Quinta-Feira, 19 de Julho de 2018 - 10:19 (Colaboradores)

L
LIVRE

PUNHAIS DA TRAIÇÃO - POR CARLOS SPERANÇA

Desde que o MDB inteiro de Vilhena se vendeu para o PDS de Teixeirão nas eleições de 1982, com suas lideranças virando a casaca para os candidatos do PDS, aplicando um dos maiores punhais da traição já vistos em Rondônia.


Imprimir página

Há séculos a Amazônia é cobiçada por europeus e norte-americanos, mas uma força sempre se levantou contra as invasões, artimanhas e pressões: a unidade entre civis e militares em defesa do Brasil.

Com a atual onda de nacionalismo no mundo, fica bem clara a importância da resistência brasileira, enfrentando com qualidade e firmeza o sedutor argumento de que a região, por sua importância ambiental, seria “patrimônio da humanidade”.

A vitória brasileira tende a ser permanente justo quando se completa meio século do relatório secreto elaborado pelo Itamaraty sustentando que o plano para a construção de grandes lagos na Amazônia, do Hudson Institute, dos EUA, braço não tão secreto do governo estadunidense, ameaçava a soberania do Brasil.

Segundo o relatório, irretorquível, o alagamento de vastas áreas traria vários perigos, além de prejudicar a navegação e a agricultura, condenando várias cidades ao desaparecimento.

Os recursos naturais do Primeiro Mundo também eram patrimônio da mesma humanidade e o “capitalismo selvagem” não hesitou em degradar terra, água e ar para favorecer rapidamente grandes interesses econômico-financeiros, aos quais cabe agora oferecer um aporte justo pelo esforço brasileiro na preservação desse precioso patrimônio.


Desde que o MDB inteiro de Vilhena se vendeu para o PDS de Teixeirão nas eleições de 1982, com suas lideranças virando a casaca para os candidatos do PDS, aplicando um dos maiores punhais da traição já vistos em Rondônia, que não se vê tanta trairagem na política rondoniense. Haja punhais da traição em 2018! As convenções estão repletas de incógnitas.

Disputa de poder

Mas não posso falar em traição, no entanto, no que ocorre no MDB atualmente. Trata-se de uma disputa autofágica na legenda envolvendo um poderoso predador, no caso, o ex- governador Confúcio Moura disputando cadeira ao Senado com uma liderança que foi forte outrora e que já mostra sinais de declínio que é o senador Raupp na busca da reeleição. A política é feita de predadores e devorados.

Quinto presídio

Vem aí a inauguração da quinta penitenciária federal no País. Depois de Campo Grande (MS), Catanduva (PR), Mossoró (RN) e Porto Velho (RO) é a vez de Brasília receber a sua.

Sabe-se que existem mais dois projetos de presídios de segurança máximas destinados as regiões metropolitanas de Manaus (AM) e Porto Alegre (RS). Haja presídios para tantas facções criminosas neste país.

Bruxa à solta

A bruxa anda solta contra os ex-deputados federais em Rondônia.  Não querendo voduzar ninguém, mas já voduzando, que todos os ex-deputados federais de Rondônia se benzam! Já foram Agnaldo Muniz, Mauricio Calixto, Moreira Mendes e agora Chagas Neto só neste ano, todos pioneiros e que enfrentaram as agruras da epopeia da nossa colonização nos anos 60.

De braçadas

Ao contrário da capital, Zona da Mata e região do Café, no Cone Sul a concorrência para a peleja da Câmara dos Deputados não é tão acirrada, com a prática de canibalismo. Lá está nadando de braçadas o ex-prefeito de Vilhena Melki Donadon (PDT). Seu maior adversário na região é Evandro Padovani, o candidato do agronegócio que para se eleger vai pescar votos também em outras regiões.

Via Direta

*** O ex-deputado federal Padre Ton (PT) reforça a nominata do partido para a Câmara dos Deputados *** A vereadora de Jipa Silvia Cristina (PDT), pré-candidata a Câmara Federal está espichando suas bases para a capital *** É tanto assalto e arrombamentos de lojas e residências na região do centro histórico na capital que a população não sabe mais a quem pedir socorro *** Ao mesmo tempo às cracolândias se espalham como nunca por toda cidade de Porto Velho.

Fonte: Carlos Sperança - News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias