Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018 - 08:41 (Eleições 2018)

L
LIVRE

PRIMEIRO DEBATE ENTRE PRESIDENCIÁVEIS ACONTECE NESTA QUINTA-FEIRA (9)

Candidatos a presidente da República se enfrentam amanhã pela primeira vez em debate oficial. Por ora, Lula e Haddad estão vetados. Marina Silva defendeu proibição. Confira as regras e saiba como assistir


Imprimir página

Nesta quinta-feira (9) a Band promove o primeiro debate na televisão aberta entre os candidatos à Presidência da República em 2018. As regras preveem mais de 60 confrontos diretos entre os concorrentes, além de perguntas do público e de jornalistas.

Estão confirmados no debate da Band os candidatos Ciro Gomes (PDT), Guilherme Boulos (PSOL), Jair Bolsonaro (PSL), Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede), Henrique Meirelles (MDB), Álvaro Dias (Podemos) e Cabo Daciolo (Patriotas).

O debate será mediado pelo jornalista Ricardo Boechat e o posicionamento dos oito candidatos no cenário foi definido por sorteio (imagem acima). A transmissão do debate começa às 22h.

PT quer Lula no debate

O PT entrou nesta quarta-feira (8) com um mandado de segurança no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participe do debate da Band.

Além da participação presencial no estúdio da TV Bandeirantes, em São Paulo, ou por videoconferência, o PT sugere a participação de Lula por “meio de vídeos previamente gravados” na cela em que está preso ou em outro espaço da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

Na segunda-feira (6), em decisão monocrática, o TRF-4 negou o primeiro pedido do PT para que Lula pudesse participar do debate e o partido já havia informado que recorreria. Agora o pedido será analisado pela 4ª Sessão da corte, composta pela 7ª e 8ª Turmas do tribunal.

Haddad

Com a definição de Fernando Haddad como vice na chapa de Lula, primeiro o PT tentou que o ex-prefeito de São Paulo participasse do debate eleitoral. Como a emissora não atendeu o pedido, a defesa da campanha de Lula já estudava entrar na Justiça.

A candidata à Presidência da República pela Rede, Marina Silva defendeu o veto à participação de Fernando Haddad, oficializado como vice na chapa petista. Para ela, permitir a presença do ex-prefeito de São Paulo entre os debatedores seria questão de “dois pesos e duas medidas”.

“Nós temos um candidato que está impedido por determinações legais, temos um vice, e pelas regras quem vai participar [dos debates], nesse momento, são os candidatos titulares. Vai ter o momento das sabatinas com os vices. Senão você cria uma situação de dois pesos e duas medidas”, afirmou.

As regras do debate:

Fonte: 010 - pragmatismopolitico

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias