Segunda-Feira, 20 de Julho de 2015 - 11:43 (Colaboradores)

PRECISAMOS MUDAR PARA MUDAR O BRASIL – POR DANIEL MARTINS

Quando o brasileiro passar a entender que política não é uma coisa chata e sim importante, vai aprender a votar, escolher, cobrar e lógico, vai fazer a diferença.


Imprimir página

Nós brasileiros temos um defeito muito grande, reclamamos dos políticos, mas votamos nos mesmo, quando nós aprendermos que precisamos mudar os nossos pensamentos para poder mudar o país, as coisas ficaram mais fáceis.

Precisamos entender que a política está no que comemos, vestimos e que tudo gira em torno da política. Essa tal de política que decide o preço do feijão, da luz e da gasolina, o valor da moeda e do salário a mesma política que decide quanto vai para corrupção e quanto vai para a educação. Por isso que apolítica é importante e quem acha que ela não vale à pena, acaba votando errado, pois não se informa, não procura saber o histórico dos candidatos e se deixa levar pelos que tem mais dinheiro, fama e discurso bonito que na verdade é mentiroso, hoje em dia, as pessoas tratam o político não como funcionário público que ele é e sim como celebridade.

Digo para você meu amigo e minha amiga, porque a maioria da nossa gente não quer saber de política que a família Sarney mantém o Maranhão um estado que vive na miséria e eles ficando cada dia mais rico. Porque a maioria do nosso povo prefere futebol, cerveja e novela que os Maias são eleitos e reeleitos no Rio Grande do Note, e a família ACM comanda a Bahia há 50 anos, no Amazonas não é diferente, Amazonino, Eduardo Braga são os verdadeiros donos, mandam e desmandam, fazem o que bem querem, por mais que o Braga tenha perdido na ultima, mas ele é senador e ministro, continua no poder. Lá em Rondônia a coisa também é feia, o semi-analfabeto Ivo Cassol foi governador por dois mandatos e hoje em dia é senador e o pai como seu suplente.

Aqui quero defender a política que todo cidadão percebe útil e positiva, a política dos estadistas, que trabalham e se preocupam com a próxima geração e não dos políticos mesquinhos que se preocupam com a próxima eleição. Acredito que se o povo brasileiro tivesse mudado nesses últimos 12 anos, a coisa estaria diferente, teríamos acertado quem sabe e o Brasil seria um país de primeiro mundo, mas falta o povo escolher melhor, falta o povo votar melhor, falta os estadistas, o último estadista foi JK, depois dele, não tivemos outro a frente do Brasil. Infelizmente o que eu acreditava que poderia mudar o Brasil, perdeu para Lula em 2006, acredito que Alckmin seria a diferença, seria esse estadista, mas o povo escolheu mais do mesmo, reelegendo Lula e depois elegendo e reelegendo Dilma, aí o país está passando por tudo isso, governo Lula e Dilma que estão quebrando o país, essa ptzada ‘‘comunistoide’’ está cada dia nos levando para o buraco, e nós aceitando nisso numa boa.

Precisamos conhecer mais sobre política, precisamos conhecer mais os candidatos, precisamos também mudar, assim teremos como cobrar, as manifestações não deram em nada praticamente, mas quer saber porque o governo pouco fez? Porque esse governo sabe que a maioria que estava lá gritando, pulando e levantando cartazes, não sabia o que queria, estavam apenas fazendo volume, estavam porque diziam que queria mudança. Muitas pessoas com cartazes escritos ‘impeachment já’ mas essas pessoas não sabem nem o que é impeachment, não sabe nem o que vai acontecer se a presidente sair do poder, não sabe nem quem vai assumir. Precisamos aprender mais, precisamos conhecer melhor, para votar melhor.

Por Daniel MartinsBlog do Daniel

Fonte: Daniel Martins

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias