Quinta-Feira, 24 de Agosto de 2017 - 13:04 (Agronegocios)

L
LIVRE

SISTEMA BANCÁRIO TORNA MAIS ÁGIL CONTRATAÇÃO DE CRÉDITO PARA PRODUTOR RURAL EM RONDÔNIA

Extensionista da Emater-RO do Território Rio Machado estiveram reunidos esta semana em Ministro Andreazza para uma reunião de nivelamento sobre o módulo Coban, do Banco do Brasil.


Imprimir página

Aproximadamente 900 candidatos já se inscreveram para provas do Ensino Fundamental e mais de 1,5 mil para o Ensino Médio no Ceeja Padre Moretti, informou a coordenadora de exames gerais, professora Keila Santos Barbosa.

Extensionista da Emater-RO do Território Rio Machado estiveram reunidos esta semana em Ministro Andreazza para uma reunião de nivelamento sobre o módulo Coban, do Banco do Brasil. A parceria feita com a Emater-RO permite que o extensionista se torne um correspondente bancário agilizando o cadastro e consultas para contratação e liberação de crédito rural. Hoje a Emater-RO conta com 12 extensionistas certificados no estado, mas a meta é que cada escritório da instituição tenha pelo menos um correspondente.

O módulo Coban é um sistema criado pelo Banco do Brasil para que outras instituições que atuam com crédito rural possam colaborar na agilização do cadastro do produtor rural que buscam financiamento através das linhas de crédito oferecidas pelo banco.

Com o convênio firmado com a Emater, quando o extensionista elaborar o projeto para o produtor rural ele poderá, simultaneamente, cadastrá-lo no módulo e ir antecipando a consulta de sua viabilidade econômica.

Segundo Edson Issao Okawa, responsável pelo crédito rural no escritório central da Emater, a inclusão do módulo nas ações da Emater traz vantagens tanto para a instituição financeira como para o produtor rural, trazendo economia de tempo e de trabalho.  “Antes era preciso entregar o projeto ao Banco do Brasil para análise e aguardar o retorno da consulta, hoje ficou muito mais rápido e fácil tanto para nós, técnicos, como para o produtor e para o próprio banco, explica Edson.

A reunião realizada em Ministro Andreazza nivelou informações para que novos extensionistas também possam obter a certificação. Na programação, que teve carga horária de oito horas, foram discutidas temáticas como: crédito rural, plano safra, aprimoramento do sistema Coban, correspondente bancário e o convênio firmado com a Emater-RO para processamento da documentação de crédito. “O extensionista terá certa autonomia para atuar como se fosse um funcionário do banco, nas questões de fluxo do projeto dentro da agência bancária”, relata o supervisor da Emater-RO, William Parmezane.

Com acesso ao módulo Coban os produtores rurais estão tendo seus créditos liberados em tempo recorde. Parmezane cita o exemplo de um produtor de Ministro Andreazza que teve seu cadastro aprovado e seu dinheiro liberado em menos de 24 horas. “Isso agiliza muito o processo de envio de documentação e análise sem que o produtor precise ir fisicamente ao banco, melhorando o fluxo das contratações com menos burocracia. Um ganho para o banco e para os agricultores.”

Para ampliar o acesso ao acesso ao sistema Coban o Banco do Brasil ofereceu capacitação para que os extensionistas que irão atuar no processo possam ser certificados. Hoje, a Emater-RO conta com 12 extensionistas certificados, atuando nas regiões de Candeias do Jamari, Nova Mamoré, Alto Paraíso, Colina Verde, Ministro Andreazza, Novo Horizonte, Santa Luzia do Oeste, São Francisco do Guaporé, Alvorada do Oeste, Cabixi e Colorado do Oeste, mas já estão em treinamento outros 70 extensionistas.

O treinamento é realizado online e consiste em estudo das apostilas e uma prova que deverá ter, no mínimo 70% de acerto. “A proposta é que todos os extensionistas da Emater-RO sejam capacitados e certificados para acessar o Coban, mas só será certificado o extensionista que passar por essa prova”, diz Edson Issao.

Fonte: 010 - SECOM/GOV-RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias