Segunda-Feira, 19 de Março de 2018 - 15:25 (Colaboradores)

L
LIVRE

TÁXI COMPARTILHADO - VEREADORA FORMA COMISSÃO PARA FALAR COM O PREFEITO E LEVA AO GABINETE, MAS ELE NÃO ATENDE E VAI EMBORA SEM DAR SATISFAÇÕES

Cerca de 500 manifestantes estão nesse momento acampados dentro da Câmara de vereadores e só vão sair depois de sancionada a Lei que regulamenta a atividade do Táxi compartilhado.


Imprimir página

O movimento começou as 05:00 horas da manhã desta segunda-feira, quando inicialmente 200 taxistas que praticam o TÁXI COMPARTILHADO, chegaram na frente da câmara de vereadores e acamparam no local esperando pela sessão de hoje, onde segundo eles, "Ou colocam em votação o projeto de Lei que regulamenta a atividade, ou não se vota nada!".

As 10:30 da manhã a VEREADORA ADA DANTAS foi até os manifestantes e declarou seu apoio aos profissionais e ali mesmo decidiu, junto com a coordenação, que se formasse uma comissão para irem até o PALÁCIO TANCREDO NEVES, sede da prefeitura, onde segundo a vereadora, lá se encontrava o prefeito HILDON CHAVES e que a mesma iria solicitar ao chefe do executivo, que recebesse a comissão para que as negociações começassem...

Segundo os membros dessa comissão, quando o prefeito tomou conhecimento que eles estavam acompanhados da vereadora ADA DANTAS, o mesmo deu um jeito de sair do Palácio sem que ninguém percebesse e foi embora, sem dar satisfação e sem receber a comissão.

A Coordenação formada por Chiquinho do SINTAXI, Elieldo, Jorge, Eduardo, Pedro e o diretor de comunicação Daniel Junior, informaram aos seus companheiros o que ocorrera na sede do município, (sobre a fuga do prefeito), e decidiram então, tomar as dependências da Câmara, e de lá só vão sair quando a situação estiver 100 % resolvida em favor, ou não, dos taxistas.

Todos os depoimentos de vereadores estão sendo devidamente gravados para depois confrontarem com o seu voto em plenário, já que os profissionais estão cansados de serem traídos por quem na frente deles jura amor pela categoria e depois vota e articula contra os mesmo.

Fonte: 012 - Carlos Caldeira/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias