Terça-Feira, 24 de Abril de 2018 - 18:39 (Turismo)

L
LIVRE

PLANO MUNICIPAL DE TURISMO DE PORTO VELHO E PROJETO DA PESCA ESPORTIVA SÃO APRESENTADOS NA FECOMÉRCIO

O Projeto “Porto Velho Sport Fishing” será parte integrando do Plano Municipal de Turismo da capital.


Imprimir página

A apresentação oficial do Plano e do Projeto aconteceu na manhã de sexta-feira 20.04, na Sala de Reuniões da Fecomércio-RO para todas entidades, órgãos e empresas que compõe o Conetur - Conselho Empresarial de Turismo.

Além do projeto da pesca esportiva, o Município prevê outras ações para o desenvolvimento do turismo local como a revitalização de mercados, feiras e da Estrada de Ferro-Madeira Mamoré. Os estudos realizados pelo Município apontam necessidade de recuperação das fachadas do centro histórico da capital, regulamentação dos barcos que fazem passeio no Rio Madeira, construção da nova Rodoviária, organização e apoio a eventos de médio e grande impacto na capital.

PESCA

O Projeto “Porto Velho Sport Fishing” foi desenvolvido através de uma parceria envolvendo o Governo de Rondônia, Setur, Prefeitura, Semdestur, Santo Antônio Energia, Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-IFPE, Sebrae, Assembleia Legislativa de Rondônia e empresários dos setores de pesca e turismo.

O objetivo do projeto é transformar Porto Velho na capital nacional da pesca esportiva, aproveitando fatores como a localização estratégica da cidade e sua proximidade, os inúmeros pontos de pesca próximos da região do Madeira e a variedade de peixe existente no rio madeira.

No final, todos entenderam a ousadia do projeto que pode transformar a capital de fato, em um ponto turístico de reconhecimento nacional e internacional, através de uma das atividades que mais cresce no setor, que é a pesca esportiva. Dentro do projeto várias ações foram desenvolvidas como o treinamento da primeira equipe de condutores de pesca, através do Senac e do Sebrae.

Há duas semanas, os coordenadores do projeto iniciaram as tratativas com o Porto Organizado da capital para a criação de um ponto de embarque e desembarque de pescadores esportistas. O Porto também possui vantagem estratégica porque fica na região central da cidade, possui local para estacionamento e vigilância 24 horas por dia.

“Trabalhamos muito para chegar até aqui. Elaboramos um projeto com pessoas e instituições sérias com objetivos claros e de relevância econômica. Já finalizamos a capacitação da primeira turma de condutores de pesca preparando a mão-de-obra para atender os turistas”, disse o presidente do Sidiber, Cláudio Hikague, durante o detalhamento do projeto aos presentes. A próxima etapa do projeto é divulgação na mídia.

O presidente do Conselho Empresarial do Turismo e Hospitalidade (Conetur), Raniery Coelho, destacou o trabalho em equipe e falou do envolvimento dos parceiros com o projeto. “Estamos construindo um projeto ousado e que terá um alcance estatual, nacional e internacional. Além da nossa agropecuária que já exporta carne, leite e grãos para o mundo todo, nosso turismo também está próximo de ganhar novos mercados através de  outro produto genuíno que é a pesca esportiva”, destacou.

PARTICIPANTES

Na reunião de sexta-feira, participaram todas as entidades do Conetur envolvidas diretamente e indiretamente com o projeto Porto Velho Sport Fishing: Ministério do Turismo, Sistema Fecomércio-SESC-Senac-IFPE, OCB, Abrasel, Sopescar, Ministério do Trabalho, Sidiber, Sopescar, Sebrae, Infraero, Iphan, Associação Comercial do Estado de Rondônia e Superintendência de Estado do Turismo (Setur).

A reunião teve ainda a importante participação do secretário municipal de turismo, Júlio César Siqueira, do secretário da Setur, Airton Oliveira, o vice-presidente do Conetur, Ananias Frota, do representante da Infraero – Juscelino Moraes.

Fonte: 010 - Marcos Santana

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias