Quarta-Feira, 08 de Novembro de 2017 - 15:29 (Colaboradores)

L
LIVRE

POR QUE NO BRASIL OCORREM TANTOS CRIMES DE LESA-PÁTRIA? SIMPLESMENTE PORQUE SOMOS UMA PÁTRIA DE LESOS

E leso o que significa? Segundo o dicionário o sinônimo de leso é pateta, palerma, imbecil, idiota, e tolo e no final somos tudo isso mesmo.


Imprimir página

A palavra lesa-pátria é definida no dicionário português como: Qualquer aliança política, traiçoeira, que causa prejuízos ao País, acabando com a Democracia, Soberania e Liberdade de seu povo, bem como efetuando desvios fraudulentos dos cofres públicos, impondo com isso um regime autoritário fundamentado na esquerda ou direita, radical ou não, aparelhando o Estado e subjugando o povo, enganando,comprando,escravizando ou fraudando eleições para permanecer no Poder. E por quê ocorrem tantos crimes de lesa-pátria em nosso país?

E leso o que significa? Segundo o dicionário o sinônimo de leso é pateta, palerma, imbecil, idiota, e tolo e no final somos tudo isso mesmo. Somos idiotas, quando vendemos nosso voto por 50 ou 100 reais e achamos que estamos levando vantagem, somos imbecis quando votamos em políticos que vivem tendo seus nomes expostos em escândalos de corrupção e ainda assim os elegemos. Somos palermas, quando deixamos de fiscalizar, os políticos, quer sejam vereadores, prefeitos, deputados estaduais, governadores, deputados federais, senadores e até presidentes.

E fazem 3 décadas que estamos fazendo esse papel de leso, desde a eleição de Tancredo Neves, quando José Sarney assumiu a presidência da república, enfrentamos crises severas, hiperinflação, planos e mais planos econômicos que só nos trouxeram dor e prejuízos. Nesses 30 anos, elegemos o Collor de Melo, que foi cassado, e hoje é senador, Fernando Henrique, que comprou deputados para a provar a reeleição, depois ainda por cima caímos no conto da Luluzinha, quando resolvemos eleger o Salvador da Pátria, o homem que acabaria com a corrupção no Brasil, e que por tabela acabaria com a pobreza e a miséria de milhões de brasileiros.

Estourou o Mensalão, e o Lularápio de nada sabia, foi blindado, conseguiu se reeleger só por sermos uma pátria de lesos, e se não bastasse, ainda elegemos a Dilma, criatura do criminoso mor do país. Veio a Lava Jato, e todos os dias a Polícia Federal lança uma operação para prender e elucidar desvios feitos por prefeitos em conluio com vereadores, neste momento temos simplesmente 10 governadores sendo investigados por crimes de corrupção, sem contar os que já foram condenados e os que estão presos. E, ainda assim, continuamos a ser uma pátria de lesos. Basta ver as pesquisa eleitorais que indicam que Lularápio está na frente de todos os demais candidatos.

Aqui em Rondônia então, nem se fala, existe um tal clã do Cone sul do estado, que os Irmãos Metralhas dos gibis são santos frente ao clâ Donadon, a saber Marcos Donadon, Melki Donadon e Natan Donadon, mesmo assim na eleição retrasada os lesos do cone sul elegeram Rosana Donadon deputada estadual e na passada elegeram Rosani Donadon prefeita de Vilhena. Temos também os lesos da zona da mata, que eleição após eleição elegem e reelegem Maurinha Raupp e Valdir Raupp, os lesos de Cacoal e adjacências, que elegem e reelegem Nilton Capíxaba a deputado federal, na capital os lesos elegeram duas vezes Roberto Sobrinho prefeito, não se contentaram e elegeram Mauro Naziff, prefeito, e agora por último o senhor Hildon Chaves, e Porto Velho, não tem sequer uma Rodoviária descente para receber os viajantes que para cá se dirigem e outros que estão só de passagem por nossa capital.

Vamos ser lesos assim lá na conchinchina.  

Fonte: Henrique Ferraz / NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias