Terça-Feira, 31 de Outubro de 2017 - 22:07 (Colaboradores)

L
LIVRE

POLÍTICA & MURUPI: MAURÃO DE CARVALHO É O NOME DO PMDB - POR LEO LADEIA

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho, teve seu nome assegurado ontem à noite como pré-candidato do PMDB ao Governo, durante jantar com lideranças do partido.


Imprimir página

1-Falando minha língua

Torquato Jardim, ministro da Justiça, quer o início do cumprimento da pena após condenação em segunda instância. A medida basilar para a força-tarefa da Lava Jato já foi para o STF, mas uma ação pede a suspensão do tema julgado e, sabe Deus porque ministros divididos querem voltar ao tema. “A alegada motivação política não fica bem para a biografia do Supremo. Eu sou a favor do recolhimento na segunda instância. Deve-se manter a decisão anterior.” 

Procuradores da Lava Jato sustentamque brechas na lei facilitam inúmeros recursos por parte dos acusados, fazendo até mesmo "caducar" a punição. Nesta linha diz o juiz Moro: “justiça sem fim é justiça nenhuma”

2- Uber, o pomo da discórdia

O Senado votou o projeto que regulamenta o Uber e Cabify. Proposta, aprovada em abril na Câmara dos Deputados, diz que o serviço de transporte por aplicativos deverá respeitar uma série de exigências e aceita o que querem os taxistas. A tendência é que o texto que foi modificado com emendas  retorna a Camara e será tentado um acordo para que itens polêmicos sejam vetados. 

Claro que uma forma salomônica pode resolver o impasse: dê-se o tratamento isonômico a ambos os lados. Como perdemos a capacidade de resolver conflitos precisamos do estado tutor que cobra sempre muito caro para apresentar soluções que às vezes são apenas “meia boca”.

3-Recuerdos do Capitão Alípio

O juiz Gilmar Mendes – sempre ele – arranjou outra polêmica. Suspendeu a decisão do juiz Bretas que havia determinado a transferência do presidiário Sérgio Cabral da cadeia de Benfica - Rio de Janeiro para o presídio federal em Mato Grosso. A razão alegada por Bretas é fraca e Mendes diz isto na liminar que concedeu. 

A razão para a concessão entretanto deixa entrever o jeito Mendes de ser, na linha do ‘vou dar umaporrada para mostrar quem manda’. Bom pro Cabral seo Juvenal! Nesta quadra de leniência por que passa o Brasil, sinto falta de algumas figuras do passado como Capitão Alípio, Mói de Ferro ou o Coronel Ferro. O trem anda frouxo por demais da conta moço...

4-Greve armada ou greve das Forças Armadas?

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara rejeitou PEC 186/12, que pretendia estabelecer direito de greve, associação sindical e outras formas de manifestação coletiva para os militares. 

A PEC será arquivada, e o tema não poderá voltar a ser debatido nesta legislatura. Para o relator da PEC, apenas o Executivo pode propor modificações que tratem da disciplina das Forças Armadas, e por isso a PEC invadia competência de outro Poder, o que é vedado pela Constituição e afirma: “Não podemos regulamentar a greve armada de policiais militares. Todos defendem a PM, mas o que se faz armado não é greve, é revolução e a Constituição não permite isso”. Esta é a razão das tantas associações de mulheres de militares, organizadas em defesa de direitos dos maridos.

5-Maurão de Carvalho é o nome do PMDB

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho, teve seu nome assegurado ontem à noite como pré-candidato do PMDB ao Governo, durante jantar com lideranças do partido.

Maurão é o nome de consenso do partido e agora é trabalhar nas bases pela formação de alianças para a eleição. Para quem via no Maurão um balão de ensaio, ele se afirma e é um osso duro de roer.

6-Sífilis a praga de volta

O Ministério da Saúde informou hoje que o número de casos de sífilis em adultos cresceu 27,9% em 2016, em relação ao ano anterior. Nas gestantes, cresceu 14,7%, e a congênita, 4,7%. Face aos dados, o Departamento de Vigilância Prevenção e Controle das DSTs afirmou que o país vive em situação de epidemia. 

A contaminação por sífilis é mais expressiva entre adultos, com 87.593 mil casos registrados no ano passado. Para 2017, a projeção do Ministério de Saúde é de 94.460 registros. Este crescimento ocorre desde 2010. E existem outras pragas rondando como a lepra ou hanseníase, as verminoses de todos os tipos, a tuberculose e se pesquisar há muito mais,

leoladeia@hotmail.com
Facebook Leo LadeiaII

Fonte: Leo Ladeia/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias