Quinta-Feira, 10 de Maio de 2018 - 10:50 (Colaboradores)

L
LIVRE

POLÍTICA & MURUPI: LIMPANDO A ÁREA

O senador Valdir Raupp vive um momento ímpar e justo no momento em que se avizinham as campanhas eleitorais. Semana passada uma ação contra o senador Raupp foi arquivada pelo ministro Fachin a pedido da PGR.


Imprimir página

FRASE DO DIA:

“Nós, brasileiros, criamos mais um paradoxo: queremos o novo mantendo o velho”. – William Waack sobre a renúncia de Joaquim Barbosa.

1-Toffoli e a grande sacada

O ministro Dias Toffoli, próximo presidente do STF, aprofundou a questão do foro privilegiado ao propor duas súmulas vinculantes: acabando o foro privilegiado para todas as autoridades federais do Executivo, Judiciário e Legislativo e eliminando o foro nos estadose municípios.

Se adotadas as duas súmulas farão a revolução judiciária: mais de 55 mil pessoas que se acham hoje diferentes e diferenciadas passariam de uma hora pra outra a serem julgadas por juízes de primeira instância. Juízes de qualidade. Juízes como os nossos aqui de Rondônia!

Imaginem de repente, nos tornarmos todos iguais perante a lei. É o sonho da Constituição.

2-Carlinhos Camurça de volta

Depois de mudar de ramo na vida empresarial e ficar por 13 anos distante da vida partidária,surge meio que de repente o experiente Carlinhos Camurça, com jeito de garoto novo, apesar dos 62 anos, no novíssimo Podemos.

Com gana política em busca votos tentando uma vaga na ALE-Rondônia. Deputado federal, prefeito da capital, empresário de sucesso em várias áreas, Carlinhos Camurça tem uma respeitável folha de serviços prestados ao município e ao estado e muito na área de energia. Suas digitais estão no velho linhão e na Usina de Samuel.

3-Limpando a área

O senador Valdir Raupp vive um momento ímpar e justo no momento em que se avizinham as campanhas eleitorais. Semana passada uma ação contra o senador Raupp foi arquivada pelo ministro Fachin a pedido da PGR. Raupp ainda celebrava quando recebeu outra notícia: uma ação contra ele que tramitava há 14 anos no STF, foi arquivada pelo ministro Celso de Mello.

Pelo andar da mula véiaarrumando as abóboras em cada tranco, a pista ficará livre para a eleição. Tem gente com sorte, tem gente com juízo e tem o Raupp. Com muita sorte e juízo.    

4-Níver de xilindró

Ontem o STF, via segunda turma ou “Segundona” – aquela do Toffoli, Gilmar e Lewandowski – rejeitou mais um pedido dos advogados de Lula. Não tem jeito e o Dr. Sepúlveda Pertence, um de seus advogados anunciou a nova linha adotada:

Por especial há pouco ou nada a fazer. Por extraordinário talvez um indulto. Lula completou sem bolo, sem esteira, sem visitas e com o “Bom Dia Lula” cada vez mais fraco, 30 dias no xilindró. E pelo jeito outros aniversários virão. É mole Barão?

5-Agronegócio a locomotiva do Brasil

Nossa safra de soja 2017/18 deve atingir um recorde de 117 milhões de toneladas, fruto das produtividades nos diversos campos de plantio. Sobre o milho ainda há receio mas deve bater 90 milhões de toneladas. Os dados estão no oitavo levantamento sobre a temporada 2017/18 no Brasil, da Companhia Nacional de Abastecimento-Conab.

O rendimento médio de lavouras de soja deve alcançar 3,33 toneladas/hectare, repetindo o recorde do ciclo passado, de 3,36 toneladas. É a locomotiva brasileira que é tocada nos campos em todos os estados. Rondônia segue a linha e soma à lavoura sua excepcional vocação para a produção de proteína animal.

leoladeia@hotmail.com

Fonte: Leo Ladeia/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias