Sabado, 11 de Novembro de 2017 - 09:22 (Colaboradores)

L
LIVRE

POLÍTICA & MURUPI: AJOELHOU TEM QUE REZAR - POR LEO LADEIA

Pela lei da Ficha Limpa, são inelegíveis por 8 anos políticos condenados por abuso de poder.


Imprimir página

“Quando personalidades públicas confundem o interesse público e privado e trocam insinuações sobre preferência política, a grande perda é da credibilidade institucional” – Congresso em Foco.

1-Desmonte

O TRT de Rondônia-Acre ao parece que parece vem se antecipando aos fatos e se desmontando por força de punições a juízes. Enfrentando problemas desde a construção do prédio que abriga a estrutura judiciária o TRT sempre esteve sob a mira de investigações.

A mega estrutura física e de pessoal no luxuoso prédio foi posta para dirimir conflitos entre poucas empresas instaladas em dois pequenos estados com baixa densidade demográfica e representa o exemplo clássico do pais que cria, aumenta e repassa custos a quem luta para manter-se competitivo. O TRT jaoera.  

2-Juntando as moedas

O sistema de transporte coletivo geral – ônibus, táxis, vans, mototáxis, Uber e piratas – estão de olho no usuário que irá pagar mais caro pela gasolina. Melhor para o Consórcio SIM que pode ver seu prejuízo – ônibus dá prejuízo sim, creiam! – reduzido pelo aumento do número de passageiros pagantes.

Com o litro de gasolina a R$4,00 é hora de fazer as contas, reduzir os roteiros, deixar o carro parado e voltar aos tempos antigos, socializando o automóvel com a carona solidária. Já há aplicativos disponíveis, mas os grupos de whatsapp podem ser a solução. É hora de economizar.

3-Aos trancos e barrancos I

Como a necessidade ensina até o sapo a pular, aos poucos o Brasil vai mudando e com saltos, sobressaltos e muito barulho, a partir deste sábado, (11/11) uma série de alterações nas relações de trabalho começam a valer para todos. Se vai ser bom ou ruim, só o tempo dirá.

Click aqui e veja as principais mudanças. E vem muito mais por aí para desespero da velha República Sindical Brasileira que perde terreno para relações trabalhistas menos engessadas. Tudo, porém é novo e precisa de ajustes. A reforma tem o lado bom de gerar empregos e o ruim que é atropelar direitos.

4-Aos trancos e barrancos

Fica adiada mais uma vez e pelo andar da mula véia, por mais uma gestão presidencial, coisa do tipo ad eternum e por mais três dias, a reforma previdenciária da forma que o mercado esperava e do jeito que deveria ser feita. Alguma coisa nova vai sair do monstrengo, mas espremida pelos argumentos da República Sindical Brasileira, a diferença brutal entre a aposentadoria no serviço público e aposentadoria do trabalhador da iniciativa privada continuará sendo o entrave. Enquanto isso a mula trota e as melancias se acomodam para que o senador Paim se reeleja. É a treva!

5-Ajoelhou tem que rezar                                                                                                                    

Líderes de diversos partidos articulam para derrubar uma decisão do STF e pelo jeito está fácil. É que depois do caso Aécio e dos berros, invertidas e pé na orelha do Gilmar Mendes a alta corte se desmoralizou. Pela lei da Ficha Limpa, são inelegíveis por 8 anos políticos condenados por abuso de poder.

No mês passado, num julgamento conturbado e apertado o STF determinou que a lei seja aplicada também a quem tiver condenação anterior a 2010, tornando os políticos inelegíveis por 8 anos e não só por 3 anos, como acontecia então. Como o STF se ajoelhou e abriu espaço para que até as Câmaras de Vereadores ditem a palavra final sobre afastamento de condenados, fica fácil mudar o que disse o STF. A ideia é sempre ficar de pé. Ajoelhou, tem que rezar. Ora se...

6-Chegou a hora

Com meses de antecedência o PDT anunciou que o senador Acir Gurcasz irá disputar a vaga ao governo de Rondônia. Semana passada o PMDB anunciou que o deputado Maurão de Carvalho vai para a disputa como o candidato do partido. Amanhã o PSDB se reúne em convenção e pelo que se vê está aberta a temporada de caça ao aliado para a corrida eleitoral. Como Rondônia é hoje um ponto fora da curva na cena nacional é hora de pensarmos bastante. Chega de picaretas!

leoladeia@hotmail.com
Facebook Leo LadeiaII

Fonte: Leo Ladeia/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias