Terça-Feira, 07 de Novembro de 2017 - 18:04 (Saude)

L
LIVRE

PREFEITURA REALIZA MUTIRÕES PARA ATENDER PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Os pacientes devidamente cadastrados receberão atendimento aos sábados na unidade de saúde Maurício Bustani


Imprimir página

Pessoas com deficiência que há vários meses tentam conseguir laudo para dar entrada no benefício junto ao INSS ou querem renovar o cartão SIM, entre outras necessidades, terão atendimento diferenciado pela prefeitura de Porto Velho. A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) vai realizar mutirões aos sábados para atender inicialmente cerca de 300 pacientes que se encontram nessas condições.

Os mutirões foram anunciados na tarde desta segunda-feira (6), pelo secretário Orlando Ramires durante reunião com o assessor do prefeito dr Hildon Chaves para política de apoio às pessoas com deficiência, Jailton de Logo, que inclusive é deficiente visual. “As consultas serão feitas por quatro médicos na unidade de saúde Maurício Bustani. Cada equipe médica será composta de dez profissionais, incluindo enfermeiros, técnicos e atendentes, entre outros”, explicou Ramires, enfatizando que o atendimento será específicos para os cadastrados.

Jailton informou que, por determinação do dr Hildon já foram cadastradas 300 pessoas que necessitam dessa atenção diferenciada por parte do Município. Os dois primeiros mutirões serão realizados nos dias 11 e 25 de novembro. O terceiro vai acontecer no dia dois de dezembro. “Cada mutirão vai atender 100 pacientes, sempre a partir das 8 horas e especificamente na unidade Maurício Bustani”, enfatizou. O endereço da unidade é avenida Governador Jorge Teixeira, nº 1989, bairro Liberdade. Telefone 69-3223-2392.

Na sexta-feira que antecede a data de cada mutirão será divulgado no site www.portovelho.ro.gov.br a lista com os nomes das pessoas que serão atendidas naquele sábado. Com essa medida a prefeitura evita tumultos e atende todos agendados para cada mutirão. “Fizemos todo um planejamento para organizarmos as equipes e o trabalho a ser feito da forma mais organizada e humanizada possível”, completou o secretário de saúde.

Fonte: 010 - Semusa

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias