Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018 - 15:06 (Educação)

L
LIVRE

‘PRECISAMOS MELHORAR O ENSINO BÁSICO’, AFIRMA HILDON CHAVES EM REUNIÃO SOBRE A EDUCAÇÃO

Prefeito participou de reunião em que a Abrinq aderiu ao Movimento Rondônia pela Educação


Imprimir página

A educação básica, como fator preponderante para uma formação profissional de qualidade, norteou o discurso do prefeito Hildon Chaves, nesta quinta-feira, 13, durante a reunião do Conselho de Governança do Movimento Rondônia pela Educação (MRPE), que aconteceu no salão de convenções do Sistema Fiero, no Bairro Arigolândia, em Porto Velho.

“Precisamos melhorar o ensino básico”, afirmou o chefe do Executivo Municipal, acrescentando que o simples fato de estar discutindo a educação pública já é um avanço.

Hildon Chaves criticou o que chamou de ‘paradoxo do X’, quando crianças mais abastadas estudam o ensino médio em escolas particulares e acabam seguindo para universidades públicas, enquanto os jovens do ensino público costumam fazer o caminho inverso, indo para as faculdades particulares.

“Isso tem que mudar. O aluno do ensino público só terá chances de competir por uma vaga na universidade pública se tiver uma educação básica equivalente a que é oferecida no sistema particular de ensino”, acentuou.

De acordo como o prefeito, Porto Velho tem 50 mil alunos na rede pública do Município e, muitos deles, enfrentam dificuldades diversas, incluindo deslocamento de casa à escola. “O mínimo que podemos fazer é compensar essas dificuldades com um ensino de qualidade”, salientou.

Hildon Chaves também falou do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) que, em Porto Velho, estava estagnado em 4.8 e, em apenas um ano, avançou para 5.1, quase atingindo a meta do Ministério da Educação (MEC), que é 5.2.

Abrinq

A reunião foi marcada ainda pela adesão da Associação Brasileira de Fabricantes de Brinquedos (Abrinq) ao Movimento Rondônia pela Educação. Na ocasião, o presidente da Fundação Abrinq, Synésio Batista da Costa, assinou o termo de adesão ao MRPE.

Synésio Batista disse que o movimento conversa com a Abrinq, correspondendo ao que é a expertise da entidade. O secretário de educação do Município, Cesar Licório, também esteve presente na reunião.

Fonte: 015 - Comdecom

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias