SOLIDARIEDADE E FORÇA SINDICAL TENTAM SUPERAR CRISE COM A VINDA DE LIDERANÇAS NACIONAIS À RONDÔNIA - News Rondônia O sindicalista confirmou para o meio da semana que vem, na Capital Porto Velho, “várias rodadas de discussões que irão oxigenar a nova Força Sindical rondoniense, de uma série que serão realizadas até o fechamento do período da convocatória aos filiados da entidade”.

Porto Velho,

Quinta-Feira , 24 de Julho de 2014 - 20:13 - Colaboradores


 


SOLIDARIEDADE E FORÇA SINDICAL TENTAM SUPERAR CRISE COM A VINDA DE LIDERANÇAS NACIONAIS À RONDÔNIA

O sindicalista confirmou para o meio da semana que vem, na Capital Porto Velho, “várias rodadas de discussões que irão oxigenar a nova Força Sindical rondoniense, de uma série que serão realizadas até o fechamento do período da convocatória aos filiados da entidade”.

ImprimirImprimir página

CACOAL, Rondônia – Começa a ser definida neste final de semana  a agenda a ser cumprida pelo Comando Nacional da Força Sindical para os estados do Mato Grosso, Rondônia, Acre e Amazonas.

A informação é da Diretiva da Região Norte a partir do advento da criação, instalação e funcionamento da FORÇA NORTE, cujo braço forte dessa nova maquinaria sindical em defesa dos trabalhadores, é o secretário Geral da FS e de Relações Institucionais da CNTM [Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos], Carlos Lacerda.

Lacerda esteve na Capital anteontem e no retorno de Rio Branco [Acre], alicerçou as alianças e preparação do material de divulgação em torno da candidatura do sindicalista Luiz Anute, presidente da FS-AC. Segundo ele, “a FS, daqui, bomba mesmo”, com chances reais de avanços nunca vistos.

O líder sindical adiantou, no entanto, que, a agenda a ser cumprida  nos estados amazônicos também passa por Rondônia, onde novos líderes estão em formação e podem surpreender antigos nomes. Ele destacou a importância conquistada no cenário regional pelos metalúrgicos e trabalhadores da saúde, educação, segurança, agrárias e das redes sociais.

Um dos fortes exemplos de que a Força Sindical rondoniense tem um futuro brilhante pela frente, com mudanças radicais que já começam no meio da semana que vem rumo a estruturas mais sólidas. Virão com chances reais com futuras adesões já anotadas pela Nacional, ele revelou.

O novo arco de alianças, segundo Lacerda, “dará um novo rumo também no campo da política rondoniense”. Na Capital, “a meta é elegermos, ao menos, um deputado federal e dois estaduais, além do futuro governador, Expedito Junior”, ele anteviu.

Instado sobre episódios que teriam dominado as especulações no campo político local, há três tristes semanas dentro do SOLIDARIEDADE, ele considerou que “esta fase está superada” por força das mudanças com a intervenção da Nacional do partido.

- O foco, agora, é consolidarmos as mudanças nas diretivas da estadual do SDD e da Força Sindical, ele afirmou.

NOTICIAS RELACIONADAS

Fonte: XICO NERY

Comentários do Facebook

Veja Também

Publicidade

  • Http://www.Auto-doc.pt