POLÍCIA CIVIL DE CANDEIAS DO JAMARI ESCLARECE CRIME DE LATROCÍNIO E PRENDE ACUSADOS - News Rondônia Através das investigações descobriu-se que o casal foi morto e que os infratores subtraíram a moto que pertencia a Lucimar, chegando também ao nome de Marcos A. A., 19 anos, como um dos suspeitos do latrocínio.

Porto Velho,

Segunda-Feira , 21 de Outubro de 2013 - 11:56 - Polícia


 


POLÍCIA CIVIL DE CANDEIAS DO JAMARI ESCLARECE CRIME DE LATROCÍNIO E PRENDE ACUSADOS

Através das investigações descobriu-se que o casal foi morto e que os infratores subtraíram a moto que pertencia a Lucimar, chegando também ao nome de Marcos A. A., 19 anos, como um dos suspeitos do latrocínio.

ImprimirImprimir página

A Polícia Civil de Candeias do Jamari esclareceu o latrocínio de Cláudia Aparecida da Silva Valiente, 38 anos, e de seu amásio Lucimar Pereira de Oliveira, 45 anos, conhecido como Lúcio, ocorrido em 16 de agosto de 2013.
 

Familiares das vítimas registraram ocorrência comunicando o desaparecimento das mesmas 10 dias após o fato.  Incontinenti, uma equipe de policiais civis comandadas pela delegada Keity Mota Soares iniciou as diligências no intuito de desvendar o ocorrido.

Através das investigações descobriu-se que o casal foi morto e que os infratores subtraíram a moto que pertencia a Lucimar, chegando também ao nome de Marcos A. A., 19 anos, como um dos suspeitos do latrocínio. 

A autoridade policial representou pela prisão preventiva de Marcos e o Judiciário expediu o competente mandado em 19 de setembro de 2013. No dia seguinte (20/09), o suspeito compareceu espontaneamente na delegacia para interrogatório, momento em que os policiais deram fiel cumprimento à ordem judicial.

Após a prisão, Marcos houve por bem revelar o que aconteceu, informando inclusive que os corpos das vítimas haviam sido enterrados no final da Linha 40, próximo à Vila de Samuel/RO.

Os policiais realizaram 4 (quatro) buscas no local indicado, com apoio do Corpo de Bombeiros, policiais militares do Comando de Operações Especiais (COE) e familiares das vítimas, até que encontraram os corpos enterrados à uma distância de, aproximadamente, 40 metros do barraco ocupado pelo casal.

A partir daquele momento, os agentes foram em busca de outro suspeito, Jeferson G.S.N.,  20 anos, que provavelmente estaria com a moto roubada. Em 26 de setembro a equipe se deslocou ao município de Alto Paraíso/RO, onde se encontrava Jeferson, e com o apoio da Polícia Militar local prenderam o acusado.

Jeferson revelou que havia trocado a moto do casal por uma Honda Bros, cor vermelha, mas já teria vendido a mesma. Disse também que a moto das vítimas estava com Marlon F., 19 anos, o qual trabalhava no garimpo Bom Futuro.

Ao se deslocarem ao Garimpo Bom Futuro, os policiais civis, com apoio da Polícia Militar, dirigiram-se a uma mineradora, encontrando no estacionamento do local a moto roubada.

Em contato com Marlon, este confessou ter adquirido a moto em questão, e em ato contínuo recebeu voz de prisão por receptação, sendo encaminhado à delegacia para realização do flagrante.

Em continuidade às diligências, os policiais foram até o Distrito de Triunfo, onde possivelmente estaria a moto Bros, que foi trocada pela moto das vítimas.  A citada motocicleta Honda Bros foi encontrada com o padrasto de um outro suspeito, que é adolescente.  O referido senhor foi encaminhado, juntamente com o veículo, à delegacia para os esclarecimentos devidos.

Ao final, os policiais civis se deslocaram a Cacoal, Vilhena e outros municípios, no intuito de encontrar o menor, que estava sendo escondido pela família, mas, na última quinta-feira (17/10), o pai do mesmo o apresentou na delegacia para as medidas cabíveis.

Texto: Cláudia Batista
Foto: Renan Batista

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Fonte: comunicação pc-ro

Comentários do Facebook

Comentários

Enviar comentário

Veja Também