específicas, de forma a repor todos os dias parados, a fim de evitar prejuízo aos alunos.

“A paralisação”, segundo Marcos Aurélio, “foi parcial: de um total de 5.740 atendidos, foram atingidos 1.629, o suficiente para causar transtornos aos alunos e à própria Semed, que espera o retorno dos serviços de imediato”.

Fonte: 010 - semed

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias